As 10 guerras mais bizarras da história

Publicado em 20.12.2011

Guerras são feitas por muitos motivos. Pode ser honra, glória, liberdade, terras, recursos naturais… Mas nessa lista você verá algumas razões um tanto inusitadas, por motivos completamente triviais ou bizarros. Aqui vão alguns desses estranhos conflitos:

10 – Lijar x França

Em 1883, os cidadãos de Lijar, uma pequena vila no sul da Espanha, ficaram furiosos quando souberam que o rei espanhol Alfonso XII, enquanto visitava Paris, foi insultado e até atacado por parisienses. Em resposta, o prefeito da vila, Dom Miguel Garcia Saez, e todos os 300 habitantes de Lijar declararam guerra contra a França, em 14 de outubro.

Nenhum tiro foi dado e nenhuma morte aconteceu durante o confronto. Mesmo com esse clima de paz, o prefeito Saez foi aclamado como o “Terror das Sierras”, por sua coragem.

Noventa e três anos depois, em 1976, o rei espanhol Juan-Carlos fez uma viajem à Paris, durante a qual foi bem tratado pelos habitantes da capital. Em 1981, o prefeito de Lijar comentou que “levando-se em conta a excelente atitude dos franceses”, eles iriam cessar as hostilidades e o fogo contra o país.

Duração da guerra: 93 anos
Consequências: nenhuma

9 – A guerra do barril de carvalho

Essa começou em 1325, na Itália, quando uma rivalidade entre os estados independentes de Modena e Bologna foi a loucura por uma coisa um tanto inusitada: um barril de carvalho.

O problema começou quando uma tropa de soldados de Modena entrou em Bologna e roubou um grande barril de carvalho. Para garantir o orgulho e o barril, a cidade declarou guerra contra a outra. E o confronto durou doze anos, sem que o barril fosse recuperado. Até hoje, o artefato está na torre do sino de Modena.

Duração da guerra: 12 anos
Consequências: desconhecidas

8 – Guerra do Paraguai

O president do Paraguai, Francisco Solano Lopez, era um grande admirador de Napoleão Bonaparte. Ele se via como um grande tático e comandante, mas faltava algo: uma guerra.

Para resolver o problema, em 1864 ele declarou guerra contra três países vizinhos: nós, a Argentina e o Uruguai. O resultado da empreitada? O Paraguai quase sumiu do mapa e é estimado que cerca de 90% da população masculina morreu, em uma guerra praticamente sem motivos.

Duração da guerra: 6 anos
Consequências: 400 mil mortos

7 – A guerra do cão perdido

Em 1925, a Grécia e a Bulgária não eram amigas. Elas já haviam lutado uma contra a outra na Primeira Guerra Mundial e as feridas não estavam fechadas. Tensões estavam sempre em alta na fronteira, especialmente na área chamada de Petrich.

O ponto máximo ocorreu em 22 de outubro de 1925, quando um soldado grego correu atrás do seu cachorro fugido e foi morto por um tiro de um patrulha búlgara. A Grécia clamou por retaliação e invadiu Petrich no dia seguinte.

A área foi dominada em pouco tempo, mas as Forças Aliadas entraram no jogo e obrigaram a Grécia a sair da região e ainda pagar indenizações para a Bulgária. Dez dias depois eles foram embora, e pagaram 120 mil reais para o inimigo.

Duração da guerra: 10 dias
Consequências: 52 mortos

6 – A guerra de Aroostoock

Essa guerra foi travada entre os Estados Unidos e a Inglaterra na região de Maine, ao norte dos EUA. Após a guerra de 1812, as forças britânicas ocuparam a maior parte dessa região e declararam-na território inglês. No inverno de 1838, lenhadores americanos cortaram madeira nessa área, provocando a ira dos colonizadores, que moveram as tropas. Tropas americanas também foram deslocadas, tornando o clima de guerra iminente.

Por quase um ano as tropas ficaram a postos, sem que os governos decidissem algo. No final, a Inglaterra optou por devolver sua parte de Maine e as tropas americanas foram recuadas.

Apesar de ter acontecido sem combate militar, a guerra de Aroostoock teve centenas de mortes por conta de doenças e acidentes.

Duração da guerra: 11 meses
Consequências: 550 mortos

5 – A guerra do porco

Outra guerra entre americanos e ingleses. A guerra do porco começou quando um membro da infantaria britânica atirou em um porco que andava no território americano. A milícia local respondeu se concentrando na fronteira e aguardado o movimento inglês.

Eventualmente, o exército da Inglaterra pediu desculpas e a iminência de guerra cessou.

