Este piloto tentou pilotar um avião comercial bêbado – e quase conseguiu!

Publicado em 31.12.2016

Todos nós fazemos coisas estúpidas quando estamos bêbados – como ligar para um ex ou comprar algo que não precisamos na internet. Mas um piloto de uma companhia aérea indonésia acabou de ser demitido por fazer algo com o potencial de consequências muito mais mortais. Ele tentou voar um avião enquanto estava bêbado. E ele quase conseguiu.

5 formas bizarras de ficar bêbado que não deveriam funcionar (mas funcionam)

O piloto, Tekad Purna, tropeçou por seu caminho através da segurança, como você pode ver na filmagem da câmera de segurança acima. Ele deveria ter pilotado um Airbus A320 da cidade indonésia de Surabaya para a capital, Jacarta.

Mas você quer ouvir a parte verdadeiramente surpreendente? O piloto conseguiu fazer todo o caminho até o cockpit antes que ele fosse retirado do voo. Há até mesmo vídeo dele discutindo claramente com seu co-piloto e outros membros da tripulação.

Estes robôs parecem completamente bêbados

Isso mesmo, o piloto não foi parado por estar tropeçando de bêbado enquanto passava pela segurança. Os passageiros relataram ter notado o piloto enrolando suas palavras enquanto estava fazendo anúncios sobre o sistema do avião.

Somente quando os passageiros começaram a exigir sair do avião pouco antes da decolagem que o piloto foi retirado do voo. Ainda não está claro se ele enfrentará outras consequências por tentar pilotar o avião sob efeito do álcool. O presidente da pequena companhia aérea, Citilink, anunciou que o piloto foi demitido. [Gizmodo]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

Jéssica Maes

Jornalista de 25 anos, acompanha mais seriados do que deveria, é abastecida por doces e livros e sempre acreditou no Snape.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

3 Comentários

  1. Um copiloto resolve se matar e mata todos os passageiros e tripulantes. Agora um bêbado resolve pilotar um avião comercial.

    • Possivelmente. Mas de quem seria? Quem é que verifica se os pilotos estão em condições de trabalhar antes do voo?

Envie um comentário