Este sistema de som é tão poderoso que nenhum ser humano poderia sobreviver a ouvi-lo

Por , em 2.02.2014

Trema diante da visão deste enorme chifre sonoro dentro do Grande Mecanismo Acústico Europeu (LEAF, sigla em inglês para Large European Acoustic Facility). É um dispositivo construído dentro da Agência Espacial Europeia (AEE) que sujeita satélites aos mesmos níveis de ruído produzidos por foguetes quando eles decolam e voam através da atmosfera.

Localizado em Noordwijk, nos Países Baixos, e parte do Centro de Testes ESTEDC da AEE, o equipamento é uma das várias instalações de simulação de voo espacial.

Uma das paredes da câmara de som, que tem 11 metros de largura por 9 metros de profundidade e 16,4 metros de altura, está equipada com um conjunto de enormes chifres de som. O nitrogênio que é lançado pelos chifres pode produzir uma série de ruídos que chegam a alcançar mais 154 decibéis – mais alto que vários jatos decolando.

Para garantir a segurança, o LEAF só funciona quando todas as portas estão fechadas. O quarto tem paredes de concreto reforçado com aço para conter o ruído. As paredes também são revestidas com uma resina epóxi para refletir o ruído, produzindo um campo sonoro uniforme no interior da câmara. [io9, AEE]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (3 votos, média: 3,67 de 5)

3 comentários

  • Franklin Nascimento:

    Geralmente as matérias possuem apenas uma foto logo no início. Não sei se é intencional, mas sinto falta de mais fotos nos artigos. Uma crítica construtiva 😉

  • Patrick Kuro:

    O que acontece com o corpo de uma pessoa se for exposta a isso?

    • Cristiano Hahn:

      Provavelmente destruir os pulmões devido a vibração!

Deixe seu comentário!