10 venenos e seus efeitos extremamente perigosos

Sem a rapidez e “discrição” que vemos em obras como Romeu e Julieta e livros de Agatha Christie, certos venenos podem demorar para agir e, além disso, levar a uma morte lenta e dolorosa. Outros podem derreter seus ossos ou fazer com que mães deem à luz crianças sem braços ou com graves problemas neurológicos. Confira a seguir dez substâncias que você deveria evitar se tem amor à vida.

10 venenos e seus efeitos extremamente perigosos

10. Cianeto

10

Tão conhecido como letal, o cianeto era o ingrediente ativo do Zyklon-B, gás usado por nazistas para executar prisioneiros em campos de concentração.

Embora gás de cianeto tenha um agradável cheiro de amêndoas (de acordo com quem teve contato e sobreviveu para contar a história), seus efeitos podem ser especialmente desagradáveis: ele aglomera e retira as partículas de ferro das células sanguíneas, impedindo que elas transportem oxigênio pelo corpo e matando a pessoa por asfixia em minutos.

9. Ácido Fluorídrico

venenos e seus efeitos ácido

 

Usado na indústria metalúrgica e na fabricação de Teflon, o ácido fluorídrico não é o mais forte que conhecemos, mas pode fazer um belo estrago no corpo humano: sob a forma de gás, pode queimar seus olhos e pulmões; líquido, pode ser absorvido pela pele e reagir com o cálcio no corpo (destruindo seus ossos, dependendo da quantidade que entrou na corrente sanguínea). O fato de não causar dor imediatamente pode fazer com que uma pessoa se exponha sem perceber – pelo menos até os efeitos começarem.

8. Batracotoxinas

8

Sapos com cores diferentes (vermelho, azul, amarelo) e intensas podem render boas fotografias, mas é melhor não chegar muito perto: esses animais têm veneno na pele, e seus efeitos dependem da espécie e da sua “dieta”. Entre as batracotoxinas mais perigosas está a do pequeno sapo dourado encontrado na Colômbia, que, embora seja menor que um dedo, tem veneno suficiente para matar mais de vinte pessoas – ou alguns elefantes. A toxina ataca os nervos e causa paralisia total. Não há antídoto conhecido.

7. Gás VX

7

Inicialmente, esse gás era comercializado como pesticida, mas teve a venda proibida quando descobriram o risco que trazia – ao inibir a produção de uma enzima específica no corpo, ele causa uma “tempestade” no sistema nervoso, que entra em colapso. O gás VX foi declarado ilegal na Convenção de Armas Químicas de 1993, quase quarenta anos após sua descoberta (1952).

6. Agente Laranja

6

O conhecido herbicida foi usado por tropas dos Estados Unidos durante a Guerra do Vietnã para destruir florestas (usadas como esconderijo por soldados vietnamitas) e plantações. Um de seus componentes (TCDD), porém, fazia muito mais do que agredir o ambiente: além de aumentar o risco de se desenvolver certos tipos de câncer, o TCDD fez com que dezenas de milhares de crianças morressem durante a gestação ou nascessem com graves deformações físicas e, em certos casos, com retardo mental.

5. Ricino

5

Uma dose pequena, do tamanho de alguns grãos de sal, é capaz de matar um adulto. Esse veneno, derivado de mamonas, faz com que o corpo da vítima deixe de produzir proteínas essenciais. Em 1978, o escritor búlgaro Georgi Markov foi assassinado com ricino – possivelmente pela polícia secreta da Bulgária (Markov era dissidente) ou pela KGB (polícia secreta da antiga União Soviética).

4. Arsênico

4

Os efeitos desse veneno são muito similares aos da cólera, o que o tornou muito usado em assassinatos durante a Idade Média (a doença era comum, o que fazia as mortes por arsênico parecerem menos suspeitas). Em grande quantidade, pode causar fortes convulsões, induzir coma e, por fim, matar; em concentrações menores e “consumido” de modo contínuo, o arsênico pode levar ao desenvolvimento de câncer, diabetes e doenças cardíacas.

3. Chumbo

3

Esse metal já é usado pela humanidade há pelo menos 8 mil anos, mas só há algumas décadas foi descoberto o mal que ele pode fazer ao organismo – intoxicação por chumbo pode causar uma série de sintomas, de diarreia a distúrbios neurológicos (se exposta durante a gestação, uma criança pode nascer com retardo mental). Para alguns criminologistas, a conscientização a respeito dos perigos do chumbo teria ajudado na diminuição de crimes violentos nas últimas décadas (crianças nascidas a partir de 1980, menos expostas, seriam menos violentas).

2. Brodifacoum

2

Ao reduzir a quantidade de vitamina K no sangue, esse anticoagulante pode, dependendo da dose, causar graves hemorragias internas. Para piorar, é facilmente absorvido pela pele e pode ficar no organismo durante meses. É usado como veneno para ratos.

