Einstein estava certo: o universo está mesmo expandindo

Publicado em 3.04.2012

A visão que Albert Einstein (1879-1955) tinha sobre o universo foi posta à prova mais uma vez. E, mais uma vez, foi comprovada, só que com uma precisão até então nunca vista – uma margem de erro de apenas 1,7%, o que ajuda os cientistas a compreender melhor a misteriosa aceleração do universo.

Um grupo de cosmólogos da Universidade de Portsmouth, no Reino Unido, e do Instituto Max Planck para Física Extraterrestre, na Alemanha, anunciou a medição mais precisa realizada até hoje de quando a expansão do universo começou a acelerar.

Os pesquisadores analisaram o período entre 5 e 6 bilhões de anos atrás, quando o universo tinha quase metade de sua presente idade.

Isso significa que o fenômeno pode ser explicado utilizando-se apenas a Teoria Geral da Relatividade de Einstein e a constante cosmológica – a explicação teórica mais simples para a aceleração do universo, que prevê quão rápido as galáxias devem se mover e qual a taxa a que a estrutura do universo deveria estar crescendo.

De acordo com a cosmóloga Rita Tojeiro, membro da equipe de Portsmouth responsável por essa pesquisa, os resultados serão empregados para entender o que está causando a aceleração e por que, e para esclarecer novos pontos sobre a matéria escura – nome adotado para o agente fundamental que leva à aceleração, descoberto há apenas 14 anos e sobre o qual ainda se conhece pouco.

“Os resultados são a melhor medição de uma distância intergaláctica jamais feita, o que significa que cosmólogos do mundo todo estão mais perto do que nunca de entender porque a expansão do universo está acelerando”, pontuou Rita.

Para testar a teoria de Einstein, os pesquisadores examinaram mais de um quarto de um milhão de galáxias dentro de um volume de 4 bilhões de anos-luz. A pesquisa foi feita utilizando-se da Oscilação Acústica dos Bárions, um padrão no qual as galáxias estão distribuídas através do universo e que foi criado logo depois do Big Bang. Esse padrão sobreviveu conforme o universo foi envelhecendo e seu tamanho aumentou junto com a expansão.

O chefe do grupo de pesquisadores de Portsmouth, Will Percival, explica: “Imagine derrubar uma pedra em um lago que está se expandindo. Se a expansão do lago é rápida o suficiente, a distância entre as ondulações do lago simplesmente crescerá junto com a expansão. Olhando a forma como as distâncias entre essas ondulações mudam com o tempo, você poderia avaliar a taxa a qual o lago está se expandindo. Bem, o universo é o lago e as galáxias são as moléculas de água”.

O experimento foi planejado a fim de complementar uma observação feita em 1998, quando cientistas estudaram o brilho de explosões estelares para deduzir que a expansão do universo está, contra todas as probabilidades e contra nossa compreensão da física fundamental, tornando-se mais rápida.

Essa mesma pesquisa da década de 1990 foi agraciada com o último prêmio Nobel de Física, compartilhada entre os norte-americanos Saul Perlmutter, Brian Schmidt e Adam Riess (Universidade da Califórnia, Universidade Nacional Australiana e Universidade Johns Hopkins, respectivamente). [TheTelegraph e Science20]

Autor: Luan Galani

é jornalista. Entusiasta da Teoria-M, é um rato de biblioteca apaixonado pelo que a ciência pode nos proporcionar. Nas horas vagas, é um amante inveterado de música erudita, que pede perdão aos russos por ainda considerar Mozart a grande lenda.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

33 Comentários

  1. Einstein não estava certo porque ele não acreditava que o universo estava expandindo. Na verdade expande-se na relatividade geral pois a massa distende o espaço-tempo gerando a gravidade que atua até sobre a luz, fazendo se pensar na dinâmica de um movimento mas ele buscou uma constante cosmológica para tentar explicar um universo estático que não era compatível com a teoria que ele havia criado. Lamaitre, que reinterpretou sua teoria foi esnobado por ele que disse”Sua matemática é boa mas sua física é abominável” Resumindo: Einstein estava errado e a sua teoria estava certa. Em 1952 Hubble invalidou a constante cosmológica de Einstein…

    Thumb up 1
  2. Einstein errou. Embora tem colegas aqui que me jogaram no fundo do posso quando afirmei isto em outro comentário, venho novamente afirmar o que disse. Para tirar dúvidas e ser mais sintético, sugiram que leiam o blog: “Olhando o Universo”. Hoje não. Ele foi tirado do ar para reparos. Foi destruído. É a segunda vez que isto acontece. Tem pessoas que procuram destruir a opinião dos outros a todo custo. Isto é ilegal. Existe uma rspécie de complô internacional que impede que soluções para o enigma do universo seja desvendado. Veja na internet: http://www.jornaldaciencia.org.br/Detalhe.jsp?id=42133. Para ser mais rápido leia depois do sub título: MACUMBA.

