“Máquina do tempo” estudará o princípio do universo

Por , em 15.04.2012

Astrônomos e pesquisadores de várias universidade americanas acabam de completam um projeto de R$ 23 milhões que durou sete anos, para construir um espectrômetro que vai permitir o estudo das primeiras galáxias do universo.

Com cinco toneladas, o Mosfire usa luz infravermelha e por isso consegue enxergar, através da poeira cósmica, os objetos cuja luz já foi alongada até o espectro infravermelho, devido à expansão do universo.

“O instrumento foi feito para estudar as galáxias mais distantes e fracas”, afirma o líder do projeto, Ian S. McLean. Ele afirma que algumas das galáxias que estão sendo observadas se formaram há cerca de 10 bilhões de anos. “É uma era que precisamos estudar se quisermos entender a estrutura em larga escala do universo”.

O sistema também vai permitir um estudo mais detalhado dos planetas que orbitam estrelas próximas, a formação de estrelas em nossa galáxia e a distribuição da matéria escura no universo.

O Mosfire está instalado no telescópio Keck I, no Havaí, e no momento está em fase de teste. Em setembro será realmente habilitado para começar as pesquisas. [CNET]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

8 comentários

  • Isaías Alves:

    Ao contrário, este telescópio irá trazer mais sofisma para a humanidade.
    Não esperem muita coisa desta Jerigonça.

  • Jorginho:

    Uffa! Por pouco pensei que tivesse perdido a corrida… Capaz de viajar por simultaneidade!!!
    Mais prático que “dobras”,transmutação, buraco branco, etc. Sendo capaz de estar em centenas de lugares, em qualquer distância ao mesmo tempo! Isso é, tão rápido que o tempo “pára” para assistir tal evento! Não acredita?? Quem viver verá!!!

    Quanto ao projeto, não estaria sujeito a interferência de outras radiações no mesmo espectro infravermelho; considerando que a intensidade desejada esteja muito atenuada?

    • Adro Santangelo:

      Por que não consigo ver seu perfil? kkk K Kk kkk KK KKK kkKkkKk
      O que é essa ideia de viajem por simultaneidade? Seria legal se você explicasse. *u*

  • Bruno Ávila:

    Quanto mais eu penso sobre o Universo, mais eu fico doido.

  • Alberto Campos:

    Seria muito útil, se desvendar este mistério que é o universo. Espero que tenham sucesso.

  • Andre Luis:

    Tomara que seja um sucesso este projeto, principalmente para estudar planetas distantes orbitando estrelas!

    • Sr. Paradoxo:

      Principalmente para estudar minuciosamente estrelas próximas.

    • Cesar:

      Acho que este telescópio pouco servirá para investigar planetas distantes, já que ele trabalha na faixa do infravermelho, e foi projetado para investigar galáxias distantes.

Deixe seu comentário!