II Odisseia de Literatura Fantástica

Por , em 14.04.2013

Mais uma vez desembarquei em Porto Alegre com uma tripla missão. Dessa vez foi a de efetuar a cobertura do evento para o HypeScience, participar de um painel sobre Space Opera e também comparecer à sessão de autógrafos de mais um lançamento da Editora Argonautas.

Eis que saiu o quarto volume da série Sagas, desta vez com o tema Space Opera e com prefácio assinado pelo mestre André Carneiro. Uma homenagem à idade de ouro da pulp fiction, com um conteúdo bem século XXI.

seg.odisseia_sagas_iv

Além do meu conto Space Opera pós moderno “Não Olhe para Trás”, que bordeja um pouco pelo terror, o livro traz contos inéditos de Roberto Causo, Marcelo Galvão e João Beraldo.

Por falar em Space Opera, este também foi o tema do nosso painel comemorativo ao lançamento deste quarto volume do Sagas.

Com minha participação, de Hugo Vera, de Larissa Caruso e mediação de Roberto Causo, conseguimos em 60 minutos (des)complicar um pouco o conceito da síndrome do “Capitão Barbosa” alinhavando nossos entendimentos que pouco a pouco a literatura fantástica nacional tem vencido o preconceito de editoras e leitores e ganhando seu espaço muito além dos jardins do nosso querido bairro chamado “fandom”.

Continuando no tema Space Opera, e com um apelo militar fortíssimo, Roberto Causo lançou mais uma obra no universo de Jonas Peregrino, num trabalho gráfico belíssimo da Devir , o romance “Gloria Sombria”.

Causo e Douglas  Quinta Reis (Editora Devir)

Causo e Douglas Quinta Reis (Editora Devir)

Mas não foi só a FC que brilhou nessa odisseia.

Vampiros, espadachins, magos, bruxas e muitos anjos atraíram o seu público cativo com diversos lançamentos e novidades.

como por exemplo a belíssima trilogia escrita por Márson Alquati – Ethernity e publicada pela Giz Editorial.

Simone Marques, Walter Tierno e Márson Alquati (Giz Editorial)

Simone Marques, Walter Tierno e Márson Alquati (Giz Editorial)

Essa Odisseia vai dar o que falar.

Seja pela competente organização do evento, seja pela qualidade dos lançamentos e publicações, seja pelo profissionalismo e empenho dos expositores, seja pelo brilhantismo dos palestrantes…

Posso afirmar que foi uma honra participar.

Fica aqui a gratidão desse articulista à toda a equipe organizadora e a todos os participantes por mais um “Show de Cultura” que só a união de mentes e corações é capaz de fazer.

Comissão Organizadora: Duda Falcão, Christopher Kastensmidt, Silvio Alexandre, Cesar Alcázar, Nikelen Witter e Christian David.

Comissão Organizadora: Duda Falcão, Christopher Kastensmidt, Silvio Alexandre, Cesar Alcázar, Nikelen Witter e Christian David.

Parabéns Porto Alegre! Parabéns Rio Grande do Sul! Parabéns Brasil!

E ano que vem tem mais!

(Para ver a programação completa do evento clique aqui)

-o-

[Imagens: II Odisseia de Literatura Fantástica por Adriano Siqueira e Mustafá Ali Kanso]

[Leia os outros artigos de Mustafá Ali Kanso]

 

LEIA SOBRE O LIVRO A COR DA TEMPESTADE do autor deste artigo

À VENDA NAS LIVRARIAS CURITIBA E ARTE & LETRA

Navegando entre a literatura fantástica e a ficção especulativa Mustafá Ali Kanso, nesse seu novo livro “A Cor da Tempestade” premia o leitor com contos vigorosos onde o elemento de suspense e os finais surpreendentes concorrem com a linguagem poética repleta de lirismo que, ao mesmo tempo que encanta, comove.

Seus contos “Herdeiros dos Ventos” e “Uma carta para Guinevere” foram, em 2010, tópicos de abordagem literária do tema “Love and its Disorders” no “4th International Congress of Fundamental Psychopathology.”

Foi premiado com o primeiro lugar no Concurso Nacional de Contos da Scarium Megazine (Rio de Janeiro, 2004) pelo conto Propriedade Intelectual e com o sexto lugar pelo conto Singularis Verita.

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

10 comentários

  • Márson Alquati:

    Excelente matéria! Foi realmente um grande evento, principalmente no que tange ao fato de que pudemos rever amigos tão estimados e especiais como o Prof. Mustafá e sua simpática esposa. Sou fã deste casal maravilhoso! Aproveitando o ensejo, gostaria de dizer que estou cada vez mais impressionado com a qualidade dos contos do livro “A COR DA TEMPESTADE” do Prof. Mustafá, um exemplo claro de que a nossa literatura nacional de ficção nada deixa a desejar em relação à “literatura importada”. É tão boa quanto e, em alguns casos como o livro do Professor, até melhor…. Um forte abraço, meu ilustre e admirado irmão de escrita!

  • Octacilio Oliveira Andrade Junior:

    Gostaria de saber se este evento ja foi editado em Sao Paulo, em caso negativo, seria possivel?

