Mãe inventa cinto que dá a crianças com paralisia cerebral a oportunidade de andar

Por , em 31.03.2014

Debby Elnatan é mãe de uma garotinha com paralisia cerebral, o que significa que a menina não pode andar com as próprias pernas. Mas para não ver sua filha crescer frustrada por não conseguir se movimentar como as outras crianças, Debby criou um dispositivo muito simples.

Trata-se de uma espécie de cinto que prende a criança às pernas da mãe, permitindo que a menina fique ereta e tenha a sensação insubstituível de dar seus próprios passos. O mais legal é que essa ideia deu tão certo, que Debby resolveu compartilhar essa inovação com outras mães e crianças que se encontram nessa mesma situação.

Com o nome de “The Firefly Upsee”, o dispositivo será lançado no mercado e estará disponível a partir do dia 7 de abril, por aproximadamente U$ 500,00 (ou cerca de R$ 1.100, no câmbio atual).

Aprovado

Alguns pais já testaram o cinto com seus filhos e só têm a elogiar a invenção.

“Ele nos permite fazer muitas coisas e ir a muitos lugares que não podíamos ir antes”, disse Stacy Warden, mãe de um menino de 5 anos de idade que também tem paralisia cerebral.

E, para ela, o Upseen também traz benefícios emocionais para as crianças. Seu filho, por exemplo, não parar de rir e gargalhar enquanto está se movimentando com a ajuda do aparelho, o que faz com que os primeiros passos sejam ainda mais emocionantes.

Maura McCrystal, que também é mãe de uma criança com paralisia cerebral, contou que usou o Upseen para fazer com que seu filho pudesse jogar bola com o pai e os irmãos pela primeira vez. “Ver ele jogar bola como qualquer outro menino de 5 anos de idade foi realmente muito emocionante”, conta.

Está aí mais um bom exemplo de como a criatividade e a inovação podem mudar, e muito, a vida de muitas pessoas. Talvez você consiga comprar a invenção aqui. [Huffington Post, abc News]

Último vídeo do nosso canal: A Terra não orbita exatamente o sol mas um ponto virtual no espao

23 comentários

  • Patricia Cantisani:

    Bacana, mas os pais devem se preparar para o período em que as crianças não mais caberão neste cinto.

  • Neide Charroche:

    Já existe no Brasil! Quem fabrica é FlexCorp Coletes de Retificação. É só procurar o perfil no Facebook.

  • Carla Duarte:

    gostaria de receber informações sobre preço e como adquirir.

    • Cesar Grossmann:

      Dá uma olhada nos comentários abaixo, tem o link.

  • Átila Rosa:

    Acho que não é dificil fazer. Fica dica: vai no site do fabricante, pegue as fotos e vá em um sapateiro ou costureira. Faça você mesmo.

    • Cesar Grossmann:

      Acho que aí você vai estar violando a patente do inventor.

  • Jessica E Nando:

    Quero saber como adquiro um aparelho desse pois minha filha tbm tem paralisia cerebral e quero um deste pra ela….

  • Laine Palio:

    alguém conhece onde se encontra esse equipamento pois o site do fabricante está indisponivel se alguem souber de outro fornecedor por gentileza me responda obr.

  • Milton Junior:

    Mas o crédito não deveria ser dado para essa mãe e sim para um brasileiro que fez isso, primeiro, com seu filho. Veja abaixo:
    http://goo.gl/GwKw7e

    Se estiver errado me corrija!

    • Marcelo Ribeiro:

      O homem tem mérito, mas parecem invenções com funções um pouco diferentes, apesar de similares.

    • Cesar Grossmann:

      Sistema totalmente diferente. O sistema do brasileiro é só um par de botas, o sistema da moça é um suspensório e calçados. O pai do Felipe tem que ficar segurando o moleque o tempo todo.

      Não tirando o mérito do pai Alexandro e da sua imaginação e engenhosidade.

    • Jéssica Romão:

      Pensei exatamente a mesma coisa quando li e também acredito que o mérito deve ser dele, pois inventou antes. E acredito também que a função é a mesma, só que com características diferentes.
      No entanto, independente de quem receba os créditos, a invenção é incrível, mesmo!!!

  • Angel Nogues:

    ola gostaria de saber mais ,como faço pra comprar fiquei muito interessada meu afilhado tem 3 aninhos e nao anda ainda e achei muito interessante este cinto por favor me mande informaçoes …obrigada !!! atenciosamente angel…

    • Cesar Grossmann:

      Compra no site do fabricante. Mas fique preparada para pagar 100% de imposto (60% de imposto de importação, mais 25% de ICMS) ao retirar nos correios.

      http://www.fireflyfriends.com/upsee

  • Beatriz Silva:

    Oi boa noite eu gostaria de saber como Faso para compra esse produto para criança com paralisia cerebral pois é para minha filha

    • Cesar Grossmann:

      Compra no site do fabricante, vai precisar de cartão de crédito internacional, e se prepare para 100% de imposto ao retirar o item do correio.

      http://www.fireflyfriends.com/upsee

  • Marcelle Miranda:

    Também gostaria de adquirir este produto. Como podemos avançar com este contato??
    Obrigada.

    • Cesar Grossmann:

      Se você tiver um cartão de crédito internacional, pode comprar no site do fabricante, mas se prepare para pagar 100% de imposto ao retirar o item do correio (60% de imposto de importação, e 25% de ICMS).

      http://www.fireflyfriends.com/upsee

  • Carlos André Alves Batista:

    Como faco para entrar em contato com o fabricante ! Tednho muito interesse ! Se puder me responder ficarei muito grato !
    aguardo contato !

    • Cesar Grossmann:

      http://www.fireflyfriends.com/upsee

    • Carlos Alves:

      Ola Cesar, como vai. Voce disse que temos que pagar 100% do imposto, desculpe mas nao entendi direito. Terei que pagar o dobro do valor do produto ou apenas o valor maximo do imposto que é normalmente cobrado para importação.

    • Cesar Grossmann:

      Eu expliquei ali em cima, paga o Imposto de Importação que é de 60%. Supondo que fosse R$100,00 o valor do produto com o frete, o imposto vai ser de R$60,00, dando um total de R$160,00

      Mas este é o imposto federal, os estados costumam cobrar também imposto, e é de 25% da maior parte dos casos. 25% de R$160,00 dá R$40,00. O total fica como R$200,00.

      Ou seja, somando os dois impostos, dá 100% de taxação.

Deixe seu comentário!