850 Novas criaturas pálidas, a maioria cega, são descobertas na Austrália

Por , em 29.09.2009

Cientistas descobriram 850 novas espécies vivendo na água subterrânea e em cavernas e micro-cavernas do Outback australiano. Os pesquisadores acreditam que esses insetos, crustáceos, aranhas e vermes sejam apenas um quinto das espécies ainda desconhecidas na região. Duas espécies de peixes e duas de enguias, quase todos cegos, também foram descobertas.

“Descobrimos que não é necessário procurar nas profundidades do oceano por novas espécies”, afirma Andy Austin, biólogo da Universidade de Adelaide, na Austrália.

nova espécie
Um pseudoescorpião

Quase metade das espécies encontradas nas cavernas eram aracnídeos, e mais de metade daqueles encontrados nas águas eram de pequenos crustáceos. “Quase todos são cegos, alguns não têm olhos e muitos não têm pigmentos, e são pálidos ou brancos”, afirma Austin. Além disso, de acordo com o pesquisador, os animais são sensíveis: “Os insetos das cavernas têm longos membros e antenas para sentir vibrações, já que não enxergam no escuro do oceano”.

nova espécie
Um crustáceo que possui presas

As novas espécies foram descobertas durante expedições realizadas durante quatro anos a águas subterrâneas e cavernas nas áreas mais áridas da Austrália. Os pesquisadores acreditam que essas espécies se esconderam no subterrâneo há muito tempo, devido a mudanças climáticas que transformaram áreas férteis em um ambiente árido.

nova espécie
Um anfípoda: crustáceo similar ao camarão

De acordo com Austin, a pesquisa cobriu apenas 10% das áreas que podem ter espécies deste tipo, e o objetivo dos estudiosos é expandir a pesquisa, para descobrir mais espécies novas nestas áreas. [Live Science]

nova espécie
Um anfípoda: crustáceo similar ao camarão

nova espécie
Um novo peixe cego chamado de Cape Range Blind Fish (Milyeringa veritas)

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 4,00 de 5)

14 comentários

  • Arlynny Lynny:

    Eta Deus poderoso!!! só vejo isso poder criador de Deus.

  • Andreia:

    realmente, também acho que está muito confusa a imagem da Anfípoda e não tem nada a ver com o assunto que estamos a referir!

  • Biba:

    De fato há uma confusão na foto do segundo “anfípoda”, este nem crustáceo é. Outra coisa, anfípodas não são similares aos camarões. Camarões são mais próximos de lagostas e caranguejos, pois pertencem à superordem eucarida, enquanto que os anfípodas estão dentro da superordem peracarida. Gostaria de saber também se vocês possuem o paper do artigo para que eu possa dar uma lida

  • marcia:

    acho que há confusão na foto do segundo “anfípoda”…

  • BossGrave:

    biriga, não existem perguntas idiotas, apenas pessoas.

  • Thomas Vodka:

    Biriga FAIL… haha

  • Lucas:

    Bela admin. Coloque esse Biriga no seu devido lugar. Na Austrália!

  • Waldecir Vicente:

    Hahaha, o Anfípoda tá mais para barata do que para camarão.

  • josué:

    auehuhuaehuahaeuhuaehau
    vcs são engraçados…

  • Neto:

    Imagina se eles fossem colocar todos aqui ? Putz… ia ser página a bessa.

  • Bruno FV:

    cade os outros 844??? ² hAuhiaSUhISuHIShUASI

  • AC/DC:

    kkkkkkkkkkkkkk

  • biriga:

    cade os outros 844???

    • admin:

      Biriga, estão lá na Austrália.

Deixe seu comentário!