Antimatéria: físicos conseguem capturar amostra por 16 minutos

Cientistas fizeram um grande progresso na busca incessante pela antimatéria, um tipo de matéria rara no universo: eles conseguiram “prendê-la” por mais de 16 minutos em laboratório, tempo considerado uma eternidade na física de partículas.

O que é antimatéria?

A antimatéria é como uma imagem espelhada da matéria. Para cada partícula de matéria (um átomo de hidrogênio, por exemplo), existe uma partícula de antimatéria correspondente (nesse caso, um átomo anti-hidrogênio) com a mesma massa, mas com carga oposta.

Na verdade, os cientistas disseram que aprisionar átomos de anti-hidrogênio, ou seja, isolar as tais partículas exóticas, se tornou tão rotineiro que eles esperam em breve começar experiências com a substância rara.

“Pegar” a antimatéria é difícil, porque quando ela entra em contato com a matéria, as duas se aniquilam. Assim, um recipiente de antimatéria não pode ser feito de matéria normal, mas geralmente é formado por campos magnéticos.

No novo estudo, os pesquisadores capturaram anti-hidrogênio através da mistura de antiprótons com pósitrons (antielétrons) em uma câmara de vácuo, onde se combinaram em átomos anti-hidrogênio.

Todo o processo ocorreu dentro de uma “garrafa” magnética que tira proveito das propriedades magnéticas dos antiátomos para mantê-los estáveis. Uma garrafa normal, feita de matéria comum, não seria capaz de segurar a antimatéria, porque quando os dois tipos de matéria se encontram, elas se aniquilam.

Depois que os pesquisadores “prenderam” a antimatéria na garrafa magnética, puderam detectar os antiátomos presos através do desligamento do campo magnético, permitindo que as partículas se aniquilassem com a matéria normal, o que cria um flash de luz.

A equipe já conseguiu captar 112 antiátomos nessa nova armadilha, em tempos que variam de um quinto de segundo a mil segundos, ou 16 minutos e 40 segundos. Até hoje, desde o início do projeto, os cientistas capturaram 309 átomos anti-hidrogênio em várias armadilhas.

A esperança dos pesquisadores é que, até 2012, eles tenham uma nova armadilha com acesso a laser para permitir experimentos de espectroscopia nos antiátomos, fornecendo mais informações sobre as propriedades da antimatéria.

Dessa forma, eles estariam mais perto de responder uma questão que tem afligido os físicos: por que há apenas matéria comum em nosso universo?

Os cientistas acreditam que a matéria e a antimatéria foram produzidas em quantidades iguais durante o Big Bang que criou o universo, há 13,6 bilhões anos. No entanto, hoje não há nenhuma evidência de galáxias ou nuvens de antimatéria, e ela é vista raramente e por períodos curtos, por exemplo, durante alguns tipos de decaimento radioativo antes de se aniquilar em uma colisão com matéria normal.[LiveScience]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 5,00 de 5)
Curta no Facebook:

138 respostas para “Antimatéria: físicos conseguem capturar amostra por 16 minutos”

  1. Tainá Fragoso / 21.12.2012
    Gostei de seu comentário, como de vários outros. Não sou adepto do big bang. Não me formei em astronomia porque me recusei a aceitar esta teoria e não ia estudar uma besteira destas. Como existia uma oferta muito boa de trabalho, na minha época em outro ramo, esqueci a astronomia. Agora depois de muito bem aposentado, resolvi estudar cosmologia por conta própria, a mais de 6 anos. Para ser mais sintético sugiro que leiam o blog “Olhando o Universo”. Lá esta meus pensamentos a respeito de matéria e energia escura, matéria e antimatéria e muitos outros mistérios do universo. Aparentemente consegui desvendar vários mistérios.

    • Muito bom o seu blog, muitas das coisas que você escreveu realmente merecem maiores explicações, assim como você, penso que algumas teorias não fazem sentido e ainda nos fazem perder tempo. No meu caso é a teoria de que há uma partícula para causar a gravidade ( o gráviton). Para mim a gravidade é um fenômeno natural totalmente físico que usa simples leis da mecânica para funcionar. Posso dar os detalhes mais tarde.

  2. Toda vez que tentam provar alguma coisa vem alguém e coloca política ou religião no meio para tentar entender o que se passa ou pode acontecer, nossa quanta informação legal de física e química, se pudéssemos entender tudo seria perfeito e na perfeição tudo perde a graça, pois nada é diferente e o tempo não passa.

  3. Dan Brown dá um bom exemplo sobre o uso da antimatéria no seu livro Anjos e Demônios, acredito eu que este é o exemplo mais significativo que os governos vão querer utilizar. Interessados procurem no livro. Um abraço.

  4. Hum! Vejamos, matéria e antimatéria unidas se anulam e criam fótom. Então estamos nos movendo em meio a luz, pois em verdade nós não conseguimos ainda manter a antimatéria em grandes proporções ( nós não conseguimos isso; ainda ), mas ela existe, pelo visto, na mesma proporção da matéria. Enfim, essas coisas me levam a pensar a respeito das questões dos mundos paralelos, reflexos do conhecido ( matéria ) em outra dimensão ( antimatéria ). Putz, muito putz mesmo a física. Por hora deixo de divagar. Espero que a ciência continue a nos trazer sempre novas perguntas. Seria tão chato viver muito tempo somente olhando o óbvio.

    • Vi em uma Seriado (no Brasil se chama Atraves do Buraco de Minhoca, apresentado por Morgan Freeman)

      que de acordo com os testes com uma particula chamada meson e sua contraria, chamada antimeson, as 2 sua são inversamente identicas, porem a antimeson tende a ter um tempo de decaimento mais rapido, teorizam que pode ter sido isso que acontecem com toda a materia e anti-materia… a anti materia decai mais rapido.

