Lentes de contato biônicas terão gráficos virtuais embutidos via wireless

Por , em 17.12.2009

Uma lente de contato que usa ondas de rádio para prover energia para seus LEDs poderá ser uma nova forma de exibição de imagens. A lente funcionará como um protótipo de um aparelho que poderia exibir informações de um aparelho móvel. Tendo em vista que o tamanho dos monitores fica cada vez menor em aparelhos móveis, o pesquisador Babak Parviz da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, teve a ideia de projetar as imagens dentro do olho a partir de uma lente de contato.

De acordo com ele, uma das limitações dos displays atuais é que eles têm um campo de visão muito limitado. Uma lente de contato poderia dar um espaço no campo de visão muito maior. “Nossa ideia é criar imagens que flutuem em frente ao usuário, cerca de 50 centímetros ou a um metro de distância”, afirma.

» Olho biônico devolve visão a homem cego

A pesquisa é feita colocando aparelhos eletrônicos em nano ou microescala em substratos como papel ou plástico. Parviz explica que usa lentes de contato, e a escolha da plataforma foi feita para juntas as duas funcionalidades. Colocar um circuito dentro de uma lente, entretanto, é um desafio. O polímero não pode agüentar as temperaturas ou componentes químicos usados na fabricação das lentes em maior escala.

Assim, alguns componentes tiveram que ser produzidos separadamente e depois colocados nas lentes. Outro problema encontrado pelos pesquisadores é um modo eficaz e seguro para dar energia para o aparelho dentro das lentes. O circuito requer 330 microwatts, mas não uma bateria. A equipe de pesquisadores utilizou uma antena para captar a energia, e já testou a técnica com uma lente em ratos.

Parviz explica que uma versão futura da lente poderá obter energia a partir do celular do usuário, além de ter mais pixels e várias micro-lentes para focar melhor a imagem. Apesar do espaço limitado, cada componente da lente pode ser integrado a ela ser atrapalhar a visão do usuário, de acordo com os pesquisadores. Quanto às imagens que podem ser mostradas na tela, as possibilidades são infinitas: legendas poderão ser colocadas ao conversar com uma pessoa que fale uma língua estrangeira, colocar instruções para chegar a um lugar desconhecido e até mesmo colocar legendas em fotografias. A lente também poderia ser utilizada como display para pilotos e para jogos on-line.

» Lentes de contato de células-tronco curam cegueira com menos de 2 horas no hospital

Mark Billinghurst, diretor do Laboratório de Tecnologia Interface Humana, na Nova Zelândia, se mostra impressionado com a criação. “Uma lente de contato que produz gráficos virtuais para serem colocados sobre o mundo real parece uma experiência incrível de realidade virtual”, diz. Porém, embora se mostre animado com o protótipo da criação, Billinghurst afirma que este é apenas um primeiro passo, e ainda podem demorar anos antes do aparelho ficar disponível. [New Scientist]

Vídeo sobre lente de contato biônica

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

12 comentários

  • Últimas novidades tecnológicas provenientes da guerra:

    […] não podem manipular celulares e combater ao mesmo tempo, então veja que já conseguiram uma lente capaz de exibir 10 pixels, que já conseguiram fazer computadores entenderem nossos impulsos cerebrais e conectar aparelhos […]

  • Gabriel:

    eu qro um! um nao “2”

    deve ser o olho da cara!!!

  • Renato Bueno:

    Imagino que depois dessa as instituições de concurços e vestibulares terão, finalmente (tardiamente, quase não chegou), mudar o estilo de provas…

    Talvez assim consigam um melhor rendimento dos profissionais…

    A era de decorar coisas na escola… Acabou!

    []´s

  • Ezequiel:

    Hehe estamos no Brasil, “pornografia em qualquer lugar” e “trapacear provas e concursos”, já estamos arrumando um utilidade maior para a coisa…

    viva o Brasil! …

  • Famscrow:

    To até imaginando algum tipo de SPAM que ao ser captado pela lente fica enchendo o “mundo real” de propagandas.rsrsrs

  • Kátia Soares Coutinho:

    Parabéns pela reportagem!
    Será uma esperança para as pessoas cegas ou com baixa visão.
    Eu uso lentes de contato bifocais para miopia e presbiopia (que não são lá essas coisas) e já acho o máximo não precisar usar óculos…

  • Lucas:

    kkkkkk será uma boa pra trapacear provas de concursos e vestibulares

  • hiqx:

    O q vai ter de neguinho piscando porno nessas lentes num vai ser mole.
    Desafio grandioso, espero um dia poder ter esse equipamento.

  • eduardo:

    É incrível… há algum tempo eu já vinha sonhado com essa tecnologia… seria uma revolução a comercialização desse material… a lente poderia até trabalhar no campo da realidade aumentada, q tb é uma tecnologia promissora…
    Eu ainda acredito q num futuro não muito distante, a ciência poderá modificar geneticamente o dna para q os humanos possam nascer com esse “HUD” embutido na nossa retina… ou até mesmo implantar em humanos já crescidos… kem sabe?…

  • Filippe:

    Junta isso com o projeto Natal da microsoft e estamos na matrix *-*

  • pedro henrrique dos santos:

    eu vi isso aí no discovery channel

  • Ruben Zevallos Jr.:

    Muito interessante essa idéia… agora precisa ver se não vai causar problemas na retina… por aquecimento ou qualquer outra coisa.

Deixe seu comentário!