Veja 9 casos de contrabando de pessoas que não deram certo

Por , em 29.02.2016

O que passa pela cabeça de uma pessoa que acredita que vai conseguir passar pela segurança de um aeroporto internacional com um bebê escondido na mochila? O pior é que mais de um caso desses aconteceu recentemente, normalmente porque os pais não têm a documentação necessária para o menor de idade viajar.

9. O casal egípcio que colocou o bebê na bagagem de mão

child smgguled1.jpg
Em 2012, um casal do Egito escondeu um bebê em uma mala de mão para tentar fazer com que ele entrasse nos Emirados Árabes. Claro que foram flagrados quando a mala passou pela máquina de raio-X.

A família chegou no Aeroporto Internacional de Sharjah, mas não pode entrar no país porque o menino não tinha um visto. Um agente da imigração orientou o casal a esperar no local para que pudessem resolver o problema.

Ao invés de seguir a orientação, o casal escondeu o pequeno na bolsa e tentou fazer com que ele passasse pela segurança. Aeroportos internacionais normalmente exigem que as malas sejam escaneadas novamente depois que o passaporte é carimbado. O casal foi preso.

8. O bebê que foi colocado em uma mochila e parecia bem confortável por lá

5
Uma mulher desesperada tentou tirar seu bebê de dois meses de vida das Filipinas. Ela não tinha a documentação necessária para que ele deixasse o país, mas tentou escondê-lo em uma mochila.

Quando o bebê foi encontrado pela equipe de segurança do Aeroporto Internacional Ninoy Aquino, ele estava dormindo profundamente, sem aparentar irritação por ter sido fechado em uma mochila.

7. O educado menino de 8 anos encontrado em uma mala

1
Em 2015, um menino de oito anos foi encontrado em uma mala que estava sendo levada por uma jovem de 19 anos. A polícia resolveu checar a mala por desconfiar do comportamento da mulher.

Eles acreditavam que ela levava drogas, e se surpreenderam ao encontrar o simpático menino, que colocou a cabeça para fora da mala e falou em francês: “Olá, meu nome é Abou”.

A polícia descobriu que ela havia sido paga para levar a criança, e que o pai também estava indo ao aeroporto. Cerca de uma hora e meia depois, o pai foi preso quando tentava passar pela segurança do local. A intenção dele era levar o menino da Costa do Marfim para a Espanha.

A questão aqui é: como exatamente o menino seria colocado no avião? Iria no compartimento superior de bagagens, sem poder se mexer por horas? Um porta-voz do aeroporto alertou que esta ação poderia ter tido um fim muito trágico para a criança.

6. A mulher que tentou entrar nos EUA contorcida em uma mala

contrabando de pessoas 5
Em 2013, agentes de proteção da fronteira dos EUA descobriram uma mulher escondida em uma mala que estava em um carro vindo do México. A mulher era tailandesa e esta nem foi a primeira vez que ela tentou entrar no país ilegalmente. Ela já havia sido presa uma vez, por isso teve que enfrentar um julgamento pela segunda entrada ilegal antes de ser deportada.

5. O homem que se camuflou de banco de carro para entrar nos EUA

contrabando de pessoas 6
Enquanto se esconder em uma mala parece um disfarce óbvio demais, este homem conseguiu pensar em um esconderijo mais criativo. Ele literalmente entrou no banco de trás carro e ficou parecendo uma ótima fantasia de Halloween.

A polícia da fronteira dos EUA, porém, vê de tudo e já está vacinada contra esse tipo de esconderijo, normalmente usado para drogas. O homem de 42 anos tentou entrar pela fronteira do México com o estado da Califórnia que, na época, em 2001, era o ponto de entrada terrestre mais movimentado dos EUA.

4. A mulher que tentou tirar o namorado da prisão em uma mala

Handout photographs of Mexican prisoner trying to escape from jail inside a suitcase
Essa tentativa de fuga não enganaria nem a uma criança. Em 2011, Maria de Mar Arjona Rivero, de 19 anos, tentou tirar o namorado, Juan Ramirez Tijerina, da prisão mexicana em que ele cumpria sentença de 20 anos por posse ilegal de armas. Ela devia estar muito embriagada de amor para tentar uma besteira dessas. Maria também foi presa.

3. O contrabando que nem precisava ter acontecido

contrabando de pessoas 3
Em 2015, um casal muito desinformado foi pego tentando entrar na União Europeia. O marido, um francês de 60 anos, colocou a esposa russa de 30 anos dentro de uma gigantesca mala para juntos embarcarem em um trem da Bielorrússia para a França. A polícia local desconfiou do tamanho da mala, e revistou o homem.

O que eles não sabiam é que, como esposa de um cidadão da União Europeia, ela também teria direito a entrar na região. Depois de serem brevemente retidos para questionamentos, eles decidiram voltar para a Bielorrússia (provavelmente para organizar uma mudança mais decente). Com essa ação, eles arriscaram três anos de prisão por tentar fugir do controle de fronteira.

2. O homem encontrado por um cachorro dentro de uma mala

2
O cachorro da polícia do Aeroporto Internacional Jorge Chavez, de Lima, merece um delicioso biscoito por ter encontrado um homem escondido em uma mala de tamanho médio, que era carregada por um outro homem.

O caso aconteceu em 2015 e a dupla foi presa por tentar deixar o país. A polícia não divulgou qual era o destino deles.

1. 18 cabeças humanas em duas caixas

8
Este último caso não se trata de contrabando propriamente dito, já que a ação não foi ilegal. Mas um problema na documentação das caixas fez com que a polícia local soasse o sinal de alerta para um possível serial killer ousado. As 18 cabeças congeladas foram encontradas pela segurança do Aeroporto Internacional O’Hare, de Chicago, em 2013.

No final, eles descobriram que não havia nada de ilegal com a entrega, e que as cabeças eram usadas em pesquisas médicas na Itália e estavam sendo devolvidas para serem cremadas em Illinois. Transportar partes de corpos humanos em aviões comerciais é uma coisa que aparentemente acontece com bastante frequência. [Oddee]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

Deixe seu comentário!