  5. Já que todos deram sua opinião, vou dar a minha: Matéria e antimatéria surgiram em partes iguais por ocasião do big bang. Se aconteceu o big bang, foi isto que aconteceu e teria havido uma destruição total, não sobrando nada para contar a história. Simplesmente não existiria universo e nós não estariamos aqui. Será que os cientistas não perceberam este paradóxo. Se estamos aqui é porque não aconteceu o big bang. Veja como tudo começou lendo o blog: “Olhando o Universo”.

    • Amigo, não seria bem assim! Não existe uma Teoria fundamentada a respeito do BIG-BANG, porém para que possamos entender melhor sobre o assunto, precisamos ter a mente aberta e ler muito a respeito de fractais, Teoria da Cordas, Teoria M, surgimento de Multi-Universo, existencia de Buracos Negros no Hiperespaço, saber um pouquinho de química, pois além dos elétrons, prótons e néutrons, existem os múons, os bários, os léptons, os neutrinos aos quais recentemente os cientistas conseguiram superar a velocidade da luz utilizando o Grande Colisor de Hádrons. Você sabia que a Teoria da Relatividade Geral ( Albert Einsten ), somente foi possivel pois ele teve a sensibilidade de perceber que vivemos num espaço de 11 dimensões? E que isso foi conseguido graças á matemática de Bernhard Riemann ( hipótese de Riemann para curvas sobre corpos finitos ), pois a matemática Euclidiana, não prevê esse tipo de acontecimento?
      Sejamos paciente e aguardademos novos experimentos e resultados!!

    • meu caro,a energia da matéria e da antimatéria não seria possível já que uma aniquila a outra,estou certa?

    • Sim!, porém em física quântica como tudo é relativo, pense da seguinte forma: uma energia (antimatéria), totalmente limpa e renovável, sendo devidamente utilizada em uso pacífico, para gerar tudo ao qual conhecemos no nosso dia-a-dia, desde combustível para mover nossos carros, aviões, etc, bem como na subistituição de usina hidrelétrica, eólica, carvoeira, sem denegrir a natureza. Porém, como a humanidade ainda continua no caminho da evolução, como certeza, seria muito utilizar para aniquilar tropas inimigas. !!

    • uma nave a base de antimatéria seria aniquilada automaticamente se não tivesse a mesma estrutura das “armadilhas” dos físicos devido a existencia de matéria na estrutura dessa nave,correto?

    • Sim! Com certeza, os físicos, vão conseguir desenvolver uma forma de realizar um encapsulamento da anti-matéria, assim como utilizamos na layer (camada) 3 e 4 ( redes e transportes) para enviar uma certa informações de um PC remetente para o destinatário, utilizando os recursos da camada OSI.

    • enfim.. só desmereceu quem mericia algum aplauso e nao adicinou conhecimento nenhum ao post

      quando criticar tem q dar a solução…. essa é a diferencia do criticar e do falar mal (ou trollar)

  6. Bom, sou Leigo no assunto, mais a anti-matéria, para gerar a tal energia, não se alimentaria da matéria em si, do qual tudo é formado inclusive nós , o planeta e tudo o resto, e o universo, até onde eu sei, só existe porque no big-bem , a quantidade de matéria era superior a da anti-matéria.
    Quando os cientistas vão aprender a fazer algo que não consuma outra coisa para fazer energia.Até parece a velha história do petróleo mais só com personagens diferentes.Agora será ao invés de monóxido de carbono, vai ser buraco negro , essa é boa rsrsrsrs.

    • Não temos “Energia Potencial” disponivel o suficiente para criarmos antimateria. O petróleo p.ex possui energia quimica agregada (além de energia intrinseca, leia mais abaixo*)… Também não é como a energia por fusão e fissão, que basta agregar uma quantidade suficiente de energ., e em condições adequadas, para que ela “aflore” em quantidades maiores que as fornecidas.
      Como não temos a antimateria teriamos que produzí-la, e para tal, seja qual for o meio, gastaríamos X em energia para produzir 1/2XA + 1/2XB (metade de cada tipo), sendo A=materia e B=antimateria. E claro que ao juntar isso produziria o mesmo X de energ. acima mencionado (semelhante a produzir Hidrogenio e Oxigenio para foguetes, onde gastamos N energia para armazená-los, e posteriormente será consumida na mesma prorpoção N para queimar (corrijam-me se estiver errado, química ñ é minha área)).
      *É bom deixar claro, o que normalmente não se sabe, é que a própria materia (massa), e tudo que conhecemos que pesa na balança ou que tenha inércia, é uma forma de energia intrinseca, que só há pouco anos estamos usufruindo na forma conhecida por fusão. Embora a maior parte da energia por fusão seja gerada pelas forças no interior dos nucleons, e portanto ainda não é uma transformação, efetivamente considerável, de materia em energia; mas o peso total do resultado de uma fusão será menor do que o peso medido anteriormente… … …
      Ainda creio que uma computação mais avançada do que a atual poderá simular melhor o que aconteceu no BigBang, mas é bem aceito (como já dito aqui no forum) que no inicio haviam a mesma quantidade de Mat. e Antima. e nós somos o “pouquinho que sobrou” e o outro “Pouquinho” pode estar em outro “lugar”, detalhes lamento ñ saber, mas a NASA já lançou um satelite para tentar detectar alguma coisa. Nos resta esperar mais avanços.

  7. Acho que a teoria do Daniel Souza abaixo, é ridícula. Desde quando a “reação de 1 kg de antimatéria com 1 kg de matéria produziria 1.8×1017 J de energia ( segundo a equação E=mc² )”?????

    Amigo, você não faz idéia do que está argumentando…é por isso que o país está como está, é isso que ensinam nas escolas???

    Acho que esse site deveria selecionar melhor quem deve e quem não deve comentar nas suas páginas, para que possamos ler comentários com real conteúdo. Aliás, esse site já foi melhor frequentado.

    • ta, vc falou e falou.. mas e ae se nao é como o daniel disse, é quanto então?

