As 10 mais importantes notícias tecnológicas

Por , em 21.12.2010

Qual foi a coisa mais importante que aconteceu em 2010? No mundo tecnológico, há 10 fatos que merecem ser recordados e gravados para a posteridade. Confira as notícias mais significativas no campo da tecnologia:

1. Andre Geim e Konstantin Novoselov ganham o Nobel de Física pela descoberta do Grafeno

Falamos sobre isso nesse artigo. O grafeno é um material que possui uma força similar à do diamante, é um ótimo condutor e possui propriedades quânticas muito diferentes. Acredita-se que ele representará uma revolução na indústria similar à da descoberta do plástico, no século passado.

2. Mais pessoas usam Droids do que iPhones

Era uma vez o BlackBerry, que foi suplantado pelos iPhones, da Apple. E então a Google decidiu entrar na jogada. Os Droids imitaram a interface com Touchscreen dos iPhones, e incluindo novos aplicativos (principalmente programas da Adobe), os Droids viraram favoritos dos usuários de smartphones.

3. Sites de desconto em grupo

Qual é seu preferido? Groupon? Peixe Urbano? Hoje, dificilmente, uma pessoa não está inscrita em algum desses sites, que conseguem descontos de no mínimo 25% em restaurantes, spas, salões, hotéis e mais uma variedade de estabelecimentos. A idéia é tão simples que logo virou febre. O que surpreende é que ninguém tenha pensado nisso antes, já que nenhuma inovação tecnológica foi necessária para a criação desses sites.

4. A indústria do entretenimento se apaixona por 3D – de novo

Acredite ou não, a tecnologia 3D já existia, de certa forma, desde os anos 1950. Mas foi só nesse ano que James Cameron, com sua obra-prima “Avatar”, conseguiu fazer a febre 3D pegar. Vários filmes aderiram à tecnologia e, para quem tinha a estrutura, a Copa do Mundo desse ano pôde ser transmitida em 3D. Claro, ninguém gosta de usar os óculos especiais, mas há cientistas trabalhando em tecnologias que dispensem o acessório.

5. A China controla a maior parte dos minerais raros da Terra

A China está para minerais raros como a Arábia Saudita está para o petróleo – muito próxima do monopólio. Esses minerais são componentes de grande parte dos eletrônicos que usamos, então são muito importantes para qualquer nação. Por isso, quando o país bloqueou as exportações para o Japão houve um certo pânico na indústria tecnológica. Por sorte, o monopólio da China não se deve às reservas naturais, mas à exploração – ou seja, outros países também podem exportar esses materiais se dedicando à sua extração.

6. O Google paga caro para ser o líder

Em 2010 o Google aprendeu que ser o líder não é fácil. A gigante da internet teve que suportar cyber-ataques da China, processos contra monopólio por parte da União Européia e enfrentando a competição de empresas como o Facebook. Eric Schmidt acredita que sua empresa não irá sofrer tanto no ano que vem, mas, na verdade, quando você é a maior companhia da internet, corre grandes riscos de ser também o maior alvo.

7. O WikiLeaks expõe o governo americano

Do seu bunker na Suécia, Julian Assange colocou fogo na internet ao lançar documentos confidenciais sobre as políticas diplomáticas e militares dos Estados Unidos. A administração de Obama impediu que funcionários federais tivessem acesso aos documentos, a Força Aérea do país também impediu que os seus oficiais lessem o NY Times, com medo de que eles pudessem se informar sobre os vazamentos, e o futuro do jornalismo online ficou muito mais obscuro (principalmente com a verdadeira perseguição contra Assange).

8. As redes sociais também movem o mundo

Não usamos apenas o Orkut e não usamos essas ferramentas para fazer fofocas sobre nossos colegas. O público usuário também não é formado apenas de adolescentes. Estamos aderindo cada vez mais às redes sociais e com motivos mais “nobres” – elas viraram uma rede de comunicação verdadeira, similar ao telefone. Além disso os serviços oferecidos por esses sites, como jogos, livros e filmes, sugere que mais inovações estão à frente.

9. Seu PC começa a desaparecer

Antes de 2010 ninguém saberia dizer o que é um tablet. Depois do lançamento do iPad, os tablets têm a chance de suplantarem os notebooks como ferramenta de computação preferida do consumidor. Antes de 2010 ninguém se importava com cloud computing ou, em português, computação em nuvem, que usa a capacidade de armazenamento e cálculo de computadores e servidores ligados na internet. Basicamente você acessaria programas na internet, sem a necessidade de instalá-los. Junte essas duas inovações e você terá um vislumbre de uma nova era da computação.

