Homens jovens que vivem com os pais podem ser mais violentos

Publicado em 10.08.2009

jovem adulto bebendo

De acordo com uma nova pesquisa feita na Universidade de Londres, em Queen Mary, homens jovens que vivem na casa dos pais são mais violentos dos os que são independentes.

O novo estudo indica que homens que vivem com os pais próximos dos 20 anos têm menos responsabilidades e mais renda disponível para gastar em álcool.

Este grupo faz parte de 4% da população masculina no Reino Unido, porém eles são responsáveis por 16% das violências causadas nos últimos cinco anos. Foi observado também que atrasar a independência social e continuar morando com os pais é comum nos últimos 40 anos, tanto no Reino Unido como nos Estados Unidos.

Para pesquisa, o professor Jeremy Coid e o médico Ming Yang avaliaram mais de 8.000 homens e mulheres. Os participantes responderam perguntas sobre comportamento violento e problemas de saúde por mais de cinco anos.

Os resultados mostraram pela primeira vez que ficar nas casas dos pais é um fator de risco fortíssimo para aumentar a violência em homens novos mais do que qualquer outro fator.

Segundo professor Coid, jovens adultos da Grã Bretanha que moram em casa não são mais influenciados pelos pais para se conformarem aos padrões de comportamento esperados de gerações anteriores. “Violência fora de casa, envolvendo principalmente estranhos é um dos cenários mais comuns. E também uma série de comportamentos sociais hedonistas e negativos como beber perigosamente, abuso de drogas, praticar sexo sem segurança e comportamento antisocial”, completa. [Science Daily]

Autor: Sergio de Souza

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

1 comentário

  1. Eu tenho 40 e ainda vou continuar morando talvez até morrer. A vida é muito cara e em casa eu tenho comida, roupa e tudo grátis. Não me importo com a sociedade.

    Thumb up 7

Envie um comentário

Leia o post anterior:
forma-universo-2
Energia escura pode simular a forma do universo

Nós vivemos em uma é...

Fechar