Caçador ilegal que matou centenas de animais é condenado a assistir a Bambi repetidamente

Por , em 17.12.2018

O caçador sem licença David Berry Jr recebeu uma sentença bastante criativa do juiz Robert George, do estado de Missouri (EUA). Ele foi preso no último mês de agosto por matar centenas de veados durante vários anos para colecionar suas cabeças. Ele deixava os corpos apodrecendo na floresta.

Além de ser preso por um ano, ele vai ser obrigado a assistir à animação da Disney Bambi pelo menos uma vez por mês enquanto estiver na prisão. A primeira exibição do filme deve acontecer até o dia 23 de dezembro de 2018.

A animação de 1942 mostra animais selvagens aterrorizados por caçadores que invadem a floresta e que matam a mãe do veado Bambi.

A investigação que resultou nesta prisão levou meses para ser encerrada, e aconteceu em vários estados dos EUA.

Este é o maior caso de caça ilegal já registrado no estado de Missouri. O pai e o irmão de David também foram presos por caçar sem licença e sem seguir as normas do estado, segundo informações do jornal local Springfield News-Leader. Os três pagaram US$51 mil (R$198 mil) em multas e gastos do julgamento.

Além de passar um ano na prisão por caçar ilegalmente, ele também vai passar outros três meses atrás das grades por violar uma condicional anterior ao usar arma de fogo. David e seu pai também tiveram seus privilégios de caça revogados para sempre pela Comissão de Conservação de Missouri. [Huffingtonpost, BBC]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (17 votos, média: 4,65 de 5)

Deixe seu comentário!