5 cientistas que morreram por causa de suas invenções

Por , em 1.09.2010

Você já ouviu a expressão “dar o sangue por algo”? Esses cientistas, com certeza, deram o sangue por suas invenções – e até um pouco mais. Surpreenda-se com as incríveis histórias desses inventores que acabaram morrendo por causa de suas criações:

Alexander Bogdanov

Alexander era um cientista russo que acreditava no poder rejuvenescedor do sangue. Seus interesses eram física, filosofia, economia e, talvez o menos surpreendente, ficção científica. Ele acreditava que transfusões de sangue impediam o envelhecimento (quando o sangue ficava velho, a pessoa ficava velha, logo seu sangue devia ser renovado). Acredite ou não, ele fez essa “plástica sanguínea” até na irmã de Lenin. Ele fez o procedimento várias vezes nele mesmo e um amigo dele chegou a comentar que ele parecia 10 anos mais novo. Em 1928 ele fez uma transfusão em si mesmo que causou sua morte. Basicamente ele usou sangue de um estudante que tinha malária e tuberculose. Há quem suspeite que tenha sido suicídio, já que ele escreveu uma carta política muito perturbadora antes de sua morte.

William Bullock

Ele é o responsável pela invenção da impressora rotatória. Como poderia imprimir coisas mais rapidamente o invento de 1863 mudou o mercado editorial. Em 1967 William estava ajustando uma impressora rotatória quando sua perna ficou presa e foi esmagada. Ele morreu uma semana depois, durante uma operação para amputar o membro inutilizado.

Otto Lienthal

Antes de Santos Dumont e dos Irmãos Wright existia Otto Lienthal, conhecido como o “homem planador”. Ele foi a primeira pessoa que conseguiu planar com uma espécie de avião. Mas, depois do sucesso inicial, ele fracassou – sofrendo uma queda de 17 metros que causou sua morte, ele também foi a primeira pessoa vítima de um acidente aéreo.

Thomas Midgey Jr.

Esse engenheiro mecânico trabalhava para a General Motors – ele descobriu que adicionar tetra-etil a gasolina prevenia falhas na combustão de motores. No entanto, isso causa uma enorme emissão de gases tóxicos. Logo, as pessoas da GM começaram a ter alucinações. Então Midgey foi transferido para outra seção, onde descobriu o Freon –  que seria usado como substância refrigeradora em aparelhos domésticos. Mas aí foi descoberto que o freon é uma forma de CFC (clorofluorcarboneto), que é muito prejudicial à camada de ozônio. Então ele parou de trabalhar nesse projeto também. Como se isso não fosse azar suficiente, ele pegou pólio. Então inventou um sistema de cordas para ajudá-lo a se levantar da cama sozinho. Só que ele ficou preso nas cordas e morreu estrangulado.

Franz Reichelt

Reichelt era um alfaiate criativo que resolveu criar uma capa que vira um paraquedas. Talvez ele pensasse em se tornar uma espécie de super-herói. De qualquer forma, ele convenceu as autoridades a deixá-lo testar sua invenção na torre Eifell, dizendo que colocaria um boneco vestido com a capa. Só que no último minuto antes do teste ele colocou a capa e saltou. Como sua invenção não funcionou, você pode imaginar o resultado. [Gizmodo]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

38 comentários

  • Thel Martins:

    Ri da sua ironia final e imaginei o resultado KKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  • Tiago Emilio Siller:

    mas a principal pessoa tá faltando: Marie Curie

  • Joao Artur Graf Graf:

    NA CULTURA BRASILEIRA, INTELIGENCIA É TIDA COMO DOENÇA MENTAL, INVENTOR É TIDO COMO MALUCO,VAGABUNDO,OTÁRIO,ETC. A PRESSÃO SOCIAL E POLITICA,CONTRA OS INVENTORES, IMPEDE A GERAÇÃO DE TECNOLOGIA PRÓPRIA, ASSIM O POVO BR CONTINUA ESCRAVO DAS PATENTES DOS OUTROS.
    A DOENÇA É O INPI, A CURA É MUDAR DE NACIONALIDADE.

  • brenda araujo:

    q coisa + doida pior suas mortes

  • jeniffer:

    MEUUUU Q LOUCOSSSS!!!

  • M e M:

    E naum esqueçam do cara q inventou a quilhotina e acabou quilhotinado xD…

  • Gabriel:

    tá faltando alguem na lista, Marie Curie que morreu por causa da radioatividade por ela descoberta

    • Mayron Cesar Caetano:

      Mas a lista é de quem morreu pelo q inventou, Marie Curie só DESCOBRIU a radioatividade. Sem ofensa,só dando um toque.

  • willney:

    Bem, se todo mundo q inventasse algo fosse sua própria cobaia, imaginem o teste com um medicamento aida não testado em sere-vivos: veríamos zumbis nas universidades!

  • ciência:

    Já não fazem mais pessoas ousadas como antigamente!

  • arthur:

    vei,q cara idiota ,vou me matar pra vcs verem q eu enventei uma capa q vira um paraquedas , pelo menos na hora q ele caiu ele nao sentiu a dor neh

  • Super Mouse:

    Wilhelm Conrad Roentgen, inventor do Raio X, também morreu de câncer no duodeno, após testar seu invento em si mesmo inúmeras vezes…

  • max mauro:

    O reichelt ele tentou ser um super idiota não um super heroi era pra ele mandar o boneco mesmo há há há há…

  • Everton Carlos da Costa Cardoso:

    Assisti a um programa no History Channel em que um imperador chinês bebia mercúrio, pensando que dessa forma, jamais morreria. Não é preciso dizer o motivo da sua morte.