Duração da guerra: 4 meses
Consequências: um porco

4 – Guerra dos 335 anos

Essa guerra foi travada entre a Holanda e as Ilhas Scilly, localizadas perto da costa da Inglaterra. Ela começou em 1651, mas como muitas guerras da época, não foi levada muito a sério e logo foi esquecida. Três séculos se passaram até que os dois países finalmente concordassem em assinar trégua, em 1986, tornado essa a guerra mais longa da história.

Duração da guerra: 335 anos
Consequências: nenhuma

3 – A guerra do futebol

Algumas guerras começam com um ataque surpresa, outras com um massacre, mas essa foi com um jogo de futebol entre El Salvador e Honduras, em 1969. O primeiro perdeu o jogo e as tensões subiram, até que em 14 de junho o exército do país fez um ataque em Honduras. Surpresos pela violência súbita, a Otan organizou um cessar fogo efetivo no dia 20 de junho, apenas 100 horas após os primeiros tiros. Bem que dizem que futebol é coisa séria.

Duração da guerra: 4 dias
Consequências: 3 mil mortos

2 – Guerra Moldávia-Transnistria

Essa guerra começou logo depois do fim da União Soviética, quando o antigo bloco da Moldávia experimentou uma crise. Dois terços do país queriam uma relação maior com a Romênia, mas a outra queria com a Rússia. Como resultado, uma guerra começou.

Mas o que a torna muito estranha é o fato de que os homens que estavam lutando na guerra se juntavam em território neutro, durante a noite, para conversar e beber. Os soldados até faziam pactos de não atirar um no outro caso se vissem durante o conflito.

E isso acontecia quase todas as noites. Um dos soldados escreveu em seu diário: “A guerra é como uma festa bizarra, durante o dia nós matamos o inimigo, e a noite bebemos com ele. Que coisa estranha é a guerra”.

Duração da guerra: 4 meses
Consequências: 1.300 mortos

1 – A guerra do emu

Essa é talvez a única guerra formal onde um dos lados envolvidos não era humano, mas voador.

Em 1932, a população das aves emu, na Austrália, estava crescendo fora de controle, com quase 20 mil dos animais correndo pelo deserto e causando danos às plantações. Em resposta, o exército australiano enviou um contingente de soldados armados com metralhadoras para matar os emus – e até declararam guerra.

O conflito começou no meio de novembro, e o que parecia fácil se mostrou complicado: os emus eram muito resistentes e mesmo após vários tiros, eles continuavam correndo.

A guerra emu durou quase uma semana, até que o major Meredith, comandante da força tarefa, desistiu devido à baixa efetividade.

Duração da guerra: 7 dias
Consequências: 2.500 emus mortos
[ListVerse]

Autor: Bernardo Staut

é estudante de jornalismo e interessado por povos, culturas e artes.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

111 Comentários

  1. A guerra do Paraguai não foi por motivo torpe ou bizarro. O Paraguai necessitava de uma saída para o mar, conseguiu um acordo com o Uruguai porém tanto a Argentina como o Brasil negaram ao Paraguai a travessia por suas fronteiras sem pagar impostos. Isso fez com que o Paraguai tenta-se tomar a região da tríplice fronteira a força. Então a guerra teve motivos geo estratégicos como todas as demais.

    Thumb up 0
  2. Realmente historias bem engraçadas, porem os erros de português e conjunção verbal são horríveis :v… ( 4 – GUERRA DOS 335 ANOS… TORNADO essa a guerra mais longa da história)… (1 – A GUERRA DO EMU, um dos lados envolvidos não era humano, mas voador)…… que droga de raça de voador é essa ??? e como é obvio se refere ao emu….que não voa.
    Tirando os defeitos bizarros de português a matéria é bem interessante.

    Thumb up 2
  3. Bora estudar História do Brasil. A Guerra do Paraguay aconteceu por pressão da Inglaterra que não estava gostando nada do progresso do país na época.

    Thumb up 9
    • Realmente há muita informação distorcida a respeito dessa guerra, mas essa é uma das afirmações mais plausiveis e coerentes das que tive a oportunidade de conhecer … E era também a posição de uma das melhores professoras de história, que tive o prazer de conhecer, e com a qual tive o prazer de estudar ….

      Thumb up 1
  4. Matéria interessante, mas a Guerra do Paraguai está em nossos livros de história. Pelo o que eu me lembro(já não estudo história a bastante tempo), o Paraguai queria ir para o litoral, para aumenta o seu comercio, já que ele não tem litoral e assim teria que pagar uma taxa para o outro país para poder usar um porto. O Azar do Paraguai, é que ele queria a parte onde ficava o Uruguai e para isso ele teria que passa pela Argentina e o Brasil. Nessa época, o Brasil era muito desorganizado(acredito que a Argentina fosse também), se talvez ele tivesse tentado pegar o território brasileiro, talvez teria mais sucesso, entretanto, temos mais homens e a Argentina também. Enfim, para ficar com qualquer litoral do leste da América do Sul, ele teria que enfrenta um exercito com muitos soldados. Ele iria enfrentar quantidade e não qualidade.

