Astrônomos capturam imagem de planeta em formação

Publicado em 26.10.2011

Astrônomos capturaram a primeira imagem direta de um planeta nascendo. O planeta, chamado de LkCa 15 b, está sendo formado a partir de poeira e gás que circundam uma estrela de 2 milhões de anos a aproximadamente 450 anos-luz da Terra.

Cientistas estimam que o planeta começou a se formar cerca de 50 mil a 100 mil anos atrás. Isso o torna o planeta mais jovem já observado. O detentor do recorde anterior era cinco vezes mais antigo.

Observar planetas enquanto eles estão se formando pode ajudar os cientistas a entenderem como se dá o início da vida em planetas relativamente próximos de estrelas. Ao invés de suposições, os astrônomos estão podendo acompanhar um planeta em formação na prática.

Outros planetas também podem estar se formando em torno da mesma estrela. Agora, astrônomos estão tentando detectá-los.

A equipe de pesquisadores descobriu o planeta enquanto pesquisavam 150 jovens estrelas empoeiradas. Isso levou a um estudo mais concentrado de seis estrelas. A estrela LkCa 15 – o planeta tem o mesmo nome de sua estrela – foi o segundo alvo da equipe. Eles imediatamente perceberam que estavam observando algo novo, então focaram especialmente na estrela até detectarem o planeta. [MSN]

Autor: Stephanie D’Ornelas

É estudante de jornalismo, adora um café e um bom livro. Curte ciência, arte, culturas e escrever, mesmo que sejam poesias para guardar na gaveta.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

29 Comentários

    • Poupe-nos de sua ignorância. Aqui é um site de conteúdo científico, se isso é “balela” pra você, porque ainda está aqui? Vai ler sua bíblia, ta perdendo tempo no site errado.

      Thumb up 7
    • Toni Rocha, vai primeiro tratar desse seu cérebro, antes de indicar seu livrinho fantasia para as pessoas.

      Thumb up 2
  1. mas então este planeta já deve ser mais velho hoje,pois se esta ha 450 anos luz da Terra,estas imagens só chegaram a nos agora então este planeta já é mais velho …

    Thumb up 2
    • sim meu amigo, isso é lógica basica , mas os ciêntistas sabem desse espaço de tempo o qual vc comentou, e então chegaram ao resultado de “cerca de 50 mil a 100 mil anos atrás”

      Thumb up 4
  2. pesso desculpa pelo palavrão.
    o site é muito legal mais não é legal mentir para as pessoas.

    Thumb up 1
    • Se não percebeu ai em cima a foto é uma representação do que realmente é.

      A única coisa que atrapalha o site são os comentários de alguns ¬¬.

      Thumb up 5
  3. capaz isso é efeito de computador, que mentira isso dai, faz as pessoas perdedrem seus preciosos tempos para olharem merda

    Thumb up 0
    • Isso se chama representação artística do que é observado.

      Thumb up 11
  4. Agora lhes pergunto, essa foto da matéria é real?
    Se for possivel ver um planeta a 450 anos-luz com essa nitidez, ver a superficie de Plutão por exemplo naum seria dificil.

    Thumb up 25
    • é possivel sim tirar fotos com essa qualidade a essa distancia…
      eles usaram na certa um mp129.990 ao quadrado que faz essa função! estão de parabens…

      Thumb up 8
    • Não gente, isso é impossível, isto é apenas uma foto ilustrativa!
      Os telescópios que temos hoje, não conseguem se quer ver planetas de sua estrela, eles tem que observar a estrela pra poder ver variações de luz, só assim detectam um planeta, pois a luz de uma estrela brilha muito mais que um planeta, e quando este planeta passa em frente a sua estrela, causa variação de luz, com o tamanho da estrela e a variação de luz, pode se supor o tamanho do planeta e tais outras coisas…

      Thumb up 38
    • Gelera, boa parte dos times da NASA é composto de ilustradores. Isso aí é uma imagem conceitual que já existe faz tempo e já foi usada para ilustrar outras matérias.

      Thumb up 26
    • voce que é inteligente,respondda a minha pergunta la em cima por favor!!!

      Thumb up 0
    • Esta foto não é real, é evidente.

      Thumb up 3
  5. Pena que o processo de formação é tão lento que levaria muitas gerações humanas para acompanhar. Observar outros sistemas planetários ajuda a entender como tal fenômeno aconteceu aqui, como Júpiter teria se formado antes dos demais, como as luas e os planetas anões teriam se formado sem a interferencia gravitacional dos planetas maiores…

    A bela imagem é uma ilustração representativa, gostaria que o hypeciencia apresentasse mais fotos reais, nem que seja no cantinho da ilustração.

    Thumb up 16
  6. “ajudar os cientistas a entenderem como se dá o início da vida em planetas relativamente próximos de estrelas”

    Não seria “ajudar os cientistas a entenderem como se dá o início da vida DE planetas relativamente próximos de estrelas” ?

    Thumb up 13
    • Po cara, olha o seu estilo de comentário, tu acha que sabe mais do que os próprios pesquisadores que viram isto através de telescópios ultra potentes, caia na real velho!
      Se for pra ficar dizendo besteiras que vá de contra a pesquisas reais, é mil vezes melhor ficar queto!
      Agora, se vc tiver provas irrefutáveis de sua afirmação, então coloque-as para que nós possamos ver e analisar!
      Do contrário, o silencio ainda me parece uma boa opção!

      Thumb up 20
    • Bem colocado, Elton. Ninguém aguenta mais estes comentários estapafúrdios do Glauco. Pior que ele se acha o maioral, o dono da razão, e briga com todos que não concordam com ele.

      Thumb up 15
    • Claro, eu defendo meu ponto de vista, agraciadamente melhorado com a ciência do Prof. James McCanney. Eu nem ligo prá vcs pq eu sei q consigo argumentar com qualquer um, e se não fosse o empenho das suas pequenas “guildas” em me negativar em massa, nunca ficariam escondidos.

      Além desse site chato que insiste em mandar todos os meus comentários para moderação…

      Thumb up 1
    • Hehehe, vcs só sabem repetir o que a NASA conta prá vcs. Qualquer apertadinha ou argumentação e vcs “travam” totalmente!

      Vcs são enganados diariamente e gostam disso! Pobres coitados!

      Thumb up 5
    • Eu SEMPRE cito minhas fontes espaciais: jmccsci.com. Vocês que nunca se deram o trabalho de investigar a fundo, preferem continuar com esses magazines virtuais.

      Não é só pq eles PENSAM estar vendo a formação de um planeta que essa é a realidade. Da mesma forma que eles sempre dizem estar fotografando buracos negros, quando na verdade fotografam fontes altamente luminosas de Raios-X ou outras interações gravitacionais que podem ser explicadas de forma muito mais simples.

      O que eles pensam ser um planeta em formação pode ser qualquer outro fenômeno ainda não catalogado. Mesmo que seja um planeta em formação, nada indica que seja por causa de uma nuvem primordial estelar!

      Thumb up 2
  7. Se eles realmente estão vendo um planeta em formação, então com certeza é um cometa entrando em sua nova órbita circular. É assim que os planetas se formam, não de nuvens de poeira estelar.

    Thumb up 2

Envie um comentário