Conheça a telefonia celular que não precisa de torres

Por , em 20.07.2010

O Serval é uma espécie de gato selvagem que habita as savanas da África Subsaariana. Devido à rapidez, este animal serviu de inspiração para o nome de um software que pode revolucionar a telefonia: o Sistema Serval. Desenvolvido por cientistas australianos, o software Serval consegue fornecer telefonia celular sem a necessidade de haver torres. Basta um roteador de Wireless que englobe a área em que os dois celulares se encontram (alguns países, como a Estônia e a Lituânia, já tem mais de 99% de sua extensão territorial coberta por Wi-fi), e que o software Serval esteja instalado em ambos, para que possam se comunicar.

A novidade, que tem previsão para entrar em operação dentro de 18 meses, deve facilitar muito a vida das telecomunicações, já que o contato por torres tem uma série de problemas, tais como custo de instalação (que se reflete no bolso do consumidor), vulnerabilidade a intempéries do clima, além de risco de acidentes de vários tipos. Sem contar que não é tão raro o sinal não pegar.

Os pesquisadores testaram o software no último dia 9, em um deserto remoto onde não há alcance das torres, afastado da área da cidade australiana de Adelaide. E obtiveram sucesso em fazer ligações com o Serval. Junto com o software, é instalado um dispositivo que permite ao usuário ter todos os contatos antigos, mesmo que as pessoas não tenham instalado o Serval. Assim, em caso de um desastre em que fique isolado e precise contatar alguém, o usuário tem ambas as opções, o Serval e a telefonia convencional.

Como o sistema ainda deve levar um ano e meio para começar a funcionar, os idealizadores prepararam uma carta na manga: torres em miniatura. Trata-se de torres que pesam apenas 10 quilos e têm boa eficácia. Podem ser transportadas facilmente para lugares que sofreram grandes catástrofes naturais, tais como terremotos e furacões, em que as linhas telefônicas foram inutilizadas. Com as mini-torres, seria muito mais fácil para conseguir uma ligação, por exemplo, no Haiti devastado pelo terremoto no início deste ano. [Live Science]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

6 comentários

  • Wesley Xavier:

    Conheça?
    Tu quis dizer, quem não conhece de computação e seus programas comuns, como o famoso Skype.
    Ou existe outra explicação?
    Para mim isso tem cara de marketing capitalista, mas não colou.
    Usar Wi-fi e Skype faz o mesmo, sem cobrar entre usuários Skype.

  • gargwlas:

    nao entendi muito bem o mecanismo da tecnologia… para funcionar como dizem ter funcionado faltou muitos detalhes ser esclarecidos

  • Lucas:

    Meu Motorola Dext com sistema Android tem Skype e MSN, ambos fazem isso VOZ sobre IP (VoIP).

    Skype ainda tem a vantagem de ligar para um telefone convencional fora do WiFi.

    O que falta nas operadoras é vergonha na cara e liberarem logo os aparelhos para um sistema operacional que de liberadade ao Usuário (Dono do aparelho) instalar ou remover programas…

  • Max:

    Senhores,
    solicito por gentileza reverem o posicionamento dos anúcios no texto de suas apresentações. Os anúcncios tem se sobrepostos a mensagem dificultando a leitura de seus textos.
    Max

  • Yassu:

    Por acaso essa tecnologia não se chama voz sobre ip, ou voip? Meu celular disponibiliza fazer chamadas onde se tem wifi…

  • hatch:

    “Basta um roteador de Wireless que englobe a área em que os dois celulares se encontram”

    Um roteador (ou um conjunto deles) com a mesma área de cobertura de uma antena? Será que o preço disso ainda é menor que o da instalação de uma antena?

Deixe seu comentário!