Linguagem do amor: falar de maneira similar é melhor do que beleza

Por , em 27.02.2014

É comum que casais com jeitos parecidos – inclusive no jeito de falar – se apaixonem. Uma nova pesquisa norte-americana sugere que pessoas que usam linguagem parecida – mais especificamente, as mesmas conjunções, preposições e outras palavras de ligação – têm mais chance de se apaixonarem uma pela outra.

Você fala a linguagem do amor?

Pesquisadores da Universidade de Tecnologia do Texas analisaram as conversas durante o primeiro encontro de 40 casais, e descobriram que os que continuaram juntos por mais tempo usaram mais palavras similares. Ao que tudo indica, uma linguagem parecida pode ser bem atraente – quem sabe, até mais do que um bom perfume ou uma roupa bonita.

“Conversas entre parceiros românticos são alguns dos diálogos mais importantes na vida da maioria dos adultos. Relacionamentos românticos têm uma enorme influência sobre a nossa saúde e bem-estar, e creio que as conversas são determinantes para as relações se tornarem um sucesso ou fracasso, em todas as etapas – desde os primeiros encontros até o casamento”, expõe Molly Ireland, uma das coordenadoras do estudo.

A pesquisadora ainda ressaltou que o conteúdo das discussões não foi relevante ao estudo se comparado à forma de falar, para prever o futuro de um relacionamento. Já a maneira de montar frases e a escolha de palavras mostrou ser uma ótima previsão do futuro dos casais – mais do que outras variáveis analisadas nos encontros. [ScienceDaily]

Você também pode gostar desses artigos:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

5 comentários

Deixe seu comentário!