O lugar mais radioativo do mundo

Por , em 22.09.2013

Se você algum dia for à Rússia, de preferência não chegue perto do Lago Karachay, que, embora seja muito bonito, emite 200 vezes mais radiação do que seria considerado normal, mais do que suficiente para matar alguém em menos de uma hora de exposição.

694235-topic-ix-2

Tudo começou em meados da década de 1940, quando o governo da extinta União Soviética construiu uma “cidade secreta” (Chelyabinsk-40) em uma área escondida pelos montes Urais, que serviria de base para a produção de armas nucleares. Em 1948, o primeiro reator do local já estava funcionando, transformando urânio em plutônio – carga que era enviada para fábricas de bombas.

Curiosamente, o projeto inicial não especificava o destino dos resíduos, e, numa espécie de improviso inconsequente, os responsáveis pela planta nuclear começaram a despejar o material no rio mais próximo, o Techa, que abastecia 39 cidades e vilarejos.

Apenas três anos mais tarde, foram enviados técnicos para investigar se o despejo de resíduos não estava saindo do controle. Eles descobriram que, enquanto outras áreas dificilmente emitiam mais do que 0,21 Röntgens (uma unidade de medida para radiação) em um ano, o rio Techa emitia 5 Röntgens em uma hora. Para tentar conter o estrago, o governo construiu barragens no rio e realocou os moradores das cidades e vilarejos afetados.

Como isso não eliminou o problema da destinação do lixo radioativo, decidiram despejá-lo em um lugar do qual, supostamente, ele não sairia – o lago Karachay, que era alimentado por um único rio.

Durante 30 ou 40 anos (as datas divergem, pois o governo soviético só confirmou a existência do projeto em 1990), o lago serviu de depósito radioativo. Contudo, ele não era tão seguro quanto se imaginava: parte da sua água “vazava” para o pântano Asanov, nos arredores, contaminando a área. Além disso, em 1967 uma grande seca fez com que uma parte considerável da água do Karachay evaporasse, o que expôs resíduos radioativos ao vento – partículas foram carregadas por uma área de 2,4 mil km², onde viviam cerca de 500 mil pessoas.

Atualmente, as margens do lago emitem 600 Röntgens por hora, e, se uma única barragem do rio Techa se romper, os resíduos podem alcançar correntes marítimas no Ártico, que as espalhariam pelo Atlântico. [KnowledgeNuts]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (15 votos, média: 4,73 de 5)

14 comentários

  • Geisson Soares:

    Bem mais que em pripyat ou nas imediações de Chernobyl; que segundo o site Chernobyl Gallery está por volta de 100 rem ou 114 Roentgen.

  • dedew:

    Bonito de morrer!rsrsrsrs

  • Douglas Mendes:

    Soviéticos, sempre muito competentes… nem pra conhecer a própria região aquífera. Animais.

  • Brelians:

    Não quero levantar mais uma teoria da conspiração mas estava a olhar para a imagem e a pensar..
    Qual a melhor maneira de guardar um segredo? Radioatividade na área

    Seja o que for que existe ai ninguém vai querer arriscar para ver! Continuem adoro o site!

  • thales oliveira rosa:

    procure no google Lake Karachay, pelo maps vc ve que a foto não reflete a realidade do lago amigo, vai ver que envolta do lago nao existe NADA, é como se fosse um lago em um deserto.. é incrivel..

    Não porque colocaram essa foto na materia… sinceramente nao entendi.

  • wswrd:

    Seria interessante se vcs da HypeScience fizessem videozinhos pequenos contendo todas essas informações, assim vcs poderia acrescentar imagens, gráficos, audio e videos….Tenho certeza que seria mais atraente, pois nem todo mundo consegue ter tempo para ler as matérias, embora sejam de ótima qualidade. Eu recebo informativo de um site americano de ciência e espaço e as vzs aparece um cara explicando e mostrando imagens…muito mais enriquecedor…as vzs, por falta de tempo, leio apenas uma artigo e apago todos os demais…com videos pequenos, talvez conseguiria ver todos….

    abço à todos!!!

  • Alexandre Cardoso:

    Se é tão radioativo a ponto de matar alguém em menos de 1 hora, pq as plantas estão verdes? Elas não são afetadas?

  • Luis Mendes:

    O.O
    Caramba 😐
    A coisa ta feia

  • Genioso Irreligioso:

    **Lago Karachay, o lugar mais radioativo do mundo **

    Lugar mais bonito esse da foto hein! Bonito pra mandar a sogra; o patrão; o desafeto etc… em férias; e pela última vez! kkk 😉

    • Rafael Carvalho:

      Realmente, muito bonito e perigoso! É para morrer deslumbrado!

Deixe seu comentário!