Conheça Stanley, o adulto que se comporta como se fosse um bebê

Por , em 5.05.2011

Tudo bem que a infância é uma fase gostosa da vida e que, de vez em quando, bate uma vontade de voltar a ser criança e brincar o dia todo sem as responsalibidades e os problemas da vida de adulto. Um homem nos Estados Unidos, porém, leva essa ideia longe demais.

Quando Stanley, 29 anos, chega em casa de um árduo dia de trabalho, ele só quer relaxar com sua mamadeira cheia de leite, uma chupeta e talvez brincar com blocos de Lego. Como um “bebê adulto”, o homem da Califórnia gosta de fingir que ele tem um ano de idade e de ser cuidado pela sua companheira de quarto, uma ex-enfermeira.

A condição de Stanley é chamada de “infantalismo”  e, embora para muitos pode ser um tipo de fetiche sexual, esse não é o caso de Stanley, ele garante.

“Eu faço isso para relaxar mesmo. Chego em casa do trabalho e mudo meu cérebro para o “modo bebê”. Assim, eu posso deixar todas as coisas de adulto de lado, tudo fica em modo suspenso”, explica Stanley, que vem tendo esse comportamento desde os 14 anos de idade.

Na noite do dia 5 de maio, Stanley será apresentado pelo programa “Tabu”, do canal National Geographic nos Estados Unidos, em que terá de mostrar todos os acessórios gigantes de bebê que ele construiu para ele mesmo, incluindo um berço do tamanho de uma cama convencional e um cercadinho de tamanho normal que ele reforçou para ser capaz para suportar seus 160 quilos. Ele também espera construir uma cadeira de bebê gigante, um projeto no qual ele já está pensando há um ano e meio.

Ele diz que faz isso “apenas para conseguir, amor, carinho e segurança” que perdemos quando deixamos a nossa infância. Porém, seu comportamento de bebê fica em casa, já que ele muda para o “modo adulto” toda vez que tem de deixar sua casa. “Algumas pessoas aceitam numa boa enquanto outros ficam automaticamente com raiva. Muitos pensam, erroneamente, que eu sou um pedófilo”, conta Stanley. [BodyOddMSN]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 5,00 de 5)

31 comentários

  • jader pereira:

    a vida dele ele faz o que quizer dada

  • Gui Melo:

    Pow, o cara trabalha, faz suas obrigações, cada um relaxa da forma que quiser né, depois dum dia de trabalho eu jogo video game xD

  • JS:

    como dizem os ‘iluminados’, ele está ‘involuindo’!

    • Bebê:

      Os que se dizem iluminados é que estão involuindo com a arrogancia, soberba e pensamentos retrogrados.
      Quanto ao casal eles são felizes assim e não estão fazendo mal nenhum praticando a fantasia que faz parte da natureza humana. Pesquise sobre Infantilismo. Agola vou tomar minha mamadeira e tilar uma xoneca rsrsrs

  • Lucrécia Bórgia:

    A vida é dele,então ele faz dela o que quiser…….

    • Bebê:

      Concerteza e eu também sou um Bebê grandinho e sou feliz assim também. A pior coisa que existe é o preconceito. Abraxo do Bebê pra voxe também e tudo de bom.

  • Alexandre Schneider:

    REPITO: falta de laco quando era pequeno!

    • Bebê:

      Laço é pra cordão de sapato rsrs.

  • someone:

    Ainda dizem que não há malucos,não os procuram se não não dizima que não há.Esse homem tem um comportamento bizarro mesmo acho que ele devia ser acompanhado por um terapeuta ele pode estar a prejudicar-se a ele próprio e digo isto baseando-me nos meus conhecimentos de psicologia e sociologia e acho que deve ter falhado alguma coisa no processo de socialização primária dele.

  • Mário Victor:

    Tem gente chingando esse cara.
    Bem,c v6 tivessem uma doença que nem ele,iam gostar de serem chingados?
    Tudo de bem que é estranho,mas um pouco de respeito não mata.