    Thumb up 7
    • Quase todo dado citado sobre a guerra da tríplice aliança está errado. O estudante deveria pesquisar mais antes de postar fatos históricos de maneira superficial. Leia o livro “Genocidio Americano” de Chiavenato. Muito esclarecedor.

      Thumb up 1
  5. Realmente a do porco e sem motivosrsrs,não consegui mas eu rir mesmo. Mas ta no sangue de inglese e americano matar caçar animais sem motivos. Todas essas guerras é estupida.

    Thumb up 2
  6. A guerra do cão perdido, entre Grécia e Bulgária, em 1925, um dos lados, pagou ao outro, 125 mil REAIS?Não sabia, MESMO que alguma dessas nações, usasse essa moeda!Meio esquisito esse texto, não?

    Thumb up 4
  7. kkkkk virei fã desse pessoal da vila de lijar de 300 habitantes e muita coragem mesmo, e a frança perdeu teve que tratar bem o rei da espanha kk agora a guerra do emu e hilaria demaisss, o soldados australianos perderam a guerra kkkkkkkkkk

    Thumb up 12
  8. kkk, ri muito da primeira!Terror mesmo aquele prefeito. Taco o terror geral na frança…

    Thumb up 4
    • Hilária porque você não é um Emu!

      Thumb up 1
  9. A guerra seja qual o motivo for, continua sendo a coisa mais idiota feita pelo homem.

    Thumb up 18
    • e verdade cara mais fazer o que guerra ja ta no sangue humano duvido que da 1000 anos nao tenham acontecido a 3,4,5,6,7 guerras mundiais

      Thumb up 5
  10. esse negocio de guerra é uma grande burrada. eles que façam as suas guerras que depois vão ter que pagar por todos aqueles que assassinaram

    Thumb up 1
  11. como assim os emus continuavam correndo apos vários tiros? os caras estavam atirando com o q? estilingues ou revolveres .22?

    Thumb up 3
    • Parece até que estavam sendo liderados pelo Coiote (WB), por ser “experiente” na caça aos papa-léguas.

      Thumb up 4
  12. Eu pensei que não iria ser tão bizarro assim, mas me enganei! Horripilante! Normalmente os dois lados de uma guerra já enfrentam tensões adversariais, rivalismo, rixas. Então o estopim que deflagra uma guerra não necessariamente é bem um motivo mas uma ‘desculpa’!

    Thumb up 3
    • tenho um livro que fala da ~1º guerra mundial e descobrique no fim os que mais sofriam eram os que andavam na guerra, os seus familiares, os animais e as almas inocentes

      Thumb up 0
  13. Temos nós cá , muitas guerras bizarras, a dos Canudos de Antonio Conselheiro. A guerra de Lampião e Maria Bonita contra as volantes no sertão nordestino .A proto grerra de Prestes da Intentona Comunista, a guerra do Café c\ leite entre São Paulo e Rio de Janeiro, a revolução de 32 c\ Getúlio Vargas. A guerra de Deposição de Jango c\ a expulsão de João Goulart p\ Argentina, me lembro q meu pai falava de trincheiras e armas na época , os tanques do exército foram p\ ruas do RIO , o presidente ocupou a Rádio Mundial p\ convocar os brasileiros p\ uma possivel batalha ,mas tudo ficou só no sonho e na vontade.Querras q coisa mais boba p\ dar poderes a quem acha q manda na vida da gente!

    Thumb up 1
  14. Eu só não concordei com a Guerra do Paraguai,não foi uma “Guerra Bizarra” e teve motivos…

    Thumb up 5
  15. Essa conversa de que a Inglaterra provocou a Guerra do Paraguai é uma falácia. Os fatos são bem conhecidos hoje, o Paraguai invadiu o Brasil e também o Uruguai e a Argentina porque tinha o melhor exército da região e precisava se expandir. Lamentavelmente, alguns ainda teimam em citar o Conde D´Eu como um carniceiro, mas, o que aconteceu é que ele chegou ao Paraguai depois de praticamente ter se encerrado o conflito, nunca correu nenhum risco, também não “substituiu” Caxias (este estava doente). O incidente que todos alegam ter causado a intervenção da Inglaterra, aconteceu apenas a nível diplomático e envolveu um marinheiro inglês que assassinou um brasileiro no Porto do Rio de Janeiro e não tinha nada a ver com economia. O fato é que, o Brasil precisava ter um exército organizado e pagou por ele na contingência da Guerra. Não se baseiem no que dizem os livros da escola, muitos deles forma alterados por ideólogos (de esquerda) de plantão, que tentam reescrever a história de acÔrdo com seu ponto de vista.

