Livros e filmes podem afetar a dinâmica dos cérebros adolescentes

Segundo os cientistas, a literatura afeta o cérebro dos jovens, mas eles ainda não sabem exatamente como. O que eles sabem é que, definitivamente, as mentes dos adolescentes são mais suscetíveis a influências do que a dos adultos – tanto a partir de outras pessoas e experiências, como a partir de livros, filmes e músicas.

Por exemplo, a nova febre entre os adolescentes, a saga “Crepúsculo”, exibida tanto em forma de livros como filmes, poderia estar afetando o funcionamento dinâmico do cérebro adolescente em formas que os cientistas ainda não entendem.

Segundo eles, algumas novas descobertas identificaram manchas no cérebro que respondem à literatura e à arte. Educadores, cientistas e autores estão se reunindo na Inglaterra justamente para discutir de que forma esses livros e filmes estão afetando as mentes dos adolescentes.

Ao longo da última década, os pesquisadores descobriram que o cérebro adolescente processa as informações diferente do cérebro mais maduro. Ele é mais propenso a responder a situações emocionalmente, e menos propenso a considerar as consequências por antecipação racional.

Isso porque na adolescência o córtex pré-frontal, a parte do cérebro responsável pelo raciocínio e avaliação de risco, passa por um surto de crescimento pouco antes da puberdade, seguido por um período de organização e de supressão das vias neurais.

Os pesquisadores também debateram o impacto das obras nos adolescentes, psicologicamente falando. A série Crepúsculo tem como protagonistas o casal Bella e Edward. A história é de uma adolescente que se apaixona por um vampiro “muito mais velho”. Alguns críticos alegam que a passividade de Bella, e a mensagem de abstinência até o casamento, são anti-feministas.

A argumentação é de que a história propaga valores muito conservadores que de modo algum endossam o pensamento independente, o desenvolvimento pessoal ou a posição da mulher como uma criatura independente.

Os pesquisadores estão interessados em entender o apelo dessas obras obscuras nas mentes dos jovens, e porque eles são especialmente cativados por histórias com vampiros, zumbis e temas pós-apocalípticos.

Os críticos também alegam que os autores de livros destinados a adolescentes devem ter uma responsabilidade moral de incluir positividade e esperança em suas obras. Segundo eles, o mundo precisa estar ciente do quanto os jovens são influenciados por aquilo que lêem ou assistem, e se eles lêem livros onde não há esperança em nada, isso pode ser prejudicial.

O encontro e a discussão dos pesquisadores é apenas um marco desses estudos inicias da mente jovem e sua interação com a literatura. [LiveScience]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Curta no Facebook:

18 respostas para “Livros e filmes podem afetar a dinâmica dos cérebros adolescentes”

  1. Um intrigante caso de Romeu e Julieta moderno.
    JOVENS SÃO ENCONTRADOS MORTOS EM CARRO NO PARQUE CIRCUITO

    Um caso misterioso que chamou atenção até mesmo de experientes policiais e técnicos do IML: os corpos de dois jovens nus foram encontrados em um carro no Parque Circuito, em Porto Velho, durante a madrugada desta quinta-feira, sem marcas aparentes de violência. Segundo informações da Polícia Militar, em patrulhamento de rotina, um Ford K, de cor vermelha foi visto em uma área escura do parque. Como ninguém atendia aos chamados dos policiais, o veículo foi aberto e a guarnição se deparou com a cena intrigante. Dois jovens sem vida, um olhando para o outro e abraçados. Cinco pacotes de pipoca fechados e um aberto foram encontrados e mais nada. Apenas o homem foi identificado como Fernando Henrique Queiroz, de 19 anos. A moça aparentava ter a mesma idade. Peritos criminais afirmaram que as mortes aconteceram por volta das 20 horas da quarta-feira.

  2. muito bm que hj tenhamos obras que incentivem valores moralistas. é lindo ver o respeito, a fidelidade e a devoção entre os casais vampiros.

    a bella casou virgem e se negou a abirtar sus filha, muito embora soubesse que estava fadada a morrer durante o parto.

    e mais ainda, o amor e o respeito dado a criança que ao mesmo tempo que eles amavam, eles temiam, por não saberem no que ia dar.

    dentre tantas outras coisas boas.

    tomara que mais livros assim façam a cabeça dos nossos jovens, pois estamos precisando de mais hermiones e bellas tbm, que nunca deixam seus deveres pra depois.

