A Terra vista a partir de outro planeta

Por , em 28.04.2010

O que é o que é: um pontinho branco no meio do céu de Marte? Nós!
Essa é a primeira imagem que temos do nosso planeta “fotografada” da superfície de um outro astro além da Lua. Ela foi tirada pela Mars Exploration Rover Spirit uma hora antes do amanhecer em Marte, no 63 dia do calendário marciano.

A imagem não é apenas uma foto, na verdade, e sim várias fotos tiradas pela sonda e unidas para formar uma visão mais geral do céu marciano. O contraste da imagem também foi aumentado para que a Terra seja mais fácil de ser identificada. [Flickr Nasa Goddard Photo and Video]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (3 votos, média: 4,33 de 5)

23 comentários

  • italo russel:

    Apesar de ainda não ser comprovado a existência de vidas em outros planetas,talvez, seria meio que idiota ou um pensamento ate irracional acharmos que somos os único…nesse imenso..universo.rs…o fato é que na na terra existem objetos até então ja comprovado pelas autoridades que existem…mas que não se sabem ainda do que se tarta..tudo bem…os chamado OVNIS…não vou dizer que pode ser um et..visitando..a terra ou algo assim… mas se nem as autoridades que “DIZEM” não saber o que é(ja sabem sim..não querem é dizer a verdade para a huminidade) ou melhor do que se trata..se assim for eu me acho no direito de dizer do mesmo jeito que dizem que não há mais vida além… eu me sinto no direto de dizer também que existe sim… é muito estranho a humanidade ter evoluído rápido de 1960 para 2010? rsrsrs ai tem coisa…há sites q dizem que toda essa tecnologia vem de civilização avaçadas…o que nos deixa pensativo..já que na maioria das vezes faz sentido rsrsrs bem essa é minha opinião ainda que maluca..mas é isso falows galera…

  • Fernando Torres:

    luciano hansem vc esta assistindo muito filme começando por Independecy Day ate 2012 que estreiou esse ano ate tem ai o filme O dia em que a Terra parou ,kkkkk ta faltando Pressagio v nao acha achei interessante a versao da explosao solar ….

  • Luciano Hansen:

    è bem interessante, já notaram que a NASA e as outras agencias estão acelerando a exploração espacial para a colonização de outros planetas? Por quê será não é mesmo? Daqui ha algumas decadas ” isto é se passarmos de 2012…” nosso planeta começará a ficar inviável para abrigar nossa espécie, sem contar os pequenos desastres que podem nos arremeter a extinção como a explosão de yellowstone, a choque com um asteroide ou simplesmente uma invasão de ET´s como preve Hawking… O fato é que será nosso futuro colonizarmos o espaço, como gafanhotos a procura de novos territorios para consumirmos as reservas naturais… Coitadas das formas de vida que encontrarmos pela frente, as subjulgaremos “se forem mais atrasadas que nós..” como fizemos com nossos indios na colonização portuguesa e espanhola., Assim como os visitantes que vierem a nosso planeta provavelmente nos farão ” ou vocês acham que extraterrenos virão até aqui, atravessando galaxias simplesmente para nos trazerem uma menssagem de amor universal ou nos trazer tecnologia e ajuda para solucionarmos nossas picuinhas??” “Se estiver vivo quando chegar este dia certamente não subirei em um arranhacéu segurando um cartaz Sejam Bem Vindos!!!, Amamos vocês!!!, certamente pegarei minhas coisas e deitarei o cabelo para a região mais remota que encontrar…. pois ja sei o que nos acontecerá.

    Fiquem em paz.

    Boa semana a todos

    Luciano Hansen
    Canoas, Rio Grande do Sul.