    Thumb up 8
    • Prezado Francesco, os fatos que você alega serem bem conhecidos hoje, na realidade não defendem seu ponto de vista. Veja que antes da Guerra do Paraguai, o Brasil havia invadido o Uruguai, e exercia domínio sobre a saída do Rio da Prata, único meio de escoamento da produção industrial paraguaia. O Paraguai, nos governos de José Francia (1811-1840) e Carlos López (1840-1862, havia erradicado o analfabetismo, instalara várias fábricas com o subsídio estatal e melhorara o abastecimento alimentício com uma reforma agrária que reestruturou a produção agrícola ao dar insumos e materiais para que os camponeses produzissem. Isso fez surgir uma indústria autônoma e competitiva que estabeleceu uma concorrência com a Inglaterra, principal exportadora de produtos industrializados para nossa região. A Inglaterra (isso é fato notório) emprestou os recursos para que travássemos a guerra contra o Paraguai, guerra essa que a ela interessava muito.Daí……….

      Thumb up 10
  16. A exemplo da guerra da Moldávia, ocorreu a trégua de natal na 1ª guerra mundial, onde soldados inimigos trocaram presentes, cantaram juntos e jogaram bola, desobedecendo ordens do Alto-Comando. Realmente emocionante.

    Thumb up 6
  17. Toda guerra não é só bizarra mas uma grande imbecilidade onde se guerreiam apenas porque um certo grupo de pessoas não concordam com outro grupo de pessoas. Parece que se esqueceram de que ainda temos o dom da palavra que os animais a quem chamamos de irracionais não possuem e ainda assim vivem em paz,matando( qdo matam) apenas para comer, pois nem para defender um território os machos normalmente matam.E ainda os chamamos de animais.

    Thumb up 4
  18. sim realmente ,algumas comicas e outras trágicas,mas enfim ;QUERRA É QUERRA E ONDE ELA ESTÁ ,TEM SEMPRE UM ORGULHOSO POR DETRÁS.

    Thumb up 1
  19. A onde o tal do conde Deu ou Dau entra nesta história; que o Duque de Caxia teve que entervir , por causa da xaxina do dito conde

    Thumb up 0
  20. Aos navegantes, vos digo, estão a confundir crença com conhecimento ao propagar uma vigarice pseudo-histórica – cunhada exclusivamente para legitimar uma luta entre capitalismo e socialismo existente nos anos 70 nestas terras tapúias.

    Era conveniente aos revolucionários marxistas dos anos 70 inventar a tal da “teoria do Paraguai Industrializado”, por razões exclusivamente ideológicas e nada científicas.
    A primeira razão era incomodar os Militares, que tinham ou tem o Paraguai como exemplo de vitória.
    A segunda era criar um antagonismo ao eixo Anglo-Americano que se opunha à União Soviética.
    E a terceira criar um sentimento de Pan-Americanismo anti-norte americano.
    Assim parece bastante lógico que se inculque nos jovens estas idéias, mormente a considerar o status-quo desta República da Banânia, que vê os Ingleses como inimigos e os Paraguaios, guaranis do século XXI e bolivarianos chavistas como aliados.
    Em tempo, para quem acha que os Paraguaios ou Bolivianos mui admiram o Brasil é porque realmente não conhecem o sentimento do povo local em relação ao Brasil, que é tido naqueles chacos como imperialistas e dominadores, extamante como os nambiqueras locais pensam dos Norte-Americanos.

    Thumb up 3
    • Nossa cara…as pessoas estudam um pouco de marxismo e acham que conhecem o universo neh? Passe uns dias no Paraguay e pergunte sobre a Guerra contra o Paraguay. Leia várias fontes históricas, não apenas uma que condiz com o que você acredita. Quem sabe depois disso você pare de ficar na internete escrevendo com palavras bonitas para parecer que é a pessoa mais culta do mundo. Não intendo o porque dessa mania de achar que tudo se resume a capitalismo contra socialismo. Existem inumeras teorias, hipóteses e pontos de vista sobre um mesmo fato.

      Thumb up 0
  21. Bem interessante esses artigos, todo tipo de guerra é injustificável na minha opinião

    Thumb up 2
  22. A guerra do Paraguai foi sem motivo ??? O Paraguai tinha uma indústria que competia de igual por igual com a Inglaterra que financiou o Brasil,Uruguai e a Argentina para invadirem e destruir o Paraguai ! Foi uma guerra com motivos unicamente econômicos !

