Baixa umidade do ar auxilia a arqueologia

Por , em 31.08.2010

Sempre houve um mundo de reclamações sobre o tempo seco. Qualquer solzinho nos faz sufocar, quem tem problemas respiratórios enfrenta problemas, os olhos ardem… mas há um setor da ciência que sai no lucro quando a umidade do ar está baixa: a arqueologia. Centenas de novos campos arqueológicos são descobertos com este clima.

Pesquisas recentes mostram marcas feitas em plantações, que supostamente eram acampamentos romanos, da época em que o Império Romano dominava grande parte da Europa, incluindo a ilha britânica. As marcas foram deixadas em antigos campos de cevada, temporariamente improdutivos devido à aridez para o desenvolvimento dessa cultura.

Os arqueólogos envolvidos na descoberta acreditam que se trata de um acampamento móvel do antigo exército romano. Seria um cerco leve, construído como base de defesa para os soldados que partiam em manobras na região. A estimativa é que a descoberta data do primeiro século antes de Cristo, e é um dos quatro sítios arqueológicos descobertos até agora no sudoeste da Inglaterra. Assim, teria mais de 2.000 anos de idade, e seria uma fortificação da gestão do Imperador Júlio Cesar, época de vacas gordas para o Império Romano.

As condições de tempo seco, explicam os arqueólogos, também permitem com que sítios conhecidos possam ser fotografados com mais detalhes. Alguns santuários arqueológicos ingleses, que não eram observados desde uma grande seca que atingiram o país em 1976, voltaram a aparecer neste último verão. Ponto para a arqueologia. [BBC News]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

4 comentários

  • lol:

    os romanos conquistavam usando escravos militares aos montes, isso sim..

    • jodeja:

      Não só os romanos, mas também os europeus aqui nas Américas.

  • fernando fiori:

    É fantastico as noticias que vcs mandam pra mim,eu mando para os meus amigos tambem obrigado.

  • Cesar:

    Dizem que parte das vitórias dos romanos foi obtida apenas montando acampamento. Os soldados romanos faziam duas coisas em campanha: estradas e acampamentos fortificados. Quando os inimigos viam uma fortaleza levantar-se literalmente de um dia para o outro, acabavam se rendendo.

Deixe seu comentário!