  3. Olá! Bom … Sonhar, imaginar, fantasiar, ou o que seja. Faz parte do mundo infantil e adolescente e serve para dar sentido as coisas e diferenciá-las das demais. Sem sonhar o homem não evolui, não cria, e não se recicla, pois a fantasia faz parte do nosso imaginário. Indivíduos que perdem a capacidade de imaginar ou sonhar estão mais fadadas ao insucesso e propensas a desenvolver algum tipo de depressão ou doença mental. Pessoas ilustres de nossa história foram exímios sonhadores, para tanto acabaram sendo conquistadores de um futuro real, entre eles Júlio Verne (escritor), Einstein (cientista físico), etc..
    Enfim, fantasiar é necessário e saudável, e toda história tem seu pano de fundo e sua mensagem, que ela seja pautada em valores morais éticos, de amor e compaixão, pois nossas crianças e adolescentes estão necessitados de ideais nobres!!! Poderia escrever muito mais,..

  4. tenho menos de 17 anos, também não acho graça nesse tipo de coisa. Não acho que isso possa me afetar de algum modo. Não é porque eu assisti a um filme desses que eu vou sair procurando um vampiro para namorar. Música também não me influencia, eu ouço musica gótica, rocks pesados, e nunca tive vontade de virar gótica, ou fazer o que as músicas dizem. Olho filmes de terror, e nunca matei ninguém ‘-‘
    Mas acho que isso não tem nada a ver com o post ‘-‘

  5. Coincidência!!! Tbm tenho 17 anos e concordo com a Luciana de 17 anos que comentou abaixo. Não vejo a mínima graça nessa saga e não sei como ela poderia acrescentar algo de bom na minha vida, aliás, segundo o que acabei de ler, não acrescentaria nada mesmo! Porém entendo que essa é só minha opinião… fazer o que, gosto é que nem Cérebro.. uns tem, outros não tem!

  6. Na verdade é muito patetico e engraçado ver como pessoas se tornam fanáticas por uma coisa exposta na mídia,massificada e apeletiva e que tem exatamente esse propósito!Pergunto-me como as pessoas podem ser influenciáveis a tal ponto de tornar isso o centro de suas vidas,ou gritar,chorar,fazer tudo para chegar perto de alguma celebridade,considera-las como deuses… A verdade é que a sociedade de uma maneira geral é regida por padroes e valores expostos na mídia,e muitas pessoas sempre vao seguir o padrão da maioria como robos controlados e programados sem opinião própria!

  7. Se continuam massacrando a sociedade com noticias ruins, mentiras institucionalizadas, “religião científica” e “ciência religiosa ou dogmática” realmente um horizonte sombrio não afeta somente nós adolescentes.
    Afeta a todo o conjunto social.
    Se no dia a dia continuamos escurecendo-o com atos obscuros, não podemos esperar outra coisa.
    Também vale se a cada dia nós nos enchemos de luz e claridade de espírito é inevitável construir uma realidade da mesma cor.
    Como é que era? A vida tem a cor que você pinta?
    Pode ser que nós estamos mais abertos a aprender, mais a decisão de aprender do lado escuro da vida é própria e independente. Apesar desse massacre informativo negativo em sua maioria.
    Assim que vibrar a sua realidade ideal, sem perder os sonhos.

  8. “Os pesquisadores estão interessados em entender o apelo dessas obras obscuras nas mentes dos jovens, e porque eles são especialmente cativados por histórias com vampiros, zumbis e temas pós-apocalípticos.”

    Na real é bem simples… os jovens de hoje em dia não tem seu lugar no mundo, não temos nenhuma grande guerra acontecendo e um mundo pós-apocalíptico significa um lugar com desafios e a chance de ser alguem e não somente mais um número.

  9. Ao meu ver acho que o fato de os adolescentes serem “influenciados ” se é que são, é por falta de experiência mesmo
    com o tempo vamos aprendendo a lidar com situações tendo um capacidade melhor de julgar e filtrar o que é certo ou errado bom ou ruim . O filme crepúsculo ao meu ver é sobre uma história romântica , para mim independência não é se a pessoa casa ou não virgem ( entre outros aspectos) e sim ter o direito de fazer ou não se assim quiser .

Deixe uma resposta