    Thumb up 27
    • É isso aí. Foi uma guerra puramente por poder econômico, igual ao do Iraque.

      Thumb up 3
    • Pfff… com certeza ! Em toda guerra alguém quer tomar alguma coisa de alguém… vê que na “guerra” por causa do insulto a “Juanito”, da Espanha, nem sequer tiro teve.

      A do futebol foi uma exceção à regra.

      Galera doida.

      Thumb up 0
  23. Toda guerra em que uns matam os outros é bizarra. Aliás, toda intenção de matar é bizarra. Agora, essas guerras aí são totalmente sem noção.

    Thumb up 4
  24. Tenso sobre a Guerra do Paraguai hein. Os motivos da Guerra foram econômicos e territoriais.

    Thumb up 9
  25. Bizarrice por bizarrice, a guerra entre as duas Coréia também é estranha.

    É que essa guerra está em “cessar-fogo” não tendo sido assinado nenhum acordo de paz formal desde 27 de julho de 1953.

    Tanto é assim, que tanto moradores de Coréia do Norte quanto Sul se dizem estar em meio à guerra.

    Trecho extraído de Wikipedia:
    “Em 23 de Junho começam as negociações de paz, que duram dois anos e resultam num acordo assinado em Panmunjon, em 27 de Julho de 1953.

    O único resultado é o cessar-fogo. Na guerra coreana morreram cerca de três milhões e meio de pessoas. O tratado de paz ainda não foi assinado, e a Coreia continua dividida em Norte e Sul.”

    Fonte – Wikipedia: http://pt.wikipedia.org/wiki/Guerra_da_cor%C3%A9ia

    Thumb up 2
    • Também existe a guerra entre a China e Taiwan. Ambas as nações declaram a totalidade do território.

      Thumb up 3
    • Consultando a wikipédia, Taiwan oficialmente é República da China. Então é a guerra da República popular da China, contra a República da China. :P

      Thumb up 1
  26. Bem, parece que este sítio é um feudo esquerdopata.

    De qualquer forma, faço o registro a cerca da “leitura” esquerdista de historiadores dos anos 70, no qual criaram esta alegoria de que o Reino Unido tenha fomentado a Guerra do Paraguai por um “temor” de que este país fizesse frente à seu poderio industrial.
    É importante anotar que as agressões foram iniciadas pela invasão do Brasil por tropas paraguaias, portanto, é inconcebível que a nação que fez o movimento militar inicial seja considerada vítima, ou seja, no entendimento dos petralhas “o Brasil – por pressão da Inglaterra – desejou – ou impôs – ser invadido pelo Paraguai.” Trata-se de evidente sofisma ilógico.
    Mas a leviandade é tanta, que a farsa pseudo-histórica ainda tem um componente econômico, qual seja, que o Paraguai ameaçava o comércio e as manufaturas Britânicas. Aos que absorvem a tese, que citem uma única indústria paraguaia à época do conflito! Não há, nenhuma indústria havia no paraguai na época.
    É uma pena que os jovens continuem sendo ludibriados por professores esquerdistas, que usam, dolosamente, livros didáticos tendenciosos e ultrapassados. Usem a lógica, o Paraguai queria acesso ao mar, tentou, não conseguiu, mas para fins políticos, criou-se uma fantasia.
    Apliquem a navalha de Ocrham, se ouvirem galopes nas ruas acreditem serem cavalos, não zebras, pois raramente são zebras.
    Basta de teorias da conspiração para explicar o óbvio.

    Thumb up 7
    • Apesar de apreciar o contexto da sua manifestação, há como confirmar isso que você alegou?

      Thumb up 2
    • Você fala difícil…

      Thumb up 1
  27. Estudando os ciclos geológicos,meteorológicos e os sociológigos, vemos que sem nenhuma originalidade,eles vem se repetindo com uma razoável regularidade.A Primeira guerra,a Segunda,os Golpes Militares na AL,o esboroamento do Leste Europeu e em 2011/12 como se fosse um cio revolucionário vemos o mundo inteiro procurando motivos para brigar.Não gosto destes tempos e procuro não estimular nada que leve o ser humano a destruir-se.A geologia,e a meteorologia coincidentemente nestes mesmo períodos também fazem suas estrepolias.Que Deus nos leve para 2013 de uma forma mais leve.

    Thumb up 1
  28. Temos que observar, que seja qual for o motivo, temos que citar que toda guerra é terrivel e abominavel, temos que pregar a cultura da paz e não da guerra para que exemplos como esses não venham a se repetir outra vez.