1. Estricnina

1

Esse veneno ataca os nervos da espinha dorsal, causando fortes espasmos musculares. Há relatos de que o comandante nazista Oskar Dirlewanger injetava estricnina em seus prisioneiros apenas para observar suas convulsões. Da mesma forma que o brodifacoum, também é usado como pesticida, em especial para matar ratos.[Listverse]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (5 votos, média: 4,20 de 5)
Curta no Facebook:

39 respostas para “10 venenos e seus efeitos extremamente perigosos”

  1. Faltou venenos biológicos não comuns, porém a lista a cima descrita esta mais voltada para os químicos. Daria mais clareza para seus e feitos e locais ainda encontrados. Mas esqueceram dos venenos como gás de mostarda, tetracloreto de carbono, ácido cianídrico (HCN) e o meu favorito dentro todos é com certeza o Po210 (Polônio 210). Comparado com o rádio (elemento da tabela periódica radioativo) é 5 mil vezes mais radioativo e 250 mil vezes mais letal que o KCN (cianeto de potássio).

    • interessante matéria a respeitos desses venenos q poucas gente conhece seua efeitos

  2. Existem vários tipos de veneno que não foram aqui listados mas que são interessantes e que seriam de muita importância divulgar.como o fluor que é dosado na água que bebemos e outras drogas e residuos que não são eliminados no tratamento de água das grandes metrópolis. O próprio ar poluido que inalamos que nos mata um pouco a cada dia como o arsenico, causando cancer e outras doenças que as autoridades sequer cogitam em dizer, pois é o petróleo o simbolo maior de ganancia e poluição que temos no mundo. Gostaria de alertar a todos a procurarem uma vida mais natural, afastando-se dos venenos industrializados que normalmente colocamos em nossas mesas, pois estes certamente afetam em muito o ser humano. Outro veneno mortal, que eu julgo o pior de todos é a radiação que afeta-nos a nível de DNA.
    E para que tudo isso???
    Para dizermos que somos tecnológicos e evoluidos?
    Até quando a raça humana conseguirá sobreviver???
    Quem planta, colhe!
    Mais do que a ciência, é a consciência que nos salva!
    Abração a todos.

    • Muita verdade neste comentário, quem quiser saber sobre mais venenos, leia o livro: 100 anos de mentiras, sobre os aditivos colocados nos alimentos industrializados, os antibioticos e hormonios dados aos animais de corte e produtores de leite, e os hormonios destes próprios animais que vão parar no péssimo leite longa vida.

    • Cuidado com o exagero. Qualquer substância química, até mesmo a água, tem um nível de toxicidade (tanto é que tem gente que já morreu intoxicado com água), e mesmo substâncias que são veneno, em pequenas quantidades podem fazer bem para a saúde.

      Em outras palavras, como aprendem os alunos de Farmácia logo no início do curso, “a diferença entre o remédio e o veneno é a dose”. O fluoreto usado no combate às cáries, o cloro usado como bactericida, os corantes e flavorizantes (e tem muito produto de origem vegetal e animal que, só por que aparece com um nome farmacológico, dá medo nas pessoas), todos eles tem uma dose segura de consumo, dose esta que é determinada a partir de estudos.

      Como em tudo na vida, tem que ter SABEDORIA.

    • Vera, é esta mamona sim, nossa velha conhecida. Procure no Google que lá Você encontrará muito mais informação sobre o veneno da mamona, há e procure também sobre as sementes da Maça, elas tem stricnina, em dose milimétrica mas tem.

  3. Os venenos estão também nas panelas de ferro, alumínio, teflon e inox e são vendidas em todos os supermercados e outras lojas. Por que não se fala isso na mídia? As panelas de vidro seriam atóxicas, mas não tem no Brasil. As outras recomendadas são as esmaltadas e de cerâmica. Descobri isso depois de saber que eu estava contaminada com Estrôncio, além do normal, substância esta que faz parte dos nove elementos contidos nas panelas de inox…

  4. Interessante a análise do chumbo, que [[[possivelmente]]] podia fazer as pessoas ter comportamento mais agressivo…
    Com isso será que vamos futuramente descobrir qual substância estamos ingerindo a 2 décadas que tem tornado o ser-humano cada dia mais intolerante e desumano? Quem sabe uma descoberta desse porte não traga uma luz de esperança sobre a nossa espécie.

  5. A matéria é boa , interessante, .
    acho que o site tem uma falha: pra ver se alguém comentou o teu post ou curtiu só quando marca ” quero receber novos comentários por e-mail ” , ou quando eu procuro no site a reportagem. Deveria ter uma opção de “meus comentários” .

  6. Todos são terríveis mas não é fácil de comprar pois a venda é controlada.
    O perigoso é o veneno pra matar ratos que você encontra nas prateleiras de super mercados sem controle algum,pequenas quantidades pode matar seu cachorro, seu gato e até criança.

    • Bom, disso, acho eu, que qualquer pessoa que tenha sua mente “no lugar” sabe, mas, o fato de atirar com um rifle é umas das melhores experiencias, seja em tiro ao alvo, clube de tiro, etc… Desde que o alvo não seja vivo! Só fiz o comentario anterior, para ser um pouco “divertido” lembrando das boas e velhas armas.

Deixe uma resposta