7 Formas de vida ultra-resistentes

Por , em 4.10.2010

Desde bactérias que sobrevivem no interior de rochas a micróbios que suportam o calor extremo – a mãe natureza mostra que não há limites para a vida. Isso mostra não só como a vida na Terra é resistente, mas como poderíamos, facilmente, encontrar outras formas de vida em lugares inóspitos no espaço.

Conheça algumas espécies incríveis:

1. Dunaliella algae

Alguns organismos, como o Dunaliella algae, podem sobreviver sem uma gota de água por perto. Esses micróbios vivem no deserto do Atacama, no Chile. Apesar de viverem no lugar mais seco do mundo, eles se agarram a teias de aranhas e consomem o orvalho esparso que fica preso nelas.

2. Hipertermófilos

Essas espécies conseguem sobreviver em ambientes extremamente quentes. O gênero Aquifex de bactérias, por exemplo, foi encontrado no parque Yellowstone nas termas. Lá a temperatura alcança 96 graus Celsius.

3. Thermococcus

O Thermococcus é um micróbio tão resistente e incrível que, até pouco tempo atrás, achava-se que a reação química produzida por ele não era capaz de sustentar vida – afinal ele, basicamente, não usa energia. Além disso, ele é capaz de suportar temperaturas altíssimas, insuportáveis para outros seres vivos.

4. Halobacterium halobium

Essas criaturas conseguem suportar níveis de sódio (sal) que seriam insuportáveis para outros organismos. Essa bactéria evoluiu de forma a suportar ambientes com uma concentração de sal dez vezes maior do que a do mar.

5. Psicrophiles

Alguns micróbios encontrados no gelo polar e nas profundezas do oceano podem suportar temperaturas de -15 graus Celsius. Outras espécies, como fungos, algas e bactérias contêm enzimas que foram adaptadas para funcionar a essas temperaturas extremas.

6. Deinococcus radiodurans

Essa espécie de bactéria consegue suportar altos níveis de radiação. Por exemplo, um humano suportar até o nível 10. Já essa bactéria suporta até 15 mil (a barata, a nível de curiosidade, suporta até 1000). Ela também é conhecida por suportar frio, desidratação, vácuo e ácidos. O Guinness considera a Deinococcus a bactéria mais durona e resistente que conhecemos.

7. Endolitos

São organismos que vivem dentro de pedras e outros lugares que são considerados impermeáveis (como os poros de conchas). Foram encontrados até 3 km abaixo da superfície da Terra e há indicações de que eles podem agüentar viver em profundezas ainda maiores. A água é rara nessa parte da Terra, mas alguns estudos sugerem que esses organismos podem se alimentar de ferro, potássio e enxofre. [LiveScience]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 5,00 de 5)

22 comentários

  • Milena Karla:

    A DEINOCOCCUS RADIODURANS nunca vai te deixar no vácuo

  • Orlando:

    Se um dia O Criador me outorgasse um super-poder e eu pudesse fazer a escolha, seria o de curar qualquer tipo de cancer e libertar a humanidade dessa desastrosa praga.

  • fred:

    Infelizmente existe algo mais resistente que nem antibiotico dá conta do recado, e se chama virus, algo que alguns chamam de ser vivo, mas tecnicamente é mais uma máquina.

  • @AllexBass:

    Concordo com o Marcos
    Deviao colocar aee pessoas ki vivem com 1 salario minimo

  • marco andrade:

    Deviam colocar ai tambem uma pessoa que consegue passar o mes com um salário de 510,00.

  • Mary:

    pois é, o homem, que se considera o maior de todos os seres enganadores da humanidade, rouba tanto, engana tanto, pisoteia no mais humilde, e daí vem um ser microscópico, e encerra a carreira de um déspota gigante, estranha forma de ciclo de vida, não é mesmo! (:!

    Qto aos políticos,os tipos de vírus mais constantes para eliminá-los, são aqueles que corróem a consciência!! (:/
    maey

  • JR freedom:

    AE.. varias dessas ae nen são bacterias meu brother.. são Archaea

    um outro grupo de procariotos….
    cuidado com nomenclaturas..

  • Josimar:

    Protesto!!!!
    Apagaram minha pesquisa sobre sogra. Após anos de trabalho arduo, pesquisa de elevado risco de comprometimento a saúde da humanidade.Isso não se faz com um cientista.

  • Eddy:

    Porra Marcos, agora que eu li o que você escreveu, vai parecer plagio. :o))
    Maisnénão.
    É in-consciente coletivo mesmo.

    Corrijo: No meio existem alguns da variedade Politiculas Bonas Negotiantis.
    Digo: Existem alguns da variedade P.B.N.

  • Eddy:

    Podem agregar outra forma de vida que habita todos os rincões de um meio ambiente muito duro… Nosso querido e amado Brasil… Se chama Politiculos Malus Corruptelas. É um parasita que usa a energia do próprio meio ambiente para criar colônias de cada vez mais rápido crescimento. Usam a apatia como forma de reprodução. No meio existem alguns da variedade Politiculas Bonas Negotiantis. Estes estão adaptados ao meio ambiente, mais lutam esperando o apoio do propio meio ambiente para reverter o processo decadente gerado pelos primeiros.

  • claudemir da silva:

    são verdadeiras adaptação de vida como é formidavel as formas de vida

  • Isaac Nattan:

    Quem quiser que me ache maluco !! Absolutamente, eu não descarto a possibilidade de haver vida extra-terrestre ! Acredito no criacionismo, contudo essas evidências me deixam embaraçado !!=\ ( mas vou morrer acreditando !8^)~ ) ( Muito legal !! super-interessante !) *-* … Acho td isso muito fascinante !

  • Giovanna:

    aa Josimar que figura! adorei eu ri demais!!!

  • Marcos:

    Olá a todos !
    A pior de todas as espécies é do Politicus Brasileirus …
    Esta espécie é um parasita de 1ª pois sómente alguns indíviduos podem parasitar milhões de vítimas, roubando-lhes a energia, a honestidade e principalmente, seu dinheiro !!!
    Abraços

  • jaci:

    josimar, que figura vc é! parabens.

  • Cla:

    E os tardígrados? Resistem a muito frio, muito calor, radiação, vácuo e podem ficar “inativos” por trocentos anos!

  • Rodrigo Renault:

    A D. radiodurans nunca foi testada de alguma forma, por extração de genes relacionados a esta tremenda resistência,para minimizar os efeitos maléficos de quem se submete a radioterapia,alguém saberia me responder?

  • Diego Willrich:

    Não me surpreenderia que organismos antepassados ao DEINOCOCCUS RADIODURANS tivessem chegado à terra em cometas ou meteoros…

  • Richard Fontana:

    O melhor artigo escrito nos últimos tempos pelo Hypescience.
    Parabéns.

  • JM:

    Muito interessante!! Será bom quando utilizarmos as propriedades de tais organismos….

  • Romildo:

    Muito legal conhecer esses organismos, será talvez que já existem alguns teste para que relacione a capacidade destes organismos com os seres humanos ou animais? Para a melhoria de vida?

  • Zé Afonso:

    É porque o pessoal da hypescience não sabe a vida que levo… senão me colocariam entre essas 7 formas mais resistentes de vida aê! Se bem que qualquer brasileiro honesto e trabalhador mereceria tal título! hehe

Deixe seu comentário!