    Thumb up 6
  29. Tá faltando muito estudo pra quem redigiu isso sobre a guerra do Paraguai…
    Guerra causada pela Inglaterra puramente pelo medo da prosperidade paraguaia no momento.

    Thumb up 17
  30. Senhores, é inacreditável que um site, com o prestígio deste, não se dê ao trabalho de checar as informações nele veiculadas. Em qualquer compêndio de história da América, está exposto que a Guerra do Paraguai foi causada pela pressão da Inglaterra sobre os países situados entre o Paraguai e o oceano, que impediram a exportação dos produtos paraguaios, pois o Paraguai havia criado uma infraestrutura industrial que concorria com a Inglaterra, na região. A guerra foi a única maneira do Paraguai tentar quebrar esta situação e o massacre havido, em realidade, foi uma vergonha, principalmente para nós que, além de nos curvarmos ao interesse inglês, ainda nos endividamos, com a própria Inglaterra, para realizar aquela covarde campanha militar. Sugiro que, após investigar o assunto, os responsáveis pelo site eliminem a menção desta guerra como bizarra.

    Thumb up 33
    • Concordo plenamente com Sr Antonio Carvalho.Isso não dizendo que a Argentina que pouco efetivo mandou para a Guerra abocanhou um grande pedade terra para si do Paraguai. O Uruguai mandou efetivo quase simbolico. Quem ficou com o FUMO e a batata quente na mão foi os brasileiros. Fora ficarmos devendo até as cuecas para a Inglaterra que era o maior interessada nessa guerra (não queria que o Paraguai se tornasse uma potencia industrial, pois queria vender seus produtos aqui na America Latina, pois estavam em plena Revolução Industrial). É parece que nosso destino e sempre estar na contramão da historia.

      Thumb up 5
    • Realmente o Brasil ajudou a atrasar muito a industrialização latina. E até hoje continua dando bola-fora na área da diplomacia, apoiando programas de nucleares de governos resignados, comandados por terroristas, em troca de acordos comerciais; não extraditando quem deveria e fazendo o contrário com quem não deveria. Vai esperando cadeira em conselho de segurança da ONU sim…

      Thumb up 7
    • Há realmente falta de estudo. Quem alegar que a Guerra do Paraguai foi motivada por interesses da Inglatera precisa realmente estudar um pouco em fontes históricas e não nos livretos do grupelho dos auto-intitulados “revisionistas” com objetivos ideológicos e incultos. Que pena que o povo inculto aceita, sem provas históricas, um monte de bobagens escritas por “penas de aluguél” como sempre com objetivos anti-patrióticos e infames…..

      Thumb up 1
    • Seria excelente se você pudesse indicar uma nova fonte, pois a maioria, notoriamente, desconhece.

      Thumb up 7
  31. Realmente…a “guerra do Paraguai” fez com que se exterminassem quase toda a população dos guaranis.
    Uma vergonha que nos é ensinado na escola como um triunfo….

    Thumb up 19
  32. Como já foi observado, gostaria de acrescentar que a abordagem feita a GUERRA DO PARAGUAY deixa todas as demais em descrédito. Um conflito genocida e carnificina que envergonha, ainda mais, a história das Américas, em especial do Brasil.(MarcusASBarr)

    Thumb up 23
    • Amigão toda guerra é covarde, em todas morrem pessoas, animais e natureza, tenha sim ancia de quem as promove. Pois os mortos inocentes são sempre nos pagadores de impostos obrigados a fazer violencia em uma guerra. Quem não morre numa bomba, morre de fome enquanto governos gastam tudo que arrecadaram com tecnologia militar. Eu mesmo dou risada dos americanos, paizinho que enriqueceu com tecnologia de guerra e hoje com o mundo mais globalizado e pacifico eles tao numa pindura, criando guerras para suas industrias não falirem. Veja o Iraque, foi dominado, desolado e hoje compra armas e tecnologia dos americanos para voltar a soberania. Tirando toda podridão do Brasil em termos politicos, somos ao menos pacificos e tenha orgulho disso.

      Thumb up 13
    • A história do Brasil?!

      Se informe melhor sobre a guerra, ou até mesmo leia com mais atenção a matéria que vc vai ver que a culpa dessa guerra não foi do Brasil.

      Thumb up 2
    • Independente de quem foi a culpa, o Brasil errou feio, defendeu os ingleses, lutou contra seu visinho e o povo guarani quem mais se deu mal. Essa historia é bem parecida com a “libertação” dos escravos pela princesa Izabel. Pura pressão inglesa para uma libertação que nos escravizou à miseria (exatamente como previu o grande abolicionista Joaquim Nabuco).