  • Aristides Neto:

    Imaginem um sistema solar em escala. Façamos essa:
    A terra com 1 mm de diâmetro, o sol teria 230 mm. A distância entre o sol e a terra seria de 11077 mm. Melhorando, para um planeta terra com 1 mm de diâmetro, teríamos uma distância entre o sol e a terra de 11,08 metros.
    A estrela mais próxima, depois do nosso sol, estaria a 6700 km.
    Vamos melhorar o entendimento:
    Com a terra do tamanho de um grão de areia, a distância entre a terra e o sol seria de aproximadamente régua escolar. A distância entre a terra e a estrela mais próxima seria equivalente à distância entre o Rio de Janeiro e Miami, Flórida. Para que uma ida nossa até essa estrela durasse as mesmas 8 horas até Miami, nossa espaço nave deveria desenvolver uma velocidade de X vezes a velocidade de luz?
    Deixo o desafio para a garotada que está fazendo o ensino médio.
    Dica, são 4,22 anos-luz até a estrela mais próxima.
    Faço um outra pergunta, teoricamente, o que aconteceria com o universo se uma nave chegasse a tal velocidade?

    • Ediwan Midian Silva:

      0,5275 anos-luz/hora? 4624,1c??? só se fosse através de uma bolha de alcubierre, e mesmo assim, como a gente faz uma dessas???

  • claudemir:

    impressionante. imagine. existe mais estrelas no universo doque graos de areia na terra. seria possível NÃO existir vida em algum outro sistema estelar?

  • DimasDark:

    eu mesmo, acho que as estrelas são planetas gigantes em que habitam vida, dependente do nivel de tecnologia é o brilho delas

  • B. Buzzo:

    E num lugar qualquer do planeta Marte, dois marcianos principiaram o seguinte di-álogo enquanto observavam um certo pontinho luminoso na imensidão do espaço com a sua luneta:
    — Tá vendo ali aquele pontinho luminoso?…
    — Tô! Será que tem gente?
    — Sei não!
    — Deixa eu ver, vai… Hum… Aquilo ali é o que chamam de Terra.
    — Ah é, é???… Epa! Num quero nem mais olhar mais pra aquelas bandas do universo!
    — Ora por quê?
    — Só de olhar o pontinho ali me dá até arrepios!!! Segundo ouvi dizer, é um lugar tipo tremendo hospital onde os interno têm o grave defeito de viver uns criticando a doença dos outros. Além de um bando de doentes, a grande maioria não passa de uma corja de mal-educados que vivem a sujar, a depredar o próprio lugar onde habitam, e ainda por cima, esses tolos se acham os mais belos, os mais inteligentes e todo-poderosos seres do Universo, sem falar que vivem se matando a torto e a direito; ali enquanto uns poucos têm muito, outros muitos têm pouco, crianças morrem de fome… Um bando de petulantes que, geralmente, só pensam em si!
    — AH! Agora entendi a razão do amigo os enganar sempre que as engenhocas deles vêm pra cá, colocando fotos de paisagens primitivas de nosso planeta na frente da lente das câmeras deles!
    — Pois é. Mas receio que isso não dê certo. Parece que aguça mais a vaidade exagerada daquela gente de se instalar aqui.
    — Ave Maria!!!! Que Deus nos defenda!

  • Felipe:

    Vou ser sincero com vocês, eu daria a minha própria vida pra saber o que vem do universo, se existe vida em outros planetas, enfim ter todas as respostas.

    Não pensaria duas vezes!!!

  • Ezio José:

    “Conheça-te a ti mesmo e conhecerás os deuses e o universo”. A ciência está dando provas de que somos resumidamente átomos e que ainda como átomos ainda somos grandes.
    À cada dia nós nos aproximamos mais do Paraíso e graças à ciência que mesmo atropelada pelas religiões e seus fanáticos, está avançando neste universo infinto, belo e imensurável.

  • Chico Lobo:

    Douglas

    Essa revista não é apropriada para vc. Alias, é séria demais para sua mentalidade.

    Leia MAD que vc achará mais interessante

  • Chico Lobo:

    Wilson – Tirando as galáxias e nebulosas, todas as estrelas que vc vê estão bem próximas de nós e estrelas até 200 anos luz da terra já foram bem averiguadas no sentido de haver ou não planetas em torno delas.

    Olhar para o ceu e imaginar coisas como vc disse, é imaginação fértil demais diante da seriedade da ciência.

    Eu tb acredito que possa haver a possibilidade de vida, até mesmo dentro da propria Via Lactea, mas a chances de manter contato entre eles e nós é tão remota quanto dois grãos de areia em praias diferentes se encontrarem por força das marés

  • Denis:

    Bah, incrivel!