    Thumb up 3
  3. E então seu moço:Se JC disse que meu pai ainda trabalha, quem disse que Deus criou o Universo (num ato imediato e definitivo!)e tudo que nele existe?

    Thumb up 1
  4. A expansão acelerada do universo é explicada por uma suposta força de repulsão da energia escura. Apesar de não ser especialista, não acredito no recurso de inventar uma desculpa para explicar o que não entendem. A explicação mais simples é que a força da gravidade continua agindo, porém em conjunto com outros corpos além do universo observável. Isto sim explicaria um expansão acelerada.
    O ser humano continua com a idéia de que somos centro de alguma coisa, neste caso, continuamos a pensar que o nosso universo é único e centro de tudo. Temos grande chance de estarmos equivocados, como sempre estivemos e a história confirma.

    Thumb up 1
  5. O que acontece com a expansão do universo é devido o seguinte:Num periodo de 5 e 6 milhões de anos atrás,quando o universo tinha quase a metade de sua presente idade,as galaxias em uma assembléia geral e chegaram a seguinte conclusão:O negócio aqui esta ficando muito apertado,vamos acabar colidindo uma com as outras e isto vai acabar numa tremenda tragédia com graves consequencias para o universo,dai antes que isto aconteça(para nossa sorte)resolveram dar no pé,resultado,expansão.Entendo que não é nada disso.O distanciamento das galaxias não se trata de expansão,mas acomodação das galaxias ainda a procura de suas orbitas condizentes com suas formas e caracteristicas.

    Thumb up 1
    • Opa perai, erro conceitual, o espaço é criado com a expansão não se procura espaço porque esta apertado….

      Thumb up 1
    • SE vocês acreditarem mesmo que o universo está em expansão, teremos que abolir para sempre a 1º e a 2º lei da TERMODINÂMICA.
      E nunca esquecam-se disto; a 1º e 2º lei da TERMODINÂMICA são leis universais. Repito; LEIS UNIVERSAIS!
      Se é lei tem que ser aplicada em todos os campos da ciência.
      O que não dá para ser aplicado em todos os campos da ciência, é axioma (POstulado), pressupostos e teorias.

      Thumb up 0
  6. O Universo está se expandindo à velocidade constante? Ou a aceleração é progressiva?

    Thumb up 1
    • O estranho é que está acelerando.

      Thumb up 2
    • No Evangelho de São Lucas Jesus disse: Meu pai ainda trabalha.Einstein, não foi nada original!

      Thumb up 1
  7. É OBVIO QUE A TENDENCIA DO UNIVERSO É DE SE EXPANDIR, PRINCIPALMENTE PORQUE ELE PROVEM DE UMA EXPLOSÃO COSMICA

    Thumb up 1
    • Não é tão obvio assim não por dois motivos, primeiro é a gravidade que deveria diminuir a taxa de expansão do universo, e segundo é o fato de que essa expansão está em aceleração. Isso até hoje é um grande mistério!

      Thumb up 4
    • A questão não é a expansão, mas sim a aceleração da expansão. É de se esperar que a energia diminuiria causando uma desaceleração na expansão, seguida de uma retração, mas o intrigante é justamente que está acelerando, e a matéria escura é uma grande candidata a ser a causadora disso!!!

      Thumb up 0
    • Então, para frear a aceleração bastaria, simplesmente, iluminar a materia escura.

      Thumb up 1
  8. Podíamos dizer que a expansão do universo é devida a sua rotação. A força centrífuga jogaria todas as galáxias para fora. Não acredito nisto, como também na medição feita por alteração no tom de luz, tendendo para o vermelho com a distancia. Uma poeira cósmica causaria o mesmo efeito. Sabemos que o universo está saturado de poeira cósmica que não pode ser detectado, só em aglomerados. Esta poeira ofusca os raios azul e ultravioleta e deixam passar os vermelhos e infravermelho com bastante facilidade. Assim, uma estrela azul como “Zeta Ophiuchi”, encoberta de poeira cósmica é vista vermelha. Veja detalhes em :”Olhando o Universo”.

    Thumb up 3
  9. Tem um problema com o título da matéria.

    Nem foi Albert Einstein que disse que o Espaço estava expandindo, ele acreditava que o Universo era estático.
    Na verdade,os Astrônomos começaram a ter uma ideia de um Universo em expansão a partir da década de 1920. Uma causa para esta mudança de pensamento foi a Teoria da Relatividade. Alguns estudos levaram à conclusão que uma das conseqüências da teoria de Einstein era a de que o universo não poderia ser estático. Outro fato responsável por esta mudança foram as observações dos espectros luminosos das estrelas e galáxias distantes feitos por Edwin Hubble.