      Thumb up 5
    • a guerra aconteceu porque o paraguai queria defender os interesses do partido blanco no uruguai. eles eram inimigos do partido colorado, apoiado pelo Brasil. Para fazer uma intervenção militar no Uruguai, o Paraguai precisava atravessar territorios, alem de estar ofendido pela defesa brasileira aos colorados, por isto declarou guerra

      Thumb up 1
  33. A Australia já teve guerra contra os emus, contra os sapos cururu, e a seguir contra quem? os cangurus?

    Thumb up 6
  34. 1 – A guerra do emu foi vencida pelos Emus, por desistência dos adversários. Viva!!! aos Emus.

    Thumb up 32
    • (Essa é talvez a única guerra formal onde um dos lados envolvidos não era humano, mas voador.) Assim diz a matéria.
      Emu não voa. Emu faz xixi de cócoras, aliás agachado.

      Thumb up 1
  35. Me negativaram muito em uma postagem que fiz ano passado por aqui.

    Declaro Guerra!!!!!

    Thumb up 8
  36. 8 – a Guerra do Paraguai, não foi causa do Paraguai não, foi da Inglaterra. A Inglaterra induziu esse conflito porque via no país de Solano Lopes uma ameaça ao seu domínio sobre a região. Brasil, Argentina e Uruguai foram marionetes nas mãos inglesas, com o pretexto de que os paraguaios iriam forçar pasagem por seus territórios pelo rio do Prata e assim competir comercialmente com a Inglaterra. O Paraguai foi massacrado, e seu presidente resistiu tanto que condenou ainda mais o seu povo. O grande vencedor do conflito foi a Inglaterra, sem pecisar mover uma palha.

    Thumb up 44
    • No texto ficou parecendo que foi um desejo “megalomaniaco” do presidente Francisco Solano Lopez de se equiparar a Napoleão Bonaparte (!?!?) a causa da guerra.

      Thumb up 10
    • Jonatas muito bem colocado, porem a reportagem não desmente ao citar Francisco Solano Lopez como um louco genocida, pois ele mal precisou de motivos para deixar as crianças e as mulheres sozinhos para recontruir o pais, é devido este motivos que dizem e escrevem sobre a força da mulher paraguaia.

      Thumb up 4
    • Cabra bom, sempre atento. Aceite os parabéns.

      Thumb up 2
    • É, Chiavenato é partidário dessa idéia. Observando bem a História, que razões teria o Brasil para invdir o Uruguai, sob pretexto de que “brasileiros eram maltratdos no Uruguai”. Porra, se isso fosse verdade, o que eles faziam lá no país dos outros? Era invernada de brasileiros! Quando muito ocorriam escaramuças de fronteira entre gaúchos e uruguaios. Ocorre que Chiavenato só defende o Paraguai, diz que foi manobra da Inlaterra, etc, no que acredito até certo ponto. Mas já lí outras correntes que dizem não ter sido a Inglaterra que insuflou a guerra, até os bancos ingleses ofereceram ajuda ao Paraguai. Diz em outros tratados que a guerra foi causada pelo Paraguai mesmo, com as suas idéias expansionistas. A guerra em sí, causada pela invasão do Uruguai pelos brasileiros sob pretexto de garantir a incolumidade dos brasileiros ali residentes” foi para provocar o Paraguai, que tinha um tratado com o Uruguai. Mas dizem outros autores, só antecipou o que iria ocorrer futuramente, pois Lopes com suas idéias expansionistas aprendidas na França pretendia se apossar de parte da Argentina, parte do Brasil, e constituir o “Paraguai-Maior’, formando um estado poderoso às nossas fronteiras. Bem, isso dizem os autores contrários a Chiavenato. Quem sabe direito a História?

      Thumb up 3
    • É verdade Jonatas, a inglaterra venceu a guerra e afundou os países dito vencedores em dívidas.

      No quartel me falaram que Caxias empregou guerra biológica, colocando corpos contaminado com varíola rio abaixo.

      Thumb up 8
    • A guerra aconteceu pq o paraguai queria defender os interesses do partido blanco no uruguai, inimigos do partido colorado, apoiado pelo Brasil. Para fazer uma intervenção militar no Uruguai, o Paraguai precisava atravessar territorios, alem de estar ofendido pela defesa brasileira aos colorados, por isto declarou guerra

      Thumb up 0
  37. Amigos, “CONSEQUENCIAS” não é a palavra certa. O certo seria “BAIXAS”, ou seja, o número de pessoas que morreu, já que o original, em inglês, é CASUALTIES.