    • Por favor senhores, mais calma nos debates. Estamos discutindo, e trocando idéias, e assim poder aprender/esclarecer mais os nossos próprios conhecimentos.
      Eu como ‘físico frustrado’ (ñ acadêmico, e muito longe disso) lembro bem quando li e anotei em 1994 sobre a aniquilação da antimateria com a materia.
      No exemplo, a reação de um elétron com um pósitron resultam em 2 fótons com a a energia equivalente a massa do elétron e seu conterraneo pósitron (podendo haver acrescimo caso haja energia cinética relevante), a equivalencia era prevista pela equação E=mc^2.
      Portanto creio que a resposta seja: “Desde de quando Albert Einstein desenvolveu a teoria da Relatividade Geral em 1915”.
      E=(1+1)x(3E8)^2 … E=1,8E17_J. Uso ‘E’ como ‘notação cientifica’, mas dá pra escrever também E=1,8×10^17_J uso ‘^’ como elevação, por motivos óbvios.
      Esteja a vontade caso queira deixar uma réplica, e dar-nos (nós 3) um xeque mate.

    • O mundo é formado de idéias divergentes e por isso temos o livre arbítrio para esplaná-las. Às vezes, uma Teoria insignificante, pode ser o início de uma grande pesquisa, nunca esqueçam que tudo ou quase tudo que utilizamos em nosso dia-a-dia, foi descoberto por acaso. Lembram do xarope que hoje tomamos todos os dias em nossas refeições (Coca-Cola)? E o Dumpont que estava tentando inventar uma borracha sintética e sem querer descobriu a meia de naylon. Sejamos mais humildes em nossas opiniões e/ou debates e todas as idéias, formulas, calculos devem ser bem aceitas, senão pelo menos respeitadas.
      Ícaro, tentou alcançar o céus com suas asas de ceras e hoje temos o avião, graças a alberto Santos Dumont! Alguém duvida disso?

  8. Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz.
    Onde houver ódio, que eu leve o amor,
    Onde houver ofensa , que eu leve o perdão,
    Onde houver discórdia, que eu leve a união,
    Onde houver dúvida, que eu leve a fé,
    Onde houver erro, que eu leve a verdade,
    Onde houver desespero, que eu leve a esperança,
    Onde houver tristeza, que eu leve a alegria,
    Onde houver trevas, que eu leve a luz.

    Ó Mestre, fazei que eu procure mais ( São Francisco de Assis )
    consolar que ser consolado;
    compreender que ser compreendido,
    amar, que ser amado.
    Pois é dando que se recebe
    é perdoando que se é perdoado
    e é morrendo que se nasce para a vida eterna…

  9. TUDO ISSO PRA NADA.
    As colisões entre matéria e antimatéria convertem toda a massa possível das partículas em energia. Esta quantidade é muito maior que a energia química ou mesmo a energia nuclear que se podem obter atualmente através de reações químicas ou fissão nuclear. A reação de 1 kg de antimatéria com 1 kg de matéria produziria 1.8×1017 J de energia ( segundo a equação E=mc² ). Em contraste, queimar 1 kg de petróleo produziria 4.2×107 J, e a fusão nuclear de 1 kg de hidrogênio produziria 2.6×1015 J.
    A escassez de antimatéria significa que não existe uma disponibilidade imediata para ser usada como combustível. Gerar somente um antipróton é imensamente difícil e requer aceleradores de partículas, assim como imensas quantidades de energia (muito maior do que a obtida pelo aniquilamento do antipróton), devido a ineficiência do processo.

    • ok.. mas tudo tem que ter um começo.

      “processos” de todos os tipos e finalidades veem sendo aprimorado durante os seculos.

    • Muito bom este micro tópico, o Daniel demonstra a comparação entre os tipos…. Vejamos que existe uma diferença de 70x apenas entre a energia produzida pela aniquilação de “materia anti-matéria” e a produzida pela Fusão do Hidrogênio.
      A primeira é praticamente impossível de criar em “larga” escala. Ainda impraticável tecnologicamente, e um ponto a refletir: De onde retiraremos energia para usá-la na mesma proporção da criação da antimateria? O seu uso não se sustenta.
      Já a segunda opção geraria muito mais energia que a da própria fissão, e na maior parte de seus resíduos de sua sóbras, teríamos Hélio.
      E tecnicamente falando, é muito melhor lidar com plasma do que com antimatéria! Já existem reatores esperimentais por Fusão Nuclear.
      E por fim, é muito mais fácil encontrar o Hidrogenio (Deuterio, D) como combustível, já que o mesmo se encontra na água na taxa de 0,015% a 0,028% , incluve no mar!!! Queremos coisa melhor? Um oceano a gastar gota a gota!
      Os governos deveriam dar mais importância a geração por Fusão.
      “Processos” como disse “gargwlas”.
      Creio que, embora sejam necessários altos gastos em investimentos, mas o retorno viria como solução definitiva. Pelo menos por alguns bons séculos onde então poderiamos começar a passar para uma civilização tipo I, segundo Físico Teorico Japones ‘Michio Kaku’.
      Aliás uma interessante leitura: http://www.jornalinfinito.com.br/series.asp?cod=102

  10. Importante a pesquisa para responder por que há somente matéria comum no Universo, mas meu senso comum e não cientifico já respondeu: ora, se matéria e anti-matéria se aniquilam, elas não poderiam coexistir na mesma quantidade, ou a matéria comum ( ou seja, tudo que conhecemos ) não existiria!!!!!!!!!!

    • é justamente essa a idéia o pq do nosso universo n ter se aniquilado…é mais ou menos como os buracos brancos matematicamente eles existem mas n foi provado existirem ainda…a anti-materia matematicamente começou com a mesma quantidade que a materia comum mas de alguma forma ela sumiu com o passar do tempo após o big bang a idéia é responder se isso realmente ocorreu e como.

  11. Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz.
    Onde houver ódio, que eu leve o amor,
    Onde houver ofensa , que eu leve o perdão,
    Onde houver discórdia, que eu leve a união,
    Onde houver dúvida, que eu leve a fé,
    Onde houver erro, que eu leve a verdade,
    Onde houver desespero, que eu leve a esperança,
    Onde houver tristeza, que eu leve a alegria,
    Onde houver trevas, que eu leve a luz.

