Estudantes ligam para Estação Espacial Internacional com “telefone” feito a mão

Por , em 4.02.2009

Em Toronto, no Canadá, quatro estudantes da Faculdade Humber conseguiram entrar em contato com a tripulação da Estação Espacial Internacional usando um transmissor de ondas de rádio feito a mão. Eles desenharam o projeto e o construíram sozinhos.

De acordo com os registros oficiais do sistema educacional, nenhum estudante do ensino superior havia conseguido um feito desses sem ajuda. Os “inventores” queriam colocar em prática o que aprenderam em uma aula de comunicação via rádio e, desde o ano passado, investem no projeto.

Na última segunda feira, depois de pequenos consertos de última hora e muita ansiosidade, os canadenses enviaram seu sinal para a estação espacial. Não receberam resposta para a primeira tentativa. Depois de enviarem o sinal pela segunda vez e ouvirem um pouco de estática, a astronauta Sandra Magnus respondeu.

Os estudantes tiveram uma conversa de dez minutos com a tripulante da estação espacial e bombardearam a astronauta com perguntas técnicas.

A “operação primeiro-contato” é o trabalho de conclusão de curso dos canadenses Gino Cunti, Paul Je, Patrick Neelin e Kevin Luong. Quando foi perguntado a Neelin como ele se sentia com o sucesso do projeto ele desabafou: “estou muito feliz e muito, muito, muito aliviado. Acho que dormi apenas uma hora na noite anterior, pensando em todo o processo que fizemos, se tudo daria certo…”

O reitor da Faculdade Humber diz que está muito orgulhoso de seus alunos, afirmando que eles estão muito à frente de outros estudantes com o mesmo grau de instrução. [The Globe and Mail]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 4,50 de 5)

2 comentários

  • felipe:

    o máximo q um estudante brasileiro consegue fazer é um transmissor tosco pra fazer uma rádio pirata na vizinhança :p

    • Rudolf:

      No primeiro semestre da faculdade desenvolvi e montei meu primeiro computador (com Z80) e um amigo fazia rádios e costumava conversar com pessoas até da Russia.

      Vai da iniciativa de cada um…

Deixe seu comentário!