    Thumb up 2
  38. Toda guerra é bizarra pois é inicialmente causada por homens que se conhecessem e nao se massacram e realizada por homens que não se conhecem e se massacram…
    Também creio que houve um equívoco sobre a guerra do paraguai pois nos livros de história diz que foi causada por motivos econômicos relacionados ao Rio do Prata.

    Thumb up 4
  39. matar e logo depois tomar um gelo com os inimigos é pica eim ?!

    isso sim é bizarro

    Thumb up 2
  40. eu que tomei muito café ou naquela arte da número 4 as ondas parecem estar se mexendo?!

    Thumb up 2
    • Acho que não. Mas dá a sensação que estamos no mar.

      Thumb up 2
  41. 8 – Falta um pouco de conhecimento em história para saber os reais motivos desta guerra.

    Thumb up 6
  42. Achei bem divertido, mas a coisas bem erradas na 8 hahaha ate onde eu saiba a guerra começou decorrente a interteces britânicos pelo grande crescimento econômico do paraguaí, quase como aconteceu com a Alemanha nas duas guerras mundias onde decorrente do crescimento econômico os mocinhos Aliados brecavam o crescimento.

    Thumb up 2
    • com certeza

      Thumb up 3
  43. Algumas destas guerras sao tao ridiculas que é até dificil de acreditar que aconteceu …e outras pelo que pude entender era apenas para demonstrar poder…

    Mas e o gato?? entra aonde nessa historia???kkkkkk

    Thumb up 0
    • Dá próxima vez ki minha mulher deixar queimar o feijâo, vou declarar guerra e pedir indenizaçâo por danos materiais

      Thumb up 0
  44. 8- Que eu sabia o motivo da Guerra do Paraguay foi outra bem diferente.

    7- Afinal, foi um cão ou um gato?

    Thumb up 20
    • Na verdade não, isso é um dos motivos, é claro que quase 100% da história foi removida, só para fazer uma síntese da guerra.

      Thumb up 6
    • Até onde eu sei a Inglaterra (que mandava e desmandava na época) tinha rixas com o Paraguai e instigou o Brasil, Argentina e Uruguai e ainda deu suprimento militar.

      Thumb up 3
    • @Matheus:

      Se isso for verdade então essa foi uma infeliz decisão do autor da materia: Por que os fatos por trás da “Guerra do Paraguai” ficaram completamente distorcidos, ela aliás não deveria nem estar nessa lista por que não há nada de “absurdo ou bizarro” em sua história.

      Thumb up 8
    • Na verdade há. O lado bizarro foi o Praguai ter virado uma “ilha das Amazonas” com a grande massa da população masculina morta na guerra.

      Thumb up 1
    • Acho que ficou parcial.
      Deviam pelo menos citar à ameaça que o Paraguai era para o imperialismo da Inglaterra, que foi a financiadora da guerra.

      Aproveitando o espaço – o que não quer calar:
      Gato perdido ou cachorro fugido?!?

      Thumb up 9
    • Provavelmente era o catdog.

      Thumb up 16
    • Unga-monga, o capitão tem razão.. hehe

      Thumb up 0
    • Se capitão quiser reviver suas aventuras:

      www. youtube .com /watch?v=b0h_fnXdh7I

      Thumb up 1
    • Obrigado amigo, bons tempos eram aqeles.

      Thumb up 2
    • “O president do Paraguai, Francisco Solano Lopez, era um grande admirador de Napoleão Bonaparte. Ele se via como um grande tático e comandante, mas faltava algo: uma guerra.

      Para resolver o problema, em 1864 ele declarou guerra contra três países vizinhos: nós, a Argentina e o Uruguai. O resultado da empreitada? O Paraguai quase sumiu do mapa e é estimado que cerca de 90% da população masculina morreu, em uma guerra praticamente sem motivos.”

      Mas que tipo de absurdo histórico é esse? Com todo o respeito ao autor da materia: Mas chega a ser uma vergonha encontrar uma afirmação dessas aqui no Hypescience!

      Basta pegar qualquer livro de história para perceber que os motivos que levaram a “Guerra do Paraguai” foram outros e não o desejo “megalomaniaco” do presidente Francisco Solano Lopez de se equiparar a Napoleão Bonaparte (!?!?) ;)

      Espero que algo assim não volte a se repetir em materias futuras.

      Thumb up 9
    • É isso mesmo !!! Essa historia lembra uma outra “bizarra” que foi a “conquista” (leia-se: roubo) do Acre pelo Brasil, e dizem que foi tudo por um “CAVALO”! FALA SERIO !!!

      Thumb up 1
    • Cão. Corrigido.

      Thumb up 2

Envie um comentário

Leia o post anterior:
school-fish
A democracia pode depender da ignorância

Uma nova pesquisa qu...

Fechar