Incidente ainda mais grave que Chernobyl pode ter acontecido e acobertado

O jornal ucraniano Segodnya afirma que um grupo de ambientalistas descobriu uma área no país onde os níveis de radiação são ainda maiores do que em Chernobyl.

A área é localizada na região de Dnepropetrovsk, perto de uma mina de urânio abandonada.

Segundo Oleksiy Vedmidsky, um ecologista local, a mina é um perigo para as pessoas que passam pela região. Ele levou ao local um medidor de radiação que indicou 2611 micro Roentgen por hora – para você ter uma idéia, a zona de Chernobyl não passa de mais de 600.

Os números alarmantes levantaram a suspeita – um incidente similar à Chernobyl poderia ter ocorrido e sido ocultado?

As autoridades locais desmentiram o boato, mas os ambientalistas afirmam que há 7 milhões de toneladas de material radioativo enterradas no local. A radiação pode até não matar ninguém instantaneamente, mas a exposição a longo prazo pode causar efeitos colaterais muito graves. [OddityCentral]




Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars


Curta no Facebook:

10 respostas para “Incidente ainda mais grave que Chernobyl pode ter acontecido e acobertado”

  1. Não, meus calculos dizem que o uranio naturalmente tem mais de 2000 micro Roentgen por hora, por isso a humanidade toda é mutante e não sabe, e você caro amigo, não aguenta 5 minutos de porrada comigo

  2. ninja, a quantidade de radiação que uma reserva natural de uranio emite não é tão alta. Que eu saiba, uranio tem que estar concentrado para utilização em usinas e em demais instalações, o que colabora para que este se torne um material radioativo.

Deixe uma resposta