Maior usina solar do mundo é inaugurada nos Emirados Árabes Unidos

Por , em 2.04.2013

A maior usina solar do mundo, batizada de Sham-1, foi inaugurada no dia 17 de março deste ano, próximo a Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes Unidos.

A maior usina solar do mundo

Os números da usina, responsável por 10% de toda energia solar gerada no mundo, são dignos de nota. Com 258 mil espelhos refletores distribuídos em torno de 768 coletores parabólicos, ocupando uma área de 2,5 km², a estrutura usa a luz do sol para aquecer 130 km de tubos repletos de óleo que aquecem água para vapor a 380°C em 15 km de tubos fechados, que é então superaquecido a 540°C para alimentar as turbinas. A planta tem potencial para gerar 100 MW contínuos, o suficiente para atender o consumo médio de 20 mil residências.

A estrutura foi construída por uma joint venture chamada Shams Power Company, formada pela Total, uma empresa francesa, a Abengoa Solar, da Espanha, e pela empresa local Masdar. O projeto, que já dura três anos, exigiu um investimento de € 500 milhões (aproximadamente R$ 1,3 bilhões).

Em comunicado para comemorar a inauguração da usina, o sultão Ahmed Al Jaber, presidente da Masdar, aponta que a região precisa atender a uma demanda crescente de energia, ao mesmo tempo que investe para diminuir a sua pegada de carbono – a energia gerada pela Shams-1 evita a emissão de 175.000 toneladas de CO2 ao ano, o equivalente a retirar 15.000 automóveis de circulação.

O país pretende produzir 7% de sua energia elétrica a partir de fontes alternativas até 2020, uma meta que já foi superada por 21 dos 27 países membros da União Europeia há quatro anos. [PINIweb, Exame, Veja, AOL Energy, AOL Energy 2, Gulf News]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

6 comentários

  • jose Senen de Alencar:

    Seria ótimo aqui no Brasil, mas será que pode? A corrupção deixará?

  • Murilo Mazzolo:

    Seria um bom projeto para o Governo Brasileiro aplicar no Nordeste, Pouca Chuva, Muito sol, pouco gasto elétrico(comparado a Sudeste e Sul) e preservação ambiental, no caso, uso excessivo das Hidroelétricas.
    Isso minha opinião, peço que corrijam-me se necessário 🙂

  • Fernando Cidade:

    esse papo de mudanças climaticas e quecimento global ta deixando muito empresario milionario no mundo, o planeta sofre ciclo de mudanças naturalmente.

  • Thiago Alexandre Dos Santos:

    Gostaria de saber como funciona a noite, onde eles guardam energia ou calor suficiente para trabalhar a noite e a madrugada fornecendo energia contínua?

    • Matheus Carvalho:

      Thiago, a resposta é simples. Como são “somente” 140 mil casas, e considerando a área em que as placas solares abrangem, apenas 3 horas de sol contínuo seriam suficientes para um gasto médio das casas por 8 horas seguidas. Logo considerando-se que nos Emirados Árabes a incidência de luz solar é muito alta(das 08:00 ás 17:00, as 9 horas de sol seriam suficientes para abastecer esta quantidade de casas. Claro que há um auxílio da energia elétrica normal em casos especiais, como hospitais, por exemplo.

  • grasisuperstar:

    550 milhões não é nada se formos considerar os benefícios futuros…O Brasil deveria investir em projeto assim….luz do sol é o que não falta por aqui.

Deixe seu comentário!