,

A cada 6 minutos, uma criança se fere em escadas

Por , em 14.03.2012

Uma pesquisa de um instituto de saúde de Columbus (EUA), feita nos quadros de atendimentos de emergência do país, descobriu um dado interessante: em média, 93 mil crianças de até 5 anos de idade foram tratadas por ferimentos em acidentes em escadas a cada ano, no período entre 1999 e 2008. Mais alarmante que isso, um quarto deste número é composto de crianças com menos de um ano que estavam no colo de alguém.

Grande parte dos acidentes (35%) foi classificada como “pequenas contusões”, sem maiores consequências. Em apenas 3% dos casos de queda, conforme apurou a pesquisa, houve necessidade de hospitalizar as crianças. Outro consolo é o fato de que este número está em declínio, pois as menores taxas de queda foram apresentadas nos anos finais da pesquisa.

Apesar disso, é preocupante o fato de que boa parcela dos acidentes acontecem na presença dos pais, seja com a criança no colo ou em um carrinho de bebê. Além de recomendar maior cuidado pessoal, os pesquisadores apontam algumas medidas que podem minimizar os riscos.

É aconselhável manter as escadas livres e sem brinquedos, evitar carregar um bebê escada acima (ou abaixo) com objetos no outro braço, que deve estar firme no corrimão. Além disso, pode-se comprar uma grade de escada, obstruindo a passagem, que seja alta e pesada o suficiente para impedir que o bebê a remova. [WebMD]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

1 comentário

Deixe seu comentário!