Buraco negro da Via Láctea engolirá enorme nuvem espacial

Por , em 5.07.2012

20 anos observando o buraco negro no centro de nossa galáxia, e o astrofísico Stefan Gillessen, do Instituto Max Planck de Física Extraterrestre, em Munique, Alemanha, só viu duas estrelas se aproximando do buraco negro em Sagitário A* (“sagitário a-estrela”), e mesmo assim elas escaparam ilesas, mas parece que desta vez será diferente.

Nos sete anos que tem observado esta nuvem de gás, que é gigantesca, se aproximando do buraco negro, Stefan notou que a velocidade dela dobrou. A nuvem já começou a apresentar deformações causadas pelas forças de maré da imensa gravidade do buraco negro, que tem massa equivalente a quatro milhões de sóis.

O buraco negro parece que gosta de pratos italianos, por que a nuvem de gás vai ser espichada como um espaguete antes de ser devorada. Acredita-se que a nuvem aqueça e comece a brilhar na faixa dos raios-X, o que vai fazer com que ela seja visível da Terra.

O centro da nossa galáxia está escondido de nós nuvens de gás e poeira, o que faz com que só consigamos observar alguma coisa usando telescópios que trabalham na faixa do raio-X, rádio e infravermelho. Além deste problema, tem a própria natureza dos buracos negros: eles não deixam escapar nenhuma luz, então só podem ser observados indiretamente. Mais precisamente, pelo que “comem”: gases, poeira, asteroides, planetas e estrelas brilham na faixa do raio-X antes de serem devorados. Examinando os flashes de raio-X, os astrônomos são capazes de averiguar como anda a dieta do buraco negro, se ele está se alimentando bem ou se está passando fome, caso do buraco negro central da nossa galáxia.

Acredita-se que a nuvem se aproximará a uma distância de “apenas” 36 horas-luz de distância do buraco negro, cerca de 40 bilhões de quilômetros, no meio do ano de 2013, quando deve começar o “lanche”. E a nuvem parece que está com pressa: já está na velocidade de 8 milhões de km/h. Vai ser uma oportunidade fantástica para os astrônomos observarem o que acontece quando alguma coisa cai num buraco negro.[LiveScience]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

17 comentários

  • João André Ferla Carvalho:

    Teria alguma,possibilidade daqui alguns milhoes de anos,esse buraco negros se aproximar de nosso sistema?

  • Anselmo Alcântara Rebelo Neto:

    É muito difícil compreender fenômenos cujo a ciência que os estudam ainda não possuem bases ainda sólidas e altamente confiáveis, todos esses dados podem ser evidências de acontecimentos que os pesquisadores ainda não levaram em conta, devemos sempre lembrar que a física moderna é ditada por tendencias de pesquisa que direcionam a comunidade científica em uma só direção, e que as vezes são equivocadas, apesar de haver muitas críticas sobre essa ciência essencialmente teórica e intuitiva (e até mesmo abstrata), ainda não há um caminho consensual que realmente esteja próximo de uma verdadeira compreensão do universo, acredito que o faremos, mas quando ainda é uma incerteza.

  • Bryan Carvalho:

    Eu estou meio confuso se seria possível ver um buraco negro,poque se ele “come” até a luz como seria possível ver algo que não reflete a luz?

    • Cesar Grossmann:

      Dá para ver o brilho em raio-x da matéria que está para cair no horizonte de eventos do buraco negro. E tem também as emissões na faixa de frequência do rádio.

    • Anselmo Alcântara Rebelo Neto:

      Meu caro! Não é possível ver o buraco negro, só podemos observar o comportamento de corpos que o orbitam ou detectar radiações resultantes de partículas virtuais que surgem em pares, e um de seus componentes é sugado pelo buraco negro quando eles surgem no “vácuo” e o outro viaja pelo espaço ate ser detectado por sensores que o identificam como radiação proveniente de buraco negro, dessa forma é possível detectar um buraco negro.

  • Victoragmc:

    Fico a pensar se toda a matéria da Via Láctea, incluído nosso pequetito sistema solar, irá um dia parar dentro deste assombroso ralo espacial, tendo em vista que os braços da nossa galáxia apontam para o buraco negro existente em seu centro! Medo!!!

    Outro grande mistério é descobrir como a matéria se comporta dentro do buraco negro… na verdade, eu suspeito que a matéria seja totalmente aniquilada a tal ponto que só passará a exigir a gravidade, ou seja, a matéria é convertida em força, força gravitacional! A gravidade então passa a existir independentemente da matéria. Bem, matéria e gravidade são os dois lados da mesma moeda, mas eu acho que no fim, a última prevalecerá sobre a primeira. Bem é isso que eu penso. Mas ninguém até hoje conseguir dissecar a natureza gravidade e o que ela realmente é. Vivem repetindo que ela é uma força, mas ela é mais do que isso. Bem, vou parar por aí porque estou viajando muito na maionese hehehe

  • xXLUCASXx:

    tem certeza glauco, nao vi seu diploma de astrofisica. prove que nao tem buraco negro la.

    • Glauco Ramalho:

      Ih mano… já expliquei tanto isso que já deu. Vai no site do Prof. McCanney.

    • Cristiano Quintela:

      Cara, tu só vive de uma fonte que é esse Prof. McCanney. Isso é tipo uma seita religiosa?

    • Glauco Ramalho:

      É, é sim (sarcasmo).

    • xXLUCASXx:

      esse “você”, é referente ao Glauco.

  • John jones:

    devia ser aqui na terra

  • Glauco Ramalho:

    Não tem buraco negro lá. Equipamentos bons mas teorias erradas para interpretar as observações dá nisso…

    • Gargwlas Gargw Gargwlas:

      falar que nao tem é facil

      falar o que tem la tambem é facil (voce nem o fez)

      provar que é o dificil (aposto que nem capacidade tem pra isso)

  • Pedro Filho:

    Simplesmente fantastico!!!!!!!!.

  • Lucas Palma:

    O Buraco Negro do centro da via lactea está a muitos anos-luz daqui, será que isso já não aconteceu e nós estamos vendo agora, por que só agora a luz chegou aqui?

    • Cesar Grossmann:

      Sim, Lucas, esta nuvem foi devorada pelo buraco negro há coisa de 30.000 anos. Só que a informação deste evento só está chegando a nós agora. Além do mais, fica muito confuso colocar tudo no passado, quando estamos observando isto acontecer agora.

Deixe seu comentário!