    Ó Mestre, fazei que eu procure mais
    consolar que ser consolado;
    compreender que ser compreendido,
    amar, que ser amado.
    Pois é dando que se recebe
    é perdoando que se é perdoado
    e é morrendo que se nasce para a vida eterna…(São Francisco de Assis).

    Tem pessoas que estudam tanto e não sabem o significado dessas simples palavras. Prove a teoria das cordas, do Big Ban, da evolução, esplique o que é o EU o que é a
    existência( pobre Hegel )mas de nada vale se parar por aí e achar que se chegou ao fim .

  12. João Luiz Brum
    Pelos seus comentários percebo que você sabe das coisas.
    Se os que se dizem cristãos se dignassem a ler pelo menos o BhagavaGhita, já que a totalidade dos Vedas é quase impossível, poderiam ter uma visão melhor do próprio Cristianismo, pois os hindus conhecem a Bíblia bem melhor que os cristãos.
    Todavia, essa estória de anti-matéria é complicada para nós leigos. Fico perplexo com a afirmação de que a anti-matéria quando se choca com a matéria, ambas se aniquilam, e pergunto.
    Porque os cientistas estão tão interessados na anti-matéria?
    Será que querem aniquilar toda a matéria?

  13. Para essa matéria ficar completa, só faltou dizer que, na equipe de cientistas que conseguiu essa “proeza” de capturar antimatéria por 16 minutos, há um brasileiro!

    O físico cearense Cláudio Lenz Cesar, professor da UFRJ, faz parte do ALPHA Collaboration Team do CERN, responsável pela pesquisa em questão.

    • É isso aí Armando. Parabéns ao Dr. Lenz qe deve ter se dedicado a vida inteira aos estudos para ter suporte intelectual que o permitiu participar de uma pesquisa de ponta, tavez a mais moderna e revolucionária nesse momento da nossa civilização. Vamos estudar mais, pessoal!

  14. Ocorre que os religiosos que opinam são, na maioria, cristãos e parecem ignorar que o cristianismo nem é a maior e nem a mais antiga religião do mundo. Então devem, por exemplo, ler os VEDAS, dos hindus, também criacionistas, contudo com mais informação científica. Por exemplo: A teoria do “Big Bang” é ali referida como um dos ciclos da respiração de Brahma, mais precisamente a expiração de Brahma. O ciclo seguinte (milhões de milhões de anos) é a inspiração de Brahma, muito semelhante à moderna teoria do “Big Crunch”, que, aceitando o “big bang”, afirma que os vetores envolvidos na expansão do Universo esgotarão sua força e chegarão a um momento zero, quando toda a criação voltará ao único ponto de onde partiu.

  15. Com tantas teorias , tantos séculos de estudos, a humanidade já poderia estar bastante avançadas! a ciência deveria ser tratado de forma mais popular, ao invés de discussões para quem vai jogar na próxima rodada do futebol brasileiro… pegar e converssar sobre antimatéria, física, ciencias em geral, olha que progresso, que cultura boa, isso é desenvolvimento da humanidade, isto é progresso de uma nação mais forte!

    • anti picanha nao…

      anti gordura.. ae sim =D

      era só toma um chazinho de antimateria pra gordura e tudo certo =D

  16. sempre sera assim mesmo
    quando eles pensa que estao certo do que o mundo foi feito eles acham o erro deles tornando isso como um ciclo de erros q nunca sera compreendido pelo um ser humano
    por exemplo eles tava errado sobre alguns etudos q foi publicado sobre esta maquina

  17. Bom,sobre o fato de antimatéria se aniquilar quando se choca com matéria é fato, e que exista antimatéria no universo na mesma quantia que matéria talvez, mais uma coisa é certa se aperfeiçoarmos a forma de utilização da antimatéria será uma coisa muito util para a vida terrestre, mas entra o fator guerra se conseguirem produzir antimatéria em escala o suficiente para construir bombas o que será feito da vida? já que uma bomba de antimatéria seria cerca de 8 a 10 vezes mais potentes? Pensem da seguinte maneira a bomba mais poderosa testada até hoje tinha cerca de 57 megatons de força isso é uma bomba 10 vezes mais potente que as bombas lançadas sobre Hiroshima e Nagasaki. Agora pense em uma bomba equivalente 8 a 10 vezes 57 megatons seria o suficiente para dizimar metade do mundo com apenas uma bomba dessas.

  18. Civilização tipo I
    Segundo N. Kardashev

    Esta civilização já controla os recursos energéticos do seu planeta. O clima está sob as suas ordens, seus terremotos já podem ser evitados e a sua mineração já atinge os níveis profundos da crosta terrestre e os oceanos já produzem todos os seus benefícios em prol dela. “Esta civilização já completou a exploração do seu sistema solar”.

    Civilização tipo II

    O sol do seu planeta não tem mais segredos para este tipo de civilização, o sol está, inteiramente sob o seu domínio total: ela até minera no seu sol, além de se aproveitar da energia solar, o sol move as suas máquinas e provê toda a fabulosa quantidade de energia a qual esta civilização necessita. “Esta civilização vai começar a colonização de sistemas estelares locais”.

    Civilização tipo III

    Toda uma galáxia é controlada pela civilização nº III. A fonte de potência da qual necessita, jorra com as fontes da força reunida em bilhões de sistemas estelares locais, “Provavelmente dominou as equações de Einstein e é capaz de manipular o espaço-tempo à vontade”.

