Macro ou micro: você sabe dizer se essas imagens são de satélite ou de microscópio?

Por , em 5.11.2013
2 3 4 5 6 7 8

Estas imagens são de satélite ou de microscópio? Essa é a pergunta feita pela exibição de arte “Macro ou Micro?”, uma coleção criada por dois cientistas com focos de pesquisa completamente diferentes. A resposta para cada uma das imagens está ao fim do artigo.

Stephen Young e Paul Kelly são ambos professores de ciência da Universidade Estadual de Salem (EUA). Young é professor de geografia e estuda a mudança da vegetação através de imagens de satélite. Kelly é herpetólogo (ramo da zoologia dedicado ao estudo de répteis e anfíbios) e analisa escamas de cobra através de imagens microscópicas para determinar a relação evolutiva entre diferentes espécies.

Uma piada entre Young e Kelly foi o que deu origem à ideia da exibição. Young colocou uma de suas fotos de satélite na porta de Kelly, de forma que o herpetólogo pensou que fosse uma micrografia eletrônica feita por alguém de seu campo.

“Alguns anos atrás eu vi imagens microscópicas de Kelly e elas lembravam uma paisagem. Peguei uma das minhas imagens de paisagem (dunas do Saara) e o enganei a pensar que era uma imagem de microscopia eletrônica”, conta Young.

As semelhanças entre as imagens de escalas muito diferentes fizeram os dois refletirem sobre o assunto. A conversa os levou a escolher cinquenta foto bonitas que confundem nosso senso de escala. Elas estão em exposição na Galeria Winfisky da Universidade Estadual de Salem e no Centro Traina de Artes Visuais e Performativas da Universidade de Clark (EUA).

De acordo com Young, diferenciar as imagens é difícil por causa de certos padrões que se repetem na natureza, em ambas pequenas e grandes escalas. “O estudo dos fractais tem mostrado isso através de alguns padrões nos quais, conforme você aumenta o zoom, se repetem. Além disso, não há nada na imagem para lhe fornecer uma medida de escala, só forma e padrão, que não definem tamanho”, explica.

Confira as respostas para cada imagem:

Micro: asa de uma libélula (por Paul Kelly)

Micro: asa de uma libélula (por Paul Kelly)


Macro: o glacial Matusevich no leste da Antártida (processamento de imagem adicional por Stephen Young)

Macro: o glacial Matusevich no leste da Antártida (processamento de imagem adicional por Stephen Young)


Macro: gelo no mar de Weddell, colorido para mostrar a espessura do gelo

Macro: gelo no mar de Weddell, colorido para mostrar a espessura do gelo


Micro: um dente humano podre (por Paul Kelly)

Micro: um dente humano podre (por Paul Kelly)


Macro: centro da República do Mali, país africano, processado para mostrar calor e fotossíntese (por Stephen Young)

Macro: centro da República do Mali, país africano, processado para mostrar calor e fotossíntese (por Stephen Young)


Micro: superfície da língua de uma rã-leopardo (por Paul Kelly)

Micro: superfície da língua de uma rã-leopardo (por Paul Kelly)


Macro: lagos cercados por dunas íngremes no deserto de Gobi, na China (processamento de imagem adicional de Stephen Young)

Macro: lagos cercados por dunas íngremes no deserto de Gobi, na China (processamento de imagem adicional de Stephen Young)


Micro: superfície de uma casca de ovo de cobra (por Paul Kelly)

Micro: superfície de uma casca de ovo de cobra (por Paul Kelly)

Você pode ver mais imagens da exposição aqui.[io9]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 3,50 de 5)

7 comentários

Deixe seu comentário!