16 fascinantes e estranhas fotos médicas antigas

Todo mundo sabe que estamos em um momento de evolução tecnológico único na história humana. Conhecemos mais sobre o espaço e sobre as profundezas do oceano, e principalmente sabemos mais sobre o corpo humano e quais tratamentos, equipamentos e medicamentos são os mais eficazes.

Quer saber quanto, exatamente, avançamos na medicina nos últimos 100 ou 200 anos? Confira alguns registros de tratamentos utilizados nos séculos XIX e XX:

16. Cobertor molhado


Pacientes psiquiátricos eram impedidos de se mover ao serem enrolados em cobertores molhados. É claro que não podia faltar a toalhinha molhada na testa. No século XIX e início do século XX, creditava-se que essa terapia acalmava pacientes ansiosos.

15. Proteção contra radiação


A imagem mostra uma enfermeira vestindo equipamento de proteção contra radiação em 1918.

14. Tratamento de raquitismo


O raquitismo é uma doença causada pela mineralização inadequada em ossos em crescimento e sua causa predominante é a deficiência de vitamina D, seja por exposição insuficiente à luz solar ou por baixa ingestão pela dieta. Estes bebês passam por bronzeamento artificial para substituir a exposição ao sol durante o inverno. A imagem foi feita ao redor de 1925.

13. Tratamento para escoliose


O ortopedista norte-americano Dr. Lewis Sayre viveu no século XIX e foi o primeiro a criar o método de suspender e depois enrolar o corpo do paciente para corrigir problemas na coluna. A paciente da imagem tinha escoliose

12. Aparelho para escoliose


Outra opção para o tratamento de escoliose no século XIX era este aparelho criado pelo médico Dr. Clark, que acompanhava os pacientes onde quer que eles fossem. Esta imagem foi registrada no ano de 1878.

11. Desfibrilador antigo


Este é o precursor do desfibrilador atual, construído em 1940.

10. Fisioterapia


Estes aparelhos de fisioterapia eram utilizados no Centro Médico Militar Walter Reed, que fica em Washington D.C.. A imagem foi capturada ao redor do ano 1920.

9. Anestesia com éter


Nem sempre os procedimentos médicos eram realizados com anestesia. No caso desta fotografia registrada em 1855, foi utilizado éter para deixar o paciente inconsciente durante a cirurgia.

8. Modelo anatômico


Este modelo é antigo, do final do século XVII. Com ele, médicos poderiam ensinar anatomia para seus pupilos sem precisar usar uma pessoa de verdade. O estojo do modelo também é simbólico: com formato de caixão, deixa implícito que o estudo de anatomia deveria acontecer apenas com o uso de cadáveres.

7. Cadeira de parto


Esta cadeira de parto era usada em meados do século XVIII. É interessante notar que o apoio das costas é ajustável.

6. Cama/cadeira de rodas


Este garotinho de gesso utilizou um tipo de cadeira de rodas horizontal em 1915. Ela era chamada de “carrinho para inválidos”.

5. Água radioativa


Esta água radioativa continha rádio e mesotório, produto do elemento tório. O Radithor foi fabrigado entre os anos de 1918 e 1928 pelo laboratório Bailey Radium, em New Jersey (EUA). O dono da empresa era William Bailey, um aluno desistente da Universidade de Harvard que não era um médico. O remédio prometia a cura da impotência sexual, entre outros problemas.

Um consumidor ávido do produto, Eben Byers, morreu de envenenamento por rádio em 1932. Ele foi enterrado em um caixão com revestimento de chumbo. Quando seu corpo foi exumado em 1965, seus restos ainda eram radioativos.

A terrível morte de Byers levou a um aumento de rigorosidade do Food and Drug Administration e do banimento da maioria dos remédios baseados em radiação.

4. Prótese de perna


Esta prótese de 1890 tinha arreios para prendê-la à cintura.

3. Prótese de mão


Esta prótese de mão de 1800 era uma verdadeira obra de arte, e mostra como em apenas 90 anos a produção de próteses avançou.

2. Pulmão de aço


O pulmão de aço é um ventilador de pressão negativa que permite a uma pessoa respirar quando ela tem paralisia nos músculos da respiração. No caso da imagem de 1950, as crianças sofriam com poliomielite. Atualmente, a ventilação por pressão negativa não é mais usada, sendo substituída por ventilação positiva, intubação ou ventilação bifásica.

O equipamento funciona ao aumentar e diminuir a pressão do ar no interior da câmara. Quando a pressão é inferior à dos pulmões, eles se expandem e o ar exterior entra nos órgãos. Quando a pressão externa ao corpo fica maior, o inverso acontece e o ar é forçado para fora.

1. Heroína médica


O laboratório alemão Bayer fez sua primeira fortuna em 1890 quando comercializou aspirina e heroína como remédio para tosse, resfriado e dor. Já em 1912, a empresa passou a produzir medicamentos com heroína para uso infantil.

A venda da heroína nos EUA foi restrita à prescrição médica em 1914 e foi banida em 1924. [Diply, Business Insider]




1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (7 votos, média: 4,14 de 5)


Curta no Facebook:

Uma resposta para “16 fascinantes e estranhas fotos médicas antigas”

Deixe uma resposta