    Base da classificação empregada: Cada nível é categorizado a partir da fonte de potência que energiza a civilização:

    Tipo I: Usa a potência de um planeta inteiro
    Tipo II: Usa a potência de uma estrela inteira
    Tipo III: Usa a potência de uma galáxia inteira

    Qual seria a nossa classificação dentro deste sistema de julgamento?
    Seríamos uma civilização tipo O, iniciamos a exploração de nossos recursos planetários, mas não possuímos ainda a tecnologia e meios para controlá-los. Os combustíveis utilizados por nós são o petróleo e carvão (combustíveis fósseis) e a força bruta do trabalho humano.
    “Os nossos maiores computadores não podem nem prever o clima, que dirá controla-lo”.
    No dizer do físico Michio Kaku, como civilização “somos um bebê recém nascido”.
    Uma civilização poderia levar milhões de anos “o fato extraordinário ligado a esse esquema de classificação é que essa ascensão é exponencial e, portanto, avança muito mais rapidamente que qualquer coisa que se poderia conceber de pronto”.
    Uma suposição razoável seria a de “ quando” atingiremos esses marcos. Tendo-se em vista o nosso andar da carruagem, em séculos, poderíamos chegar ao posto de civilização do tipo I.

  19. seguindo o raciocínio que o universo nasceu do nada pela matéria/antimatéria, a própria ciência comprova então a existência de Deus e que do nada Ele criou tudo, como diz Paulo em Hb 11.3 2º parte”… de maneira que o visível não foi feito do que se vê.” E agora ciência…?

    • Com certeza não é a prova da existência de Deus…Poxa o analfabetismo científico não mudou nada desde o mundo assombrado pelos demônios de Carl Sagan? Segundo a VERDADEIRA teoria do Big Bang, após a Grande Explosão, quando matéria e antimatéria estavam sendo criadas, para cada, por exemplo, mil partículas de antimatéria havia mil e uma de matéria, quando as duas se aniquilavam, pelo menos uma partícula de matéria sobrava. E então ao longo do tortuoso caminho e de bilhões de anos todas essas sobras formaram tudo o que conhecemos hoje, desde meteoritos até as grandes construções cósmicas e nós, claro, como um belíssimo e raro caso de evolução.Como o próprio Carl Sagan disse “Somos poeira de estrela”.Como você pode ver o Big Bang não prova a existência de nenhuma energia transcendental que criou tudo a partir do nada.

  20. O Universo é muito mais complexo do que podemos entender, a nossa percepção do tempo e espaço é muito pequena diante de tanta grandesa e grande demais para observar o que ocorre no microcosmo , ainda estamos longe , muito longe do entendimento, faltam instrumentos mais precisos, mais sensiveis e mais evoluidos tecnicamente , porem devemos acima de tudo cuidar melhor do nosso planeta, talvez único com vida inteligente , tal como cada um de nós somos um ser único ,tambem somos um único universo só nosso,em busca sempre da mesma resposta , da criação e do criador, tudo isso tem resposta … Deus, e Deus é inexplicavel – Luis Carlos Brasil .

    Deus é inexplicavel: Luis Carlos brasil.

  21. O todo PODEROSO fêz tudo o que é aparente do que naõ existia….,e ainda avisou,bem depois (+/- 700anos a.c.) que no fim dos tempos a ciência cresceria muito;leiam olivro daniel cap 12.

  22. Será que se juntarmos o Palocci com um anti-Palocci eles se aniquilariam num raio de patriotismo e honestidade? (O anti-Palocci, por hipótese, seria um político totalmente honesto, doaria todo o seu patrimônio aos pobres e instituições de caridade)

    • Porque não uma anti-igreja que doaria todo o seu patrimônio aos pobres e exterminaria com a pobreza no planeta!!!!!!!!!!!!!!

  23. Munca vi, tanta babuseira de opiniões de uma só vez, pense! materia cria energia, portanto antimateria esta em outro estagio (destroi)e que não conseguimos controlar, quando isso ocorre, teremos o controle da energia imaginária o inicio do fim! (basta ver alguns filmes de ficção)!

  24. A todo progresso, a toda descoberta da ciência correspondem duas faces da uma moeda. O homem pode escolher fazer uso para o bem ou para o mal do conhecimento científico. Uma invenção simples como uma faca pode ser usada para ferir e matar ou para preparar o alimento. O mal não está na ciência, está sim na falta de Deus no coração dos homens.

    • A crença em deuses (qualquer um deles) é que faz as pessoas só pensarem no sucesso da espécie humana, prejudicando todas as outras. Não se engane, deuses foram inventados para darem sentido à vida do homem e propiciarem bem estar ao homem, num processo egoísta e tendencioso. Pense bem, as únicas espécies de animais que ainda vivem em abundância atualmente são as que servem para nossa existência, as que não servem, ou estão em reservas florestais numa tentativa desesperada de salvá-las ou servem de exposição em zoológicos.

      Quanto mais Deus no coração, mais o homem se preocupa com seu próprio bem estar, pois prestando bem atenção, os religiosos “rezam” para que a HUMANIDADE se dê bem e não os “micos leões dourados”, por exemplo.

      Apesar de toda fome e miséria, de um modo geral os seres humanos estão muito bem, obrigado. Afinal de contas, já somos mais de 6 bilhões. Já a população total de tigres de bengala não passa dos 10 mil.

      Então, se deuses existissem, eles estariam preocupados com as outras espécies, que estão se ferrando nas nossas mãos, e não porque seu filho reprovou-se no vestibular.

  25. Esse negócio de comunicar as novidades científicas para os leigos como nós, precisa de maior rigor na linguagem, mesmo jornalística, se não, vejamos:Hyperscience afirma que ““Pegar” a antimatéria é difícil, porque quando ela entra em contato com a matéria, as duas se aniquilam.” Qualquer um, mais atento percebe a falsidade da afirmação, que que em outro trecho está dito que provavelmente, matéria e anti-matéria foram criadas ao mesmo tempo e na mesma quantidade ou proporção, e, ao se encontrarem se aniquilam, então, a essa altura não deveria exitir mais nada. Isso não acontece e mesmo o exemplo da impossibilidade de prendê-la em uma garrafa soa falso, já que o que se aniquila é a anti-matéria e não a garrafa. E vai por ai…

    • Cara, ótima observação, não sei por que está marcada como Hidden due to low comment rating.