  • David Quirino:

    Considero-me, infelizmente, um sujeito desinformado, ou, talvez, aqui no Rio de Janeiro, onde resido, não aconteçam eventos como esse, pois nunca tive notícia de algo parecido… e, eu, que devo minha pouca cultura à literatura não convencional, já que nunca pude frequentar escolas, após concluir minha 4ª série primária. Por sorte, após toda uma infância, lendo gibis, que conseguia através de trocas e negociatas; pois nunca pude comprá-los, e de muito ler bolsilivros de Far-West, policiais, mistério, etc…, já quase saindo de minha adolescencia, aos 17 anos, pus minha mãos e meus olhos em um livro que contava uma história das que eu só conhecia dos gibis e tiras de jornal: Tratava-se de um bolsilivro de Ficção Cientifica! Passagem no Tempo… era a história, e eu devorei-a, ficando definitivamente cativo; escravo da F.C. e tornei-me um assíduo visitante dos “Sebos”, onde podia encontrar livros usados, a preços que eu podia pagar, com alguns trocados que economizava em detrimento de outras pequenas coisas que gostaria de comprar e não o fazia. Pena que eu nunca fiquei sabendo de nenhum evento como uma odisséia de ficção científica aqui no Rio de Janeiro.

    • Fernando Calegari:

      Pelo que andei lendo e vendo, mesmo em cidades onde acontecem esses eventos” se resume a abrigar um certo nicho de pessoas, onde claramente não se recebe toda a parcela da população, porque há informação nunca é repassada como deveria. :~

      o que sempre será uma pena.

  • Fernando Calegari:

    O engraçado é seguir quase que diariamente o site e não ter sido publicado nota nenhuma sobre tal evento afim de avisar e comunicar para que os seguidores e fãs do site pudessem também comparecer.

    Mostrar o que foi feito, o que foi realizado só mostra o quanto o nosso país tem se tornado cada vez mais apático e solitário.

    o conhecimento é uma via de mão única infestada de ego.

    • Mustafá Ali Kanso:

      Caro leitor,

      O referido evento foi divulgado final dos meu artigo:

      https://hypescience.com/seria-a-ciencia-a-nova-deusa-do-seculo-xxi/

      No meu site:

      http://www.mustafa.com.br

      Pelo facebook:

      http://www.facebook.com/pages/Odisseia-de-Literatura-Fant%C3%A1stica/261789630564145?group_id=0

      Pela internet:

      http://odisseialitfan.wordpress.com/

      Por newsletter, pelo twitter, etc. etc.

      Então, me eximo daquela parte infestada de ego da mão única do conhecimento. Certo?

      É preciso que o caro leitor fique um pouco mais antenado.

      Porém, se você perdeu esse encontro, não se irrite que logo teremos o Fantasticon (outro encontro de literatura fantástica) que ocorrerá no meio do ano. Vou detalhar em artigos futuros.

      Veja em:

      http://fantasticon.com.br/

      Grato pela audiência

    • Fernando Calegari:

      sim, exime. porém me referia ao site hypescience e ao odisseia de literatura fantástica, e não ao teu post, nem sobre o outro post onde foi anunciado a tua presença.

      algo do tamanho que me pareceu ter sido, deveria ter sido melhor noticiada por ambas as partes creio, tanto o hypescience, quanto os organizadores do evento.

      moro em porto alegre, faço faculdade de letras e curso de escrita criativa, e não foi falta de “antenas” que não me pôs a par do evento pois recebo vários emails diários sobre o tema, e não recebi nenhum, não encontrei menção nenhuma em minha faculdade, nem em jornais, sobre.

      E muito obrigado pelo esclarecimento.

    • Mustafá Ali Kanso:

      Caro leitor,

      Fiquei surpreso com seu segundo post aqui e com o comentário ao post do leitor David Quirino.

      Essa já é a II Odisseia de Literatura Fantástica e a divulgação em Porto Alegre envolveu, nessa segunda edição, inclusive as escolas públicas da cidade com ampla distribuição de cartazes.

      Então fica o questionamento:

      Será que o fato de você não ter lido nada a respeito tem a ver com um “complô” (que inclui o HypeScience) para negar as informações ao grande público? Ou simplesmente você passou “batido” pelo grande universo de informações que nos cercam todos os dias?

      Toda crítica é bem vinda e é evidente que existe, com certeza, muito a melhorar.

      No entanto os cinco membros da comissão organizadora da Odisseia não são capazes de operar milagres, principalmente quando todo o processo é realizado por voluntários que nada recebem para o realizar (sim, os recursos são limitadíssimos). Porém o que já foi realizado por esses cinco jovens é, sem trocadilhos, fantástico.

      Em tempo: talvez faltasse sua participação para garantir que a divulgação fosse mais eficiente? Que tal participar ativamente do próximo evento?

      Você vai encontrar pessoas como você que desejam manifestar sua criatividade e agraciar com um quinhão de sua força de trabalho uma atividade elevada em prol da cultura do nosso país.

      Para se inscrever basta seguir o link: http://odisseialitfan.wordpress.com/

      Quem sabe nos encontraremos na próxima Odisseia de Literatura e você vai concordar comigo que realizar uma obra dessa envergadura é muito mais difícil na prática do que na teoria.

      Grato pela audiência

  • digiomni:

    Oena que não soube antes se soubesse tinha ido com certeza atyé porque fiquei o fim de semana todo entediado tentando decidir qual jogo jogar sem querer jogar nenhum deles, porque queremos jogar aquele jogo que não temos ainda ?? não sei só sei que fiquei nesse looping de ter jogos bons que eu queria e assim que os obtive logo perdeu a graça em tê-lo, e espero um dia ter algum dos meus livros publicados por ai 🙂

Deixe seu comentário!