Fotos extraordinárias de uma águia atacando um veado fazem história

Por , em 30.09.2013

Estas não são imagens comuns. De fato, são as primeiras e, até agora, as únicas do tipo.

Elas mostram uma águia dourada (Aquila chrysaetos) atacando um veado sika (Cervus nippon). Foram feitas 2011 por uma câmera com detector de movimentos, montada para fotografar animais que passam na frente dela. Tais aparatos são usados regularmente por cientistas, como a bióloga conservacionista Linda L. Kerley, responsável pela captura das imagens.

Em 15 de dezembro de 2011, ela foi visitar seus aparelhos para trocar as baterias e os cartões de memória, e encontrou uma carcaça de veado não muito longe de uma das câmeras. Como não haviam marcas de predadores perto do corpo do animal, era como se o veado tivesse simplesmente caído morto ali.

deer-carcass

A região, parte da Reserva Natural do Estado de Lazovsky, no extremo oriente da Rússia, é habitada por tigres siberianos (Panthera tigris altaica), um predador em perigo de extinção. A câmera em questão, inclusive, tinha sido colocada no local para ajudar no monitoramento de sua população.

Foi uma surpresa, então, encontrar o veado morto sem nenhuma pegada de tigre. Mais surpreendente ainda, no entanto, foi encontrar na câmera uma sequência de três fotos feitas em dois segundos mostrando um ataque de uma águia ao veado.

EagleDeer1-e1380052658645 EagleDeer2-e1380052726807 EagleDeer3-e1380052770804

Para começar, só o fato de uma águia ter sido fotografada já é raro. Em uma série de 5.805 fotos feitas entre novembro de 2011 e março de 2012, apenas em cerca de 0,1% aparece alguma ave.

As águias douradas são relativamente comuns no hemisfério norte e costumam atacar animais grandes, mas sempre em áreas abertas. Elas nunca haviam sido registradas caçando ou mesmo comendo um veado sika. Alguns cientistas até mesmo afirmavam que elas não se alimentavam desses animais, pelo menos não na Rússia.

Como o ataque não é comum, é pouco provável que as águias venham a colocar em perigo a população de veados sika.

A título de curiosidade, a águia dourada, cuja envergadura varia de 1,8 a 2,4 metros, tem garras que exercem uma pressão de 31 kg/cm² (15 vezes o que a mão humana é capaz de exercer). Para matar presas como veados, ela voa baixo, pousando no pescoço ou nas costas do animal, onde crava suas garras, causando ferimentos internos ou rompendo a coluna da presa. Depois de alguns minutos, a vítima desmaia de exaustão ou por causa de danos internos. E bom apetite. [Thoughtful animal]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

2 comentários

Deixe seu comentário!