    • Que pobreza majoritária do raciocínio dos leitores de Hypescience (só àqueles que se manifestam). Penso que não há como o pensamento religioso (revelado, psicológico-afetivo) conduzir a mente científica e investigativa, e o que vemos são aqueles que, ao par de afirmarem a superioridae do pensamento/conhecimento religioso sobre a ciência, querem da mesma ciência o aval para sua crença. O reste é ignorância diletente. E durma-se com um barulho desses …

    • Me responde o que é a religião, você por um acaso sabe do que você está falando? O ser humano realmente é ignorante com aquilo que ele não sabe. Concordo com sua penultima frase:
      (Realmente o reste é ignorância)

    • Considerando que a matéria é jornalisica, ela tem bastante informções, sim.
      “A antimatéria é como uma imagem espelhada da matéria. Para cada partícula de matéria (um átomo de hidrogênio, por exemplo), existe uma partícula de antimatéria correspondente (nesse caso, um átomo anti-hidrogênio) com a mesma massa, mas com carga oposta.”
      Leia e interprete o texto. Preste atenção e entenderá que a antimatéria só aniquila uma matéria correspondente à ela. Uma antimatéria de hidrogênio não pode aniquilar uma matéria de oxigênio, por exemplo, preste atenção e verá que tudo faz sentido.
      E a teoria é que de alguma forma, no principio as antimatérias diminuiram de quantidade ou algo assim.

  26. O QUE VOCÊS PRETENDEM COM ESSA DESCOBERTA??? QUAL É O OBEJTIVO DISSO???
    NÃO JÁ ESTA SENDO RÁPIDA DEMAIS A NOSSA DESTRUIÇÃO POR ARMAS DE FOGO, BOMBAS ATÔMICAS???
    VOÊS JÁ PARAM PRA PENSAR QUE SE ESSA ANTI-MATÉRIA SAIR DE SEU DOMÍNIO PODE ACABAR COM TUDO O QUE HÁ NO UNIVERSO….????
    PENSE, NEM TUDO É LICITO QUE O HOMEM DOMENE!!

    • a culpa disso tudo não é da física, é do homem. se é assim, deveríamos parar com as descobertas? ficar estagnados só porque algumas pessoas não sabem lidar com tudo isso? caramba! como alguém já disse aqui, o melhor então seria voltarmos para as cavernas

    • @thalita, você deveria parar de ler livros do Dan Brown… Anti-matéria não é uma bomba. E nem pode ser usada para tal. A conta é simples: se você tem 1 átomo de anti-hidrogênio, só pode destruir 1 átomo de hidrogênio com ele. Para destruir o universo, teríamos que criar “um universo” de anti-matéria. Ou seja, impossível…

    • Uma pena que o MEC seja tão antiético e retrógrado.
      Ja faz 20 anos que os alunos do nosso “ensino médio” estão defasados em relação aos EUA, Europa,Índia,China..e muitos outros. Nesses países o modelo atômico de Dalton ( Prótons e Nêutrons no núcleo e elétrons girando em órbita)é visto como um tópico antes de chegar nas sub-partíclas conhecidas ( mésons,píons,etc..). Lá eles sabem muito bem acompanhar esse tipo de notícia e as repercursões sérias.
      É quase um pecado dizer que vão usar como arma de destruição em massa. Se assim fosse,os EUA ja teriam jogado bombas nucleares desde a Guerra na Córeia,Vietnã,Iraque e outros que não sabemos.Os soviéticos,franceses,hindus também poderiam deflagar uma guerra nessas proporções. Por quê não fazem? Quando a cavalaria dos EUA detonaram 2 bombas atômicas sobre o Japão, não esperavam uma destruição, que hoje podemos medir, como aquela.
      Religião é bom para cada um seguir seu caminho,seu fórum íntimo, não para ditar regras á ciência.

    • Na verdade, dá para fazer uma bomba de antimatéria. Mas para isto é preciso muita antimatéria. A energia liberada na aniquilação cria uma explosão poderosa, e estão pensando até em usar mecanismos parecidos para impulsionar foguetes no espaço – foguetes que chegariam a velocidades bem próximas da da luz.

      O problema é que é muito difícil e caro construir uma bomba de antimatéria. Ainda não existe a tecnologia para produzir uma quantidade de antimatéria suficiente para cosntruir uma bomba, e quando for obtida tanta antimatéria, ela será valiosa demais para ser usada em uma bomba.

      Por outro lado, não tem como o homem fazer qualquer coisa que destrua o Universo. Primeiro, por que como é que você vai destruir o Universo com algo construído a partir do Universo?

  27. só não consigo entender o que fanáticos religiosos querem lendo uma notícia dessas, já que obviamente não estão nem um pouco interessados em tentar compreender a ciência. contestam tudo, falam da biblia mas contestar a biblia que é bom, naada. me poupem ok

  28. Como funciona! Inventaram a arma de fogo, puxe o gatilho! invetaram a bomba atômica, hidrogêneo e etc. acione o gatilho. Pergunto: Qual o motivo de dominar a anti-matéria?
    depois acione o gatilho. Cuidado, acionaram o gatilho da temperatura, vejam o que está acontecendo. É o poder da mente do ser “humano” para se auto-destruir.

  29. Esse papo de materia/antimateria, ja foi explorado em 1964 pro GEne Rodenberg, inclusive como aramasena-lo e usar como fonte de energia, não sei se ele era daqui. mas… muita coisa que ele criou/ou divulgou em sua obra prima Star Trek, esta gradativamente se tornando palpavel, real agora no nosso presente, o futuro dele…
    Que coisa não?
    Sera que logo iremos decobrir maneiras de usar o cohque materia/antimateria para deslocamento em velocidades incriveis por ai, vale lembra que a Enterprise, foi lancade em 2338, na ficção, mas do jeito que vai, acredito que sera bem antes.

  30. Eu estudei várias matérias na escola, matemática, geografia, ciências. Na época não tinha nenhuma anti-matéria, só as matérias mesmo. Será que as anti-matérias são mais difíceis? Alguém sabe explicar isso?