    Gostariam de ver uma pessoa apontando e rindo da sua cara,depois de vc ter um derrame?

  • leonardo:

    Prefiro coca na mamadeira.

  • gay:

    ele e um bebe grande e dai

  • Vitoria:

    Eu axo esse cara um IDIOTA !

  • TrueLogic:

    Todo mundo no trabalho deve zoar ele.

  • Gustavo:

    Freud ia curti essa cena…

  • paty:

    Terapia seria uma boa hein…

    • Julia:

      a terapia só é necessária quando algo impede que uma pessoa (ou pessoas relacionadas) viva sua vida de forma saudável,o que não parece ser o caso de Stanley,já que ele não incomoda ninguém com essa sua forma de relaxar e nem deixa de se relacionar com outras pessoas de forma normal
      ele deve ser bem mais feliz que a maioria de nós 🙂
      e digo isso pq estudo psicologia e já estou familiarizada com casos que precisam de terapia

  • DEMOLIDOR ALVIVERDE:

    bem legal melhor que ficar no bar bebendo cachaça e chegar chapado no barraco e bater na mulher
    parabens menininho rsrs guti guti gutiiii!!!!!!

  • alx:

    Tambem axo q cada um deve cuidar de sua propria vida. Se o caso dele for algum tipo de doença ou transtorno cerebral deve ser tratado pq nesse caso sofre ele e a enfermeira q cuida dele,agora se não for,paciencia problema dele pra la rss.

  • Andrew:

    Por que tão incomodados com isso? A vida é do cara e se ele se sente bem fingindo ser um bebê que mal tem nisso? Ele é louco? Falta de laço quando era pequeno? Mandar o gordo e se fuder? Merecendo palmadas no bumbum?

    Não existe louco, apenas intolerancia e preconceito por quem não se enquadra no modelo perfeito de sociedade a qual somos condicionados.

    – Modo Sermão Off –

    Que frescura, e ainda tem alguem que cuida dele! ahaha

  • Marcus:

    AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHHHHHAHAHAHAHAHAHHAAHAHHAHAHAAHHAHAHAHAHAHAHAHAHAH, tá gordo esse bebê

  • Raton:

    Doido111

  • Marte:

    Esse bebê tá merecendo umas palmadas no bumbum!!!

    – Ai, ai, ai! Bebê feio! Vou dedar você pro Papai Noel!

  • Alexandre S.:

    Falta de laco quando era “pequeno“!

  • big bang:

    Não queria voltar a se bebê não, se pudesse mudar a chave pra modo 8 ou 9 anos ja tava bom, brincar com os brinquedos q existem hoje deve ser muito divertido! O maximo q posso fazer na minha idade e não parecer ridiculo e colecionar miniaturas de carros dizendo q são enfeites!

  • Cesar:

    ~~’ .. grande idiota

  • volnutt333:

    que tal voce mudar para o modo SE-LIGA SEU RIDICULO!!

  • lliwill:

    Cada coisa q aparece.. mais pensando pelo lado bom pelo menos ele nao ta fazendo nada de ruim pra ninguem.. entao problema é dele

  • Débora:

    Essa é boa…

  • Nanda:

    interessante a razão pela qual ele entra em estado de bebê 🙂 pena que eu não consigo fazer isso, fico até sem dormir preocupada com algumas obrigações de gente grande…

    • Bebê:

      Eu também sou um bebê grandinho e meu apelido é Bebê e sou feliz assim, uso fraldas, chupo chupeta e tomo mamadeira todos os dias e dai ? tenho bodybaby e macacãozinho com botões de pressão no meu tamanho de bebê rsrs. Existe até comunidades no orkut de adultos bebês, isso chama infantilismo ou adult baby. abraxo a todos. Agola vou trocar minha fralda viu rsrsrs

Deixe seu comentário!