    Realmente somos pequenos…
    Todo nosso “vasto” planeta visto em um minimo pontinho branco…

    As vezes me pergunto também se tem vida em outro lugar.. mas meu ramo de estudo não é esse, sou apenas um curioso observando descobertas legais!

  • wilson:

    Será que somos os únicos seres neste vasto universo?Quando olho para o firmamento à noite e vejo milhões de estrelas,miro em alguma e me pergunto:
    -Será que não existe algum outro ser nesta estrela que está olhando em direção a terra fazendo esta mesma pergunta?
    Somos um grão tão pequeno em um oceano tão vasto que esta pergunta talvez nunca tenha resposta!

  • Matias:

    Ora ai está mais uma obra do acaso…

    Como somos pequenos…e aquele pontinho é a Terra.

  • Aristides Neto:

    Aos piadistas. Caso não achem uma matéria interessante, ajudem a torná-la melhor. Fazer piadas é uma atividade que exige inteligência e a noção de tempo. Quem faz piada não inteligente e sem a noção do tempo – hora certa – dá a ele próprio o diploma de burro.

    Ajudem. Façam comentários que tornem a matéria mais interessante.

  • Chico Lobo:

    Luiz…
    Voce deve ser daquelas pessoas “super bem informadas e inteligentes” que acreditam que os americanos nunca pisaram na Lua em 1969. – Faça-me rir…
    É certo que para ser um cientista precisamos ser desconfiados, mas eu não acredito que uma revista científica tão conceituada como esta publicaria uma fraude desse tamanho…

    • Vitor Matheus:

      Hooo! Se estufou é? Cuidado, nao sobe muito… Pois se cair…. Nao quero ver.

  • Douglas Miranda:

    Tenho um primo que sempre via vários pontinhos cinzas, em todos os lugares… depois que ele limpou os óculos os pontinhos sumiram.

    “Comentário interessante p/ uma matéria interessante.”

  • ira:

    COMO SOMOS PEQUENOS.
    E MUITOS A LUTAREM PELO PODER TEMPORAL.
    TALVEZ ESTA VISÃO COLOQUE-OS EM SEU LUGAR ÍNFIMO.

  • Luiz:

    Essa foto pode ter sido tirada em qualquer lugar da terra!

  • Deep:

    Somos tão pequeninos… Um singelo ponto branco – perdemos até nosso hipnótico azul – qdo vistos doutros solos.

  • B. Buzzo:

    E num lugar qualquer do planeta Marte, dois marcianos principiaram o seguinte di-álogo enquanto observam um certo pontinho luminoso na imensidão do espaço com sua luneta:
    — Tá vendo ali aquele pontinho luminoso?…
    — Tô! Será que tem gente?
    — Sei não!
    — Deixa eu ver, vai… Hum… Aquilo ali é o que chamam de Terra!
    — Ah é, é???… Epa! Nem quero mais olhar pra aquelas bandas!
    — Ora por quê?
    — Só de olhar pra aquele pontinho ali me dá até arrepios!!! Segundo ouvi dizer, é um lugar tipo tremendo hospital onde os interno têm o grave defeito de viver uns criticando a doença dos outros. Além de um bando doentes, a grande maioria não passa de uma corja de mal-educados que vivem a sujar, a depredar o pró-prio lugar onde habitam, e ainda por cima, esses tolos se acham os mais belos, os mais inteligentes e todo-poderosos seres do Universo, sem falar que vivem se matando a torto e a direito; ali enquanto uns poucos têm muito, outros muito têm pouco, crianças morrem de fome… Um bando de petulantes que, geral-mente só pensam em si!
    — AH! Agora entendi a razão do amigo os enganar sempre que as engenhocas deles pousam aqui, colocando essas fotos na frente das lentes de suas câmeras de paisagens primitivas de nossos desertos!
    — Pois é. Mas receio que isso não dê certo. Parece que aguça mais a vaidade e-xagerada daquela gente de se instalar em nosso planeta.
    — Que Deus nos defenda!

Deixe seu comentário!