    • Lógico que anti-matéria é mais difícil! Não tem anti-concepcional que a evite e não tem “buchinha” que a derrube depois que começa a gerar num útero. Pior que quando ganha uma carga horária de existência caminha para as outras matérias e não sabe quanto é a metade de dois mais dois.

  31. A física teórica ja previa isso á anos. Agora vamos ver se usam para os verdadeiros fins,e a principal: energia limpa e quase ilimitada. Seria uma verdadeira revolução á nível planetário.
    O pré-sal? Chega disso. Podemos pegar esses corruptos engravatados do congresso e utilizar o hidrogênio do corpo deles.Mas saíria energia limpa? Não sei..!

  32. Não acredito que possa se criar uma arma para isso tão cedo, mesmo porque anti-materia só aniquila matéria que ela espelha, ou seja, se fosse possível jogar anti-materia de ferro, iria aniquilar ferro, mas uma fortaleza ou bunker não é feita só de ferro, então as outras matérias não seriam afetadas, para a destruição total, ou aniquilação seria necessário jogar anti-materias diversas para total aniquilamento do bunker no caso, se jogar isso no solo por exemplo, onde existe diversos elementos, seria extremamente difícil aniquilar tudo.

    só tou viajando nos pensamentos aqui ehhe

    Agora me surge uma duvida, essa energia(feixe de luz) é absorvida onde e por quem? Já que não existe o nada, não existe desaparecimento de matéria, mas sim transformações.

    • Mas também pode salvar vida ou até mesmo nas guerra que ela mesmo provocar, mas pensa bem não queremos o mal perto de nos mas ele tem que existir como haveria paz sem guerra, como nos conhecemos o amor se não tivesse a saudade

      para mim a vida não faria sentido…

  33. No futuro as máquinas que produzem antimatéria poderão ser de grande utilidade na abertura de túneis, estradas e demolições, pois não deixaram nenhum resíduo onde passarem e farão tudo muito mais rápido. É claro, neste tempo estaremos muito mais evoluidos
    moralmente para manipularmos estas máquinas.

    • Interessante sua observação, mas temos que levar em conta que para cada kilograma de matéria será necessario 1kg de antimateria, e ao usá-la liberaria muita, mas muita energia. Só lembrando que uma bomba atômica libera uma parte bem pequena de sua massa em energia e causa um estrago danado.
      Somando 1_grama apenas (uma “pitadinha”) de materia + antimateria haverá liberaçao de 90.000.000.000.000 Joules !!!
      Sendo que 360.000 Joules equivale a uma lampada de 100 Watts por 1 hora! ou um banho no chuveiro no inverno 1 ou 2 minutos apenas.

    • se esse calculos estiverem certos.. ja podemos sonhar com o HOLODECK e um Hyperdrive =D

    • Olá amigo. Claro que o resultado de 1 grama convertida em energia será esse numero grande aí de 13 zeros, resultado da equação E=m.c^2
      E=0.001 x (3E8)^2 = 9E13_J
      O equivalente da energia “em consumo” é a Potência em uma unidade de tempo.
      Ex. Assim como uma pilha possui uma energia fixa (constante), e sua duração dependerá do quão potente será o equipamento alimentado por essa pilha hipotetica.
      (1 Joule equivale a 1_Watt x segundo)
      360.000_J (por exemplo) podem ser consumidos por uma lampada em uma hora, ou essa mesma quantidade de energia pode ser consumida em um chuveiro de 6000_W por um periodo de 1 minuto.
      Esses calculos, embora simples, embaralham a cabeça as vezes hehehe, normal creio.
      Bem, agora usando 0,5 gramos de materia mais 0,5 gramos de anti-matéria dariam 90 Tera Joules (TJ). Consumindo isso em 1 segundo daria 90_Tera Watts (TW), ou 2,85 Mega Watts (MW) em 1 ano.
      90_TW/(60.60.24.365)=2,85_MW ou seja, um consumo continuo de 2,85_MW por 1 ano.
      Esses Watts todos, é claro, podem ser divididos em varios cargas, como casas e fábricas pex.
      Mas o que mais interessa nisso tudo é que não existe nada mais eficiente do que aniquilar materia com antimateria, um mínimo de massa em uma quantidade enorme de energia.
      Ela é em torno de 1000x (ou 2000x levando que serão Uranio e Anti-Uranio) mais eficiente do que a energia nuclear por fissao, utilizada pelos reatores de hj em dia, embora eu não tenha certeza disso, a coisa é mais comlpexa, Sei que cada reação de Uranio gera um tanto de 200MeV (Mega eletron-Volt, uma outra unidade de energia) o que equivale a 1/1000 da massa total do Uranio 235 que é de 200_GeV ou 200.000_MeV. Pode haver algum erro nos números, mas o que quis passar é a importancia de se desenvolver essas áreas da ciencia, embora creio que a energia por fusão nuclear ainda seja a melhor alternativa a nós terrestres num futuro proximo, pois é difícil paca pra criar e armazenar a antimateria.
      Desculpa pelo longo comentário. Ateh mais.

    • Essas máquinas ja existem ha anos procure na Net que acha as fotos e são capazes e fazer 11Km de tuneis por dia.

    • nao confunda maquina que cava 11km por dia.. com maquinas de anti materia….

      pela mor de deus neh.. nao esta vendo que o anuncio fala de dificuldade e que conseguiram a anti materia recentemente? OMG

  34. deveriam inventar um aniquilador do dinheiro do palocci. ganhou milhoes em cada fracao de minutos, mais dificil que isso. os cientistas vao ficar com vergonha quando ficar sabendo do que os politicos brasileiros sao capaz.

    • Boa idéia vou seguir seu conselho quando nibiru voltar.A propósito conhece uma boa caverna as uns 4000 metros de altitude???

