Google Maps ajuda chinês a reencontrar família após 23 anos

Por , em 20.05.2013

Quando tinha apenas 5 anos de idade, Luo Gong foi sequestrado enquanto ia para escola na região de Sichuan, na China, e levado para Fujian, mais de 1.500 quilômetros a sudeste de sua casa.

Hoje, aos 28, com ajuda do Google Maps, Gon conseguiu reencontrar sua família biológica e descobriu que seu nome verdadeiro era Huang Yun e que tem três irmãs mais novas.

Ele recorreu a um site com anúncios de vítimas de sequestros no ano passado, e postou desenhos do que se lembrava de sua cidade natal, especialmente das duas pontes, que nunca saíram de sua memória.

Seis meses depois, um voluntário do site entrou em contato com Gon, falando sobre um casal de Sichuan que havia perdido o filho na mesma época em que Gon fora sequestrado. Ao entrar no Google Maps para ver a cidade, o chinês reparou que em Yaojiaba, um local próximo, estavam as duas pontes que ele se recordava.

Durante esses 23 anos, Gon foi adotado por uma família nova, recebeu um novo nome e teve uma vida normal, indo à escola e prestando serviço militar. Mas a vontade de procurar por sua família verdadeira nunca desapareceu. Graças à tecnologia, seu sonho foi possível. [Gizmodo]/[Galileu]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

2 comentários

  • Valkyria Karpinski:

    Não foi beeem graças ao Google Maps como a metéria diz ser…

  • Falcone Big:

    E você aí sem saber até hoje que Belo Horizonte, São Paulo e Rio, são capitais que já contam com o sistema de monitoramento do trânsito via Google Maps.

Deixe seu comentário!