Cientistas criam estranhos braços extras, parecidos com os do Dr. Octopus

Por , em 4.06.2014

Doutor Octopus? É você? Não. Ainda não.

Mas este projeto que está sendo desenvolvido no Instituto de Tecnologia de Massachusetts, nos Estados Unidos, quase chega lá. Segundo informações do laboratório D’arbeloff, onde os braços robóticos estão sendo desenvolvidos, a ideia surgiu para “auxiliar os usuários na realização de tarefas de manipulação em um ambiente de fabricação de aeronaves. Ao contrário de exoesqueletos convencionais, os Membros Robóticos Supranumerários (SRL, na sigla em inglês) atuam como terceiro e quarto braços e, portanto, aumentam o espaço de trabalho e as habilidades do ser humano”.

Legal, né? Só não tenha muitas esperanças a respeito de atirar carros para longe ou arrancar portas de cofres. Eles são bastante leves – têm em torno de 4,5 kg, portanto seus braços humanos são provavelmente mais fortes do que estes artificiais. Mas, pousados no alto de seus ombros, eles podem facilmente ultrapassar o alcance dos seus membros naturais, e são projetados para tarefas onde dois braços simplesmente não são suficientes.

O que torna esses braços robóticos realmente impressionantes é que eles são capazes de estudar e aprender a forma como o corpo se move e, em seguida, fazer previsões sobre como o usuário quer que eles ajudem. No vídeo, os braços apenas imitam os movimentos dos braços reais do usuário, mas, eventualmente, eles terão uma inteligência artificial – ainda que limitada – para vir em seu auxílio como seja necessário.

Se seus braços estão cheios de sacolas de supermercado, você não pode exatamente mostrar para seus novos braços como é que se faz para abrir a porta. Mas, depois de algumas viagens ao mercado – e provavelmente algumas sacolas caídas no chão – os braços vão aprender o padrão, e irão abrir automaticamente a maçaneta da porta quando você se aproximar da sua casa.

O mesmo vale para outras situações em que estes membros podem revelar-se inestimáveis. Se você precisa, por exemplo, parafusar um painel acima de você e segurá-lo ao mesmo tempo, um par de braços extras poderia “aprender” essa rotina.

Certamente, não é tão impressionante como um exoesqueleto que pode aumentar a força e as capacidades da pessoa que está usando, como no caso do doutor Otto Octavius, personagem dos quadrinhos do Homem-Aranha; mas é o que dá para fazer com a tecnologia que temos hoje. E com uma vantagem: estes braços não vão se apoderar do controle do seu cérebro e te transformar em um supervilão. Tomara. [Gizmodo]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

Deixe seu comentário!