  35. muito legal, se realmente a materia e a anti-materia foram criadas em quantidades iguais, o universo é um grande nada, pois se juntarmos toda a anti-materia com a materia elas se aniqilaram e naum restará nada, o universo nasceu do nada.

    • A teoria vigente diz que uma quantidade de matéria um pouquinho maior do que a de anti-matéria foi criada. Ao se aniquilarem, aquela que tinha maior quantidade foi a que “sobreviveu”. Isso, segundo o “How the universe Works”, um documentário do Discovery Channel, se não me engano. E se este “pouquinho” que sobrou foi o suficiente para gerar todas as centenas de bilhões de galáxias existentes, cada uma com centenas de bilhões de entrelas, imagina a quantidade total que havia!

    • Realmente devia ser uma quantidade mais assombrosa ainda, eu imagino qe é impossivel naum haver vida em outro planeta, mais o ser humano é muito burrinho acha qe pra vida sugir tem qe haver agua e qe naum pode se outra coisa tem qe ter a bendita agua, o homem tem qe evoluir muito até descobrir vida inteligente.

  36. Eu acho que a palavra certa para o encontro da matéria e anti-matéria não seria a ideal chamarmos de aniquilar, pois entrariamos em conflito com a lei já provada de que na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma, e não dá para acreditar que transformou se tudo em energia luminosa, como disse no texto, um flash de luz, pq o raio de luz eletromagnética não possui massa! E aí…?

    • Não ocorre violação da Lei de conservação. Pois a luz também possui energia da luz (eletromagentica) E=h.f
      energia da materia (massa) E=m.c^2

  37. Tem pessoas que veem esse tipo de matéria e ficam absolutamente perplexas – nossa mais que desenvouvimento óOo ciência ahh a ciência agora vai…. nada é tão grandioso que se possa chegar a beleza de uma pessoa, nem mesmo a explicação mais conplexa de todos os componentes de sua estrutura ou do universo inteiro. Tudo isso e tão grandioso para que o homem seja sempre mais e mais. Não para se colocar no lugar de Deus mas para entender que sua existência não é um mero acaso, mas para compreender que algo de grandiozo o espera, esperando que ele não se perca em se mesmo em sua liberdade.

    • Espero que,eles, não venham a criar uma arma pra desmaterializar outros povos.

    • Eu acho que o Alexandre estava falando de Português como Idioma, e não de Português como povo… Nesse caso seria de Portugueses… Porque não uma anti-matéria para aumento de Q.I. nas pessoas?? Fica a dica!!

    • Ateh onde sabemos, ela é identica a “nossa” materia, diferindo apenas em seus sinais de carga eletrica. É uma especia de simetria, na qual não podem cohabitarem.

    • o que nao deixa a afirmação dele de -1+1=0 estar correta.

      elas se anulam

    • Ok, está parcialmente correta, pois releva apenas um unico aspecto! As duas juntas, frente a frente se transformam. O 0 é válido no sentido de que não sobra massa, mas eles viram 1+1=2 na forma eletromagnetica, não violando assim a lei de conservação de energia, pois um 0 neste caso violaria sim.
      Foi só para esclarecer a minha réplica.

  38. Com a matéria conhecida, o homem tá mais enrolado que nunca, imaginem com a antimatéria. Isac Newton ensinou como ir na lua e andar no espaço. Pra que? Com excessão de satélites artificiais a humanidade não ganhou mais nada com viagens espaciais e nem vai ganhar.

  39. São devaneios de “iluminados” ou pseudo-deuses que bolam essas teorias rebuscadas e cabulosas como big-bang, evolução, anti-matéria. E aí: 13,6 bi !? = como se organizou o caos pós-explosão?, quem veio 1º = o ovo, a galinha ou o galo ?; como se separou a anti-materia da matéria? Como poderia pre-existir por lá uma garrafa magnética gigante? …Me engana que eu gosto…

  40. É ridicula essa teoria do big bang. Tudo explodiu e foi parar no lugar certinho, a terra e o mar. E se fossemos criaturas que passaram de um processo evolutivo do macaco para o homem porque a mais de 3 mil anos continuamos iguais, não criamos asas e nem aprendemos a voar.

    • Adriano, meu caro, acho melhor você estudar “um pouco” mais para tentar usar outros argumentos e realmente ter uma opinião mais embasada sobre esse assunto. Não entendi quando você disse “Tudo explodiu e foi parar no lugar certinho, a terra e o mar.”, como assim????????? Quer dizer que a terra está parada para você? Veja só pessoal, temos aqui um referencial absoluto!

      \o/

      Respeito sua opinião mas reveja o que eu lhe disse na primeira linha desse texto.

    • Primeiro: nada foi parar no lugar “certinho”. O universo esta em formação a pelo menos 13 BILHOES de anos (quase 14).

      Até hoje encontram-se nuvens de gases gigantescas (com anos luz de comprimento) sendo berço de estrelas

      segundo: evolução leva milhoes de anos. então 3 mil anos é “troco de padaria” para a evolução acontecer.

  41. Como assim elas se aniquilam?! Tomara que ninguem consiga produzir anti-matéria em grande escala pois acho que nao seria boa coisa.

    E sobre a possibilidade de avanços é enorme desde que se tenha o cuidado necessario.

    Como diria o tio do homem aranha, “grandes poderes trazem grandes responsabilidades”.

  42. O que os “cientistas” estão querendo dizer, permita-me explicar: Você pega uma barata, tira as asas, deixa de molho por 30 dias. Em seguida obter-se-á uma coloração entre o marron e o vermelho. Depois acrescenta niodeoxileno, cerca de 3 mg. Depois leva ao forno, untada com gelatina para obter a consistência necessária. Entenderam? Nem eu!

    Para de idiotices! Leia a Bíblia!

  43. eu com certeza nao (e sou leitor assiduo) e achei muito interessante.

    em tempo: não vai demorar muito para acontecer 2 coisas, extrairem energia desse evento (e muita energia com pouco material espero), e conseguindo isso o proximo nivel será um tipo de arma devastadora (e talvez portatil).

Deixe uma resposta