Medicamento para colesterol diminui chance de morte por pneumonia

Por , em 18.05.2011

Segundo um novo estudo, tomar medicamentos para colesterol (como o Lípitor, da Pfizer e o Crestor, da AstraZeneca) pode evitar que as pessoas morram de pneumonia.

Medicamento para colesterol

As estatinas, como Lípitor, Crestor, e um genérico chamado “sinvastatina” são amplamente prescritas para reduzir o colesterol “ruim”, um fator de risco para doenças cardíacas. As drogas também são reconhecidas como bem-sucedidas na prevenção de ataques cardíacos e derrames.

Agora, pesquisadores britânicos descobriram que o risco de morte no período de seis meses após o diagnóstico de pneumonia era significativamente menor entre pacientes que já tomavam medicamentos para baixar o colesterol.

O estudo usou dados de prontuários informatizados de consultórios médicos do Reino Unido para identificar usuários de estatina. Os pesquisadores compararam cada usuário com mais de 40 anos que tomou alguma estatina entre 1995 e 2006 com até 5 usuários que não tomavam estatina.

Pacientes com antecedentes de pneumonia foram acompanhados por seis meses. Os pesquisadores descobriram que 13% (109 de 847) dos usuários de estatina morreram nesse período, em comparação com 20% (578 de 2927) dos pacientes que não tomavam estatina.

Outra pesquisa publicada em março descobriu que a redução dos níveis de colesterol pode ajudar o sistema imunológico a lutar contra infecções, uma descoberta que parece ser apoiada pelo estudo atual.

Segundo os pesquisadores, as estatinas são seguras, baratas e fáceis de serem administradas. Existe um forte argumento para serem realizados estudos randomizados de estatinas em pessoas com infecção grave, a fim de determinar se uma intervenção simples e prática no momento do diagnóstico da pneumonia teria um efeito benéfico.

Como o presente estudo examinou pacientes que já estavam tomando estatinas quando desenvolveram pneumonia, um ensaio clínico completo é necessário para descobrir se tomar estatina no momento do diagnóstico tem um efeito semelhante.[Reuters]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

Deixe seu comentário!