Curiosity dispara seu laser contra Marte

Por , em 25.10.2012

O laser da sonda Curiosity pode não ser uma arma mortal, mas é poderosa o suficiente para vaporizar rochas. Recentemente, o aparelho foi usado para estudar o solo marciano.

À primeira vista, o resultado não é muito impressionante (um buraco com 3 milímetros de largura), mas uma análise cuidadosa pode revelar informações de grande importância para os cientistas. Ao ser atingido pelo laser, a amostra esquenta tanto que começa a brilhar. A cor do brilho depende do material – e, ao analisá-la, os pesquisadores conseguem descobrir do que é feita a amostra.

O solo escolhido como “vítima” do laser é composto por grãos de areia de materiais diversos, e a análise por meio do laser pode facilitar o processo. Durante os próximos dois anos, a Curiosity ainda vai vaporizar muitos materiais em Marte (e nos ajudar a conhecer melhor a história e a geologia do planeta).[Discovery Magazine]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

2 comentários

  • Andre Luis:

    Muito engenhosa esta sonda. Consegue fazer as analises das amostras em Marte mesmo e nos enviar as informações. Será que há 100 anos atrás alguém já teve esta ideia? Seria muito legal ver um astrônomo de 200 ou 300 anos atrás deslumbrado com a tecnologia contemporânea!

  • Murilo Mazzolo:

    Legal!!
    E qual será o próximo passo da sonda em Marte? Digo, qual os próximos testes, apetrechos e aparelhos de laboratório falta ainda para ser usado nessa “investigação”??

Deixe seu comentário!