Imagem perturbadora de elefantes em chamas ganha prêmio de fotografia

A fotografia vencedora de um concurso indiano, o Sanctuary Wildlife Photography Awards, é no mínimo perturbadora.

Se você for mais sensível, role a página direto para o texto, pois o prêmio deste ano decidiu contemplar uma imagem que mostra o pior que o ser humano tem a oferecer para seus parentes animais: dois elefantes, uma mãe e seu filhote, fogem de um ataque em chamas.

O responsável pelo clique foi Biplab Hazra. A competição é realizada anualmente pela revista ambiental Sanctuary Asia.

A fotografia, intitulada “Hell is here” (em tradução literal, “O inferno está aqui”), foi feita no distrito de Bangura, em Bengala Ocidental, depois de uma multidão de homens lançarem bombas flamejantes nos elefantes.

Luta por espaço?

A Índia é a casa de mais de 70% da população global de elefantes asiáticos. Isso é ainda mais triste se considerarmos que seus habitats e rotas vitais estão sendo constantemente devastados, e o conflito entre elefantes e humanos aumenta gradualmente.

“Para esses animais inteligentes, gentis e sociais que percorreram o subcontinente há séculos, o inferno é agora e aqui”, comentou o fotógrafo, Biplab Hazra.

Não está claro o que aconteceu com os dois elefantes depois da foto. O distrito em que os animais se encontravam, no entanto, já fez manchetes anteriormente por conta de mortes humanas causadas por encontros com elefantes, de acordo com a BBC.

A nota da revista que acompanha a fotografia informa que este também foi um caso de conflito entre humanos e elefantes.

Mainak Mazumder, morador de Bankura, comentou que os locais foram responsáveis pela “pesada destruição do habitat” desses animais, e que “os elefantes foram submetidos a terríveis abusos e torturas”. Porém, ele também acrescentou que os elefantes “causaram estragos”, destruindo culturas, prejudicando terras agrícolas e “matando pessoas inocentes”.

Vida selvagem

A competição do Sanctuary Asia teve mais de 5.000 inscrições, com oito vencedores anunciados em uma cerimônia em Mumbai.

Outras fotos premiadas incluem: [BBC, TheBetterIndia, Ladbible]

Foto: Abhishek Nandkishor Neelam Satam. Uma estrela do mar colabora com caranguejos e conchas marinhas para criar uma obra-prima que em breve será lavada pela maré.
Foto: Anand Bora. A imagem conta uma história inspiradora de um leopardo que caiu em um poço, onde nadou durante 30 horas antes de ser descoberto, quase sem vida, até ser salvo pelos locais.
Foto: Milinda Wattegedara. A morte é inevitável: um cervo luta furiosamente enquanto um grupo de crocodilos entra em um frenesi de alimentação.
Foto: Vishruth Cavale. Este é o corpo sem vida do tubarão Rhina ancylostoma, também chamado de “peixe-guitarra”. Embora não seja um alvo comum, a espécie vulnerável é considerada uma captura valiosa.
Foto: Sitara A. Karthikeyan. Em uma parada nas colinas de Anamalai, Sitara observou um macaco empoleirado no pneu do carro de um turista.

Por: Natasha RomanzotiEm: 11.11.2017 | Em Animais, Principal  | Tags: ,  
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (11 votos, média: 4,73 de 5)
Curta no Facebook:

Deixe uma resposta