Estrelas gigantes se formam da mesma forma que estrelas menores

Publicado em 15.07.2010

Os astrônomos descobriram um disco de poeira ao redor de uma estrela enorme em seus estágios iniciais de crescimento, indicando que tanto as grandes como as pequenas estrelas se formam pelo mesmo mecanismo.

Por décadas, os astrônomos acreditavam que estrelas de relativamente baixa massa como o nosso sol se formavam pela acreção gradual, ou acúmulo de massa de um disco de gás e poeira. Eles eram menos certos quanto às estrelas com mais de 10 vezes a massa do sol.

A estrela gigante tem cerca de apenas 60.000 anos – um bebê cósmico, se comparada ao Sol, que tem 4,6 bilhões de anos. Mas ela tem cerca de 20 vezes a massa do Sol, e está rodeada por um disco de material similar ao que é encontrado em torno de estrelas menores em crescimento.

Como as observações dos cientistas mostram que podem existir discos ao redor das estrelas mais maciços que cerca de 20 massas solares, este é provavelmente o modo de formação dominante. [MSN]

Autor: Natasha Romanzoti

tem 24 anos, é jornalista, apaixonada por esportes, livros de suspense, séries de todos os tipos e doces de todos os gostos.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

1 comentário

Envie um comentário

Leia o post anterior:
6864482140_4b6707b99c_z
Internautas indianos foram induzidos a parecerem “mais brancos”

Os usuários do Faceb...

Fechar