  • manuel Chipeja:

    Essa materia ja foi publicada aqui no hyperscience… e alias tinha 10 cientistas e nao cinco.. Nao vej qual e´o proposito de reduzir… Tinha mais graca publicar esta primeira e depoius a segunda com dez cientistas… Mesmo para os que nao tiveram acesso a primeira materia, fica-lhes incompleta essa materia porque tem cinco a menos. E o maior destaque em falta vai para a cientista Maria Curie, como passo a citar o proprio HyperScience …«Em 1898, Marie Curie e seu marido Pierre descobriram o elemento químico rádio. Ela passou o restante de sua vida realizando pesquisas sobre radiação e estudando terapia com radiação. Sua exposição constante à radiação fez com que ela desenvolvesse leucemia e levou a sua morte em 1934. Marie foi a primeira pessoa conhecida a receber dois prêmios Nobel em dois campos diferentes: química e física. Ela também foi a primeira professora mulher da Universidade de Paris.»

  • Farofa:

    Reichelt, acho que já teve uma reportagem sobre ele, ri muito
    shuahushuahuhauhuahus

  • gargwlas:

    nao considero o Thomas Midgey Jr. azarado

    os inventos dele deram resultados.. o problema foram os efeitos colaterais… pelo menos ele descobriu FORMAS DE NAO RESOLVER um problema… e nao deu continuidade a elas por conta disso…. teve coragem, ao contrario de muitas empresas hoje que só visam o lucro e coloca efeitos colaterais em ACEITAVEIS e saem vendendo, entre outras situações

    quanto ao Franz Reichelt, foi burro mesmo.. experimento com a propria vida…. afff

  • Dimas Dark:

    Foi pelo bem da ciência que esses cientistas morreram. Se eles não tivessem “testado” os projetos iniciais poderíamos demorar ou até não ter grandes idéias como as deles.

  • adilson:

    eles acreditaram e conseguirão::::
    um minuto de discuido talvez!!!
    um erro ecredite que voce consegue

    • Pablo Santos:

      Cara, em que língua você escreveu?
      E 9 pessoas ainda curtiram…

  • José Afonso:

    kkkkkkk

    Muito bom!! Antes a ciência era um misto de inspiração, genialidade e sorte… muita sorte!! Alguns, como vimos, não tiveram tanta… hehehe

    Tomaz Edison teve muita sorte, vários que tentaram saltar uma pipa no meio de uma tempestade não se saíram tão bem… Porém, morreu de pneumonia, porque pegou muita chuva e porque a medicina não era muito avançada. Fizeram várias sangrias no coitado, o que provavelmente causou sua morte.

  • consta:

    mas so na morte dos cientistas podem surgir os segundos emitadores, desenvolvendo assim a tecnologia.

  • gloria:

    Hoje se usa animais como cobaias,mas houve um tempo q eram usados pessoas,muita gente morreu em nome da ciencia,p termos os benefícios q temos hoje!

  • eduardo:

    Sei q não é correto mas eu ri muito do inventor Thomas Midgey Jr…. q cara azarado…… kkkkkkkkkk……..
    Viva os cientistas malucos!!!

  • Thiago dos Reis:

    Reichelt era um alfaiate criativo que resolveu criar uma capa que vira um paraquedas.

    Nem precisei ler o resto pra entender por que ele morreu.

  • Carlos Alberto:

    O que seria de nós, se não fosse a capacidade criativa e a ousadia de reinventar o mundo? A facilitar nossos dias. Já pensaram num mundo sem eletricidade, por exemplo?

  • wilson kapps higgins:

    CIENTISTAS MALUCOS, É O QUE ELES SÃO

  • Henrique Inacio:

    Ah se os invetores políticos deste país tivessem o mesmo, que beleza seria ficar sem todos os corruptos inventores

  • MARCOS:

    queria ver se algum politioc faria o mesmo…

  • antonio:

    Estes homens iluminados, sendo que a maioria era movida pelo desejo da criação, verdadeiros genios que estão acima da comprenSão, de pessoas como eu que não sabe como funciona um ultrapassado LP ou bolachão, radio de pilha, sistema binario nem pensar. Para aqueles que como eu vivem a margem do conhecimento só resta um consolo: OS IGNORANTES SÃO MAIS FELIZES.

  • MAX:

    O que a manguaça nao faz com o sujeito!!!!!!!!!!!

  • Antonio Paiva:

    Porque não acrescentaram a Me. Curie?

  • Antonio Tacito de Souza e Silva:

    apesar das mortes, os inventos foram e são até hoje muito importantes para o desenvolvimento e o progresso da humanidade.
    LAMENTAMOS PELAS MORTES, MAS NÃO RESTAM DÚVIDAS, QUE ELES
    DEIXARAM UM LEGADO PRECIOSO PARA TODOS.

  • Thiago Vono:

    THOMAS MIDGEY JR. o inventor azarado

  • claudemir da silva:

    muitas invenções muito ppagou com a propria vida para chegar a perfeição do temos hoje

  • Santos:

    Bom! Ao menos tentaram fazer alguma coisa que para eles daria certo! Quantos inventos deram certo até hoje? Uns deram sorte, outros não, mas tentaram e isso é muito importante na vida de uma pessoa, se ela está determinada a fazer algo, não importa o risco que está correndo e sim o resultado de seu invento, mesmo que isso lhe custe a própia vida. Uns fazem e dá certo e outros simplesmente deixaram de acertar!

  • Ananias:

    Fique até inspirado agora vou inventar algo, opa sai pra la inspiração! heheheehe

  • Natália:

    Franz Reichelt é o melhor neh?!rsrsrsrs…..

Deixe seu comentário!