    Thumb up 8
    • Na verdade sim, a descoberta foi de Hubble ao observar o desvio para o vermelho no espectro de distantes galáxias e concluir que o Universo estava se expandindo. Houve resistência a essa ideia inclusive de Einstein, que chegou até a incluir em sua tese relativista um Universo estático, mas sem muita convicção.
      Mas quando foi confirmado a veracidade da descoberta de Hubble, Einstein reconheceu o erro e foi pessoalmente ao observatório cumprimentar o astrônomo. Posteriormente, a relatividade geral se encaixou perfeitamente com um Universo em Expansão, é por isso que o erro de Einstein tornou-se muito útil.

      Thumb up 8
  10. Claro Que Se O Universo Está Se Expandindo É Porque Ele Não Tem Limite Mais Agora Ele Aumentou A Velocidade Da Expansão!!!Quando Será Que Ele Terminará A Expansão?Isso É Um Mistério Mais Que Mundo Estranho É Esse!Tem Cada Coisa Nova Chegando Cada Dia Que Se Passa Graças A Tecnologia Sabemos Coisas Novas Do Universo!Agora Da Pra Perceber Porque Os Dias Estão Passando Muito Rápidos Daqui A 205 Anos A Terra Irá Fundir Os Continentes Novamente Formando O:SuperContinente E Irá Detruir Tudo Existente Na Terra Como:As Muralhas Da China,O Palácio Taj Mahal,O Cristo Redentor,O Coliseu Da Italía,Entre Outros Irá Ser Um Desastre!

    Thumb up 0
  11. Se o universo é considerado infinito… como pode se expandir? Como expande uma coisa que é infinita?
    Então ele não é infinito, mas é grande pra caralho… ai pode fazer sentido… rsrsr
    Agora pra pirar… sendo o universo finito e se expandindo muito… o que há além das bordas do universo?
    Valeuzzz

    Thumb up 0
  12. No quinto parágrafo da matéria há, provavelmente, um equívoco. Onde lê-se “matéria escura” o correto seria “energia escura”. A matéria escura, ao contrário da energia escura, exerce atração gravitacional (atrativa) no meio intergalático.

    Thumb up 6
  13. Só uma pequena duvida.
    Se o universo se expande, isso quer dizer que ele não tem limite de tamanho?

    Thumb up 6
    • É como no Filme MIB Homens de Preto. Tamanho não significa nada. Existe um Universo no interior de um átomo e o Universo inteiro numa casca de noz.
      :)

      Thumb up 31
    • Muito loko tudo isso!
      Que lombra!

      Thumb up 6
    • Tem como provar sua afirmação?

      Thumb up 2
    • Não é afirmação, é opinião.

      Thumb up 5
    • Compartilho da opinião do @
      Jonatas: Pense em uma formiga – Todo o “universo” em que ela vive pode ser apenas um pequeno canteiro de flores em um jardim qualquer, ela não consegue conceber a ideia de que esse jardim (que já é algo enorme para os seus olhos) na verdade é apenas uma infima parte de um mundo MUITO maior que a cerca.

      Thumb up 9
    • Ele estaria se expandindo pra onde? Em quê?
      Eu não consigo entendo isso.

      Thumb up 3
    • Sabe @Chuck Norris®, pensando sobre o assunto me veio a seguinte idéia: E se o nosso universo existir dentro de outro, e estiver devorando eles aos poucos?

      Por exemplo; haveria o “universo mãe” onde o big bang aconteceu, e onde teria nascido o nosso. Conforme ele se expande, vai “ocupando o espaço” que antes pertencia ao outro.

      O nosso “Big Bang” seria o “Big Crush” dele, alias até se encaixa com a ideia de “derrubar uma pedra no lago” que eles usaram na pesquisa: Conforme se cria ondulações, uma onda se expande até o ponto em que é desfeita por outra que a sucede ;)

      Thumb up 1
    • O melhor exemplo para entender isso é um balão, o Universo seria a superfície do balão, agora cole nela botões, que representam galáxias. Conforme você enche o balão, o Universo está se expandido, e notará que assim como as galáxias, os botões vão se afastando cada vez mais um do outro.

      Exemplo do caminhar da formiga


      Exemplo do balão com galáxias

      Thumb up 4

Envie um comentário

Leia o post anterior:
4933735272_fa07ba8df9_z
Fast food aumenta risco de depressão

Gosta de comer lanch...

Fechar