Essas 22 imagens mostram por meio da quantidade de pixels quantos animais ainda estão vivos em cada espécie

Por , em 28.09.2019

Para que ocorra uma melhor compreensão de dados quantitativos, com frequência é adotado o uso de gráficos. Eles são apresentados de diversas formas. Anos atrás, uma agência pensou em uma forma diferente de mostrar números, com o uso de fotografias de espécies de animais ameaçadas. Além de criativa, essa ideia chama atenção para dados relevantes. Essa questão voltou a chamar atenção recentemente.

Imagens publicadas pelo perfil JJSmooth44, no site Imgur, utilizam computação pra, com a raspagem de dados, construir imagens de animais. O trabalho consiste em utilizar na construção das imagens o número de pixels equivalente aos animais vivos da espécie representada na fotografia. O usuário destaca que quanto mais pixelada está a imagem, mais próxima da extinção está a espécie.

Essas imagens foram inspiradas em uma campanha encomendada pelo World Wildlife Fund (WWF) em 2008, quando o mesmo conceito foi utilizado para chamar atenção para as espécies ameaçadas. A campanha WWF Japan – Population by pixel foi realizada pela agência Hakuhodo C&D de Tókio. Os responsáveis foram os diretores de criação Nami Hoshino, Yoshiyuki Mikami  e o designer Kazuhiro Mochizuki.

Mabeco ou cão-selvagem-africano: estimado entre 3 mil e 5,5 mil remanescentes

Leopardo-de-amur: estima-se que ainda há cerca de 60

Tigre de Amur ou tigre siberiano: estima-se que ainda existam 450

Elefante Asiático: estima-se que existam entre 40000 e 50000 remanescentes

Tigre de Bengala: estima-se que ainda existam 2500

Doninha-de-patas-pretas: estima-se que tenham sobrevivido 300 

Rinoceronte negro: há aproximadamente 5000 remanescentes

Baleia-azul: há entre 10000 e 25000 remanescentes

Bonobo: estima-se que existam entre 10000 e 50000

Orangotango de Bornéu: há entre 45000 e 69000 remanescentes

Elefante pigmeu de Bornéu: há aproximadamente 1500 remanescentes

Chipanzé: estima-se que ainda há entre 172700 e 299700

Ggorila-de-grauer: estima-se que ainda há 17000

Baleia Fin ou baleia comum: estima-se que ainda há entre 50000 e 90000

Pinguim-de-galápagos: estima-se em torno de 2000 remanescentes

Panda gigante: em torno de 1864 remanescentes

Tartaruga-verde ou Tartaruga-aruanã: estima-se que existam entre 3000 e 5500 remanescentes

Golfinho de Hector: estima-se que há 7000 remanescentes

Elefante Indiano: estima-se que há entre 20000 e 25000 remanescentes

Tigre-da-Indochina: há entre 600 e 650 remanescentes

Golfinho do Ganges: estima-se que há 1100 remanescentes

Rinoceronte de Java: estima-se que há 60 remanescentes

Na publicação no Imgur há críticas e elogios. Independente da precisão técnica ou qualidade artística da produção, há uma percepção da força das imagens apresentadas. Elas são a representação visual mais direta da questão relativa à redução da população das espécies apresentadas.

Pixel

Pixel é a menor unidade de uma imagem digital. Esse elemento da imagem não tem tamanho definido. Portanto quanto maior o número de pixels em uma determinada área, maior a resolução da imagem. Por outro lado, se houver menor quantidade de pixels no mesmo espaço, essas unidades terão tamanho maior e a imagem passa a ter menor resolução. [Bored Panda, Imgur, The One Club]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (36 votos, média: 4,81 de 5)

Deixe seu comentário!