Foto: formigas translúcidas ficam da cor do açúcar que comem

Por , em 15.08.2012

Já ouviu a máxima de que você é o que você come? Esse arco-íris de formigas mostra que o ditado é verdadeiro. O cientista Mohamed Babu, que vive na Índia, é o autor dessas imagens que mostram abdomens de formigas translúcidas que mudaram de cor enquanto elas comiam açúcar com gelatina colorida.

A inspiração para as fotos surgiu quando a mulher de Babu, Shameem, notou que algumas formigas tinham ficado brancas depois de beber leite derramado na cozinha. Isso foi o suficiente para que o cientista pegasse sua câmera e colocasse açúcar nas cores vermelho, verde, azul e amarelo em seu jardim.

Babu colocou uma base de parafina nas gotas açucaradas para que elas mantivessem sua forma depois de serem tocadas pelas formigas. O cientista descobriu que, curiosamente, as formigas preferem as cores claras, como verde e amarelo. Alguns dos insetos provaram mais de uma cor de açúcar, provocando variações nas cores de seus abdomens.

Quem mais gostaria de ter um formigueiro com formigas assim? [Colossal/DailyMail]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

4 comentários

  • Nicolas T. Kunkel:

    Gostaria de fazer uma correção.
    No primeiro parágrafo do texto está escrito “imagens que mostram abdomens de formigas translúcidas”, no entanto, o corpo de um artrópode da classe insecta, como a formiga, é dividido em cabeça, tórax e ABDOME, não abdomen como é retratado no texto. Abdomen se trata de musculatura abdominal humana.

  • Yuri Herdt:

    Meio lógico, mas muito legal.

    Será que gerações de colonias alimentadas com a mesma cor chegam a constituir uma quitina(parte não translucida) mais proxima desta cor? :O

    • Daniel Nazar Kengerski:

      Dificilmente, a não ser que o ambiente onde elas encontrem esse alimento (aqui no caso, a placa de parafina) fosse colorida com a mesma cor, tornando assim essas possíveis “mutantes” mais propensas a se camuflarem no ambiente e menos aparentes a predadores.

      Isso claro pensando unicamente em termos evolutivos mecânicos, não sei dizer se existiria alteração química no organismo das formigas pela alimentação diferenciada. (:

  • João Costa:

    Interessante!

Deixe seu comentário!