10. Aparece a primeira cyber-arma do mundo

O Stuxnet teve o mesmo efeito do que um míssil – mas, felizmente, não matou pessoas. Ninguém ainda tem certeza de quem criou o malware, mas sabemos qual foi o alvo: o programa de armas nucleares do Irã. O vírus desligou o programa e incapacitou a usina de enriquecimento de urânio do país. O Irã se recuperou do “ataque”, mas isso deixou o mundo em alerta para os possíveis ataques via vírus que estavam sendo previstos por filmes e livros. [LiveScience]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

17 comentários

  • Lucas:

    afff lavem enchisão de saco
    primeira gerra mundial – ekipamentos normais (bombas, tankes a soldados)

    segunda gerra mundial – com tudo que na primeira, só q com aviões

    terceira gerra mundial – apenas vírus

    lá vem, agente não vai poder acessar a internet q já vamo ta com uma arma apontada na cabeça

    • LorD FeniX (Marthins):

      Terceira Guerra Mundial -> Mísseis Inteligentes, veículos com IA ou telecomandados, Vírus e Armas de Pulso Eletromagnético (PEM).

      As armas PEM geram um pulso eletromagnético de alta intensidade q destroí esquipamentos eletrônicos. Computadores, rádios, sistemas de controle de veículos, de mira, de comunicação, de navegação e etc ficariam inoperantes. Isso reduziria o inimigo a grupos de guerrilha e acabaria quase totalmente com o comando central.

      Antes de destruir e matar o objetivo de qlq ataque é sempre tentar incapacitar o inimigo. Guerras são a última solução para um conflito e custam caro, tanto em vidas qnt em recursos materiais.

      O grande problema dos cyberataques é q qlq um pode fazer uso deles. Isso abre as portas para o cyberterrorismo e sabotagens diversas. Uma empresa pode, por exemplo, contratar cybercriminosos para desencadear um ataque para prejudicar seu concorrente e esse grupo alegar motivos diversos para o ataque realizado. dessa forma, em princípio, a empresa q contratou os ataque não teria culpa e alegaria não saber nem ter nada a ver com o episódio. Sem falar nos grupos lunáticos q tb podem vir a fazer uso do mesmo para propagar seu ódio ou ideologias loucas.

      Isso sem mencionar os episódios de espionagem digital q tb cresceram assustadoramente.

  • Evandro junior:

    2011, ta só começando, mais 2010 deixou muita coisa boa, e muita coisa que precisa ser melhorada, ou até mesmo inventada, agora só nos resta esperar, as novidades, e curtir e apreciar o que tem de melhor no mercado tecnológico!

  • Luis Souza:

    Tenho lá minhas dúvidas em relação ao item 9. Naturalmente não foi levado em consideração estabilidade e velocidade de conexão mas a princípio considero temerário armazenar dados confidenciais no “cloud computing” não só na questão de segurança como capacidade de cálculos e confiabilidade.

  • Kelvin:

    E cade os inventores para dizerem que essas coisas restauraram a nossa ecologia e trara união de povos???… Invenções por luxo, não por vida! Deus não cria luxo, ele cria vida, nosso luxo esta destruindo o planeta… vemos isso, é evidente! Podemos evoluir, mas temos que tomar ciência dos nossos atos, não apenas facilitar nossa vida, mas facilitar a vida do nosso planeta!

  • mr. m:

    Cade os crentes pra falar que o deus imaginario deles fez alguma dessas coisa??? kkkkk

  • David Quirino dos Santos:

    Será que estas dez notícias juntas equiparam-se à de que testes de laboratório em camundongos, com uma nova droga destinada a combater o cancer, apresentaram como efeito colateral o rejuvenescimento das cobaias além de resturar todas as suas potencialidades de quando jovens? Taí! candidato-me a ser cobaia gratuitamente, assumindo todas as responsabilidades do que me possa acontecer.

  • claudemir da silva:

    a cada piscar de olhos a tecnologia da um salto importante principalmente na era da informatica vamos também acelerar na area da medicina na cura de varias doenças

  • Referência Social:

    Gente sem noção!

    Tantas importantes novidades e invenções tecnológicas revolucionando e tentando facilitar e melhorar o mundo e esses “gameiros” batendo cabeça uns contra os outros!

  • Manuel Bravo:

    O avanço tecnológico é tão rápido atualmente, que dá
    vontade de não comprar nada por enquqnto e esperar mais
    um pouco para ver o que vem a seguir.

  • Andressa:

    Plebeu,

    Obrigada pela informação, desconhecia.

  • Plebeu:

    Andressa, há uns anos atrás joguei com uns sobrinhos bowling e outros jogos aos pulos e outras coisas na playstation, tudo com uma câmara a apontar para a gente sem tocar em nada.

    Acredito que esse kinect seja tecnologia melhorada, mas novidade… ZERO!

  • Andressa:

    Ohh, gente!

    O Felipe tá falando da revolução dos jogos. O último aparelho do XBox 360. Você joga sem controle ou joystick.

  • manolo:

    já sabia o que era um tablet faz muito tempo, escrito muito desinformado

  • ShadowsAV:

    É verdade, no sexto e no quinto (Google paga caro, e china domina minerais ráros), deveriam colocar o Kinect, pode até não ser só ele colocava Realidade almentada porque daqui pra frente nós vamos ouvir cada vez mais sobre isso. Também tem holográfia que também tá engatinhando (acho q por isso vai pro Top 2011), enfim ótima matéria resumão legal

  • gringo:

    Falar de quem, Felipe?

  • Felipe:

    Pensei que ia falar do Kinect :/

Deixe seu comentário!