Encontrado o embrião mais antigo da história

Publicado em 8.04.2012

Esse é o embrião mais antigo encontrado até hoje. Trata-se de um bebê mesossauro, de um grupo de pequenos répteis aquáticos, que mais se parecem com pequenos crocodilos, do início do período Permiano, o último da Era Paleozóica, há cerca de 270 milhões de anos.

Ele foi achado no Uruguai e no Brasil por pesquisadores do Centro Nacional de Pesquisa da França. Até o presente momento, cientistas não tinham um registro tão antigo de viviparidade – quando animais têm embriões que se desenvolvem dentro do corpo da mãe, em uma placenta –, que é tão importante para entender a evolução dos vertebrados em nosso planeta.

O bebê fóssil foi encontrado bem preservado dentro de sua mãe, sem qualquer casca de ovo conhecida até então. A descoberta demonstra que, invés de botar ovos, nos quais os animais se desenvolvem a partir do estágio embrionário, o embrião cresceu dentro do corpo de sua mãe.

Contudo, para perplexidade dos paleontólogos, também foi encontrado um ovo isolado de mesossauro. Isso é confuso porque uma vez que os seres são vivíparos, eles não se reproduzem em ovos. Mas, segundo os cientistas responsáveis pela descoberta, os répteis em questão colocavam ovos somente em um estágio avançado de desenvolvimento do feto, para eclodir alguns dias depois.[Gizmodo]

Autor: Luan Galani

é jornalista. Entusiasta da Teoria-M, é um rato de biblioteca apaixonado pelo que a ciência pode nos proporcionar. Nas horas vagas, é um amante inveterado de música erudita, que pede perdão aos russos por ainda considerar Mozart a grande lenda.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

7 Comentários

  1. Intrigante, porém o mamute por estar conservado é mais interessante. Quanto à esse desenho, só me passa pela cabeça o nome “dinossauro.rar” kkk

    Thumb up 4
  2. Uma coisa que eu queria saber mas não ficou esclarecido na notícia é se nesse embrião foi achado algum vestígio de material genético fossilizado, como o de um mamute encontrado na neve uns anos trás, podendo iniciar estudos de uma possivel clonagem desses dinossauros.

    Thumb up 4
    • Certamente não, já que o fóssil em questão é apenas uma marca na rocha, tudo que já foi biológico um dia foi substituído por minerais. Diferente do mamute, que foi congelado.

      Thumb up 2
    • o steven spielberg vai pirar de vez , já que ele reconstruiu os dinossauros a partir de um mosquito paleozóico rsrsrs

      Thumb up 0
    • Na verdade, quem o fez foi Michael Crichton.

      Thumb up 0
    • é praticamente impossível clonar um dinossauro,uma cadeia de DNA pode permanecer intacta por 500 mil anos e já se passaram 65 milhões diferante dos mamutes que são animais mais recentes!!!

      Thumb up 1

Envie um comentário

Leia o post anterior:
bebe
Como um iPhone salvou uma criança presa em um poço

Aqui vai uma ideia d...

Fechar