Menino envia robô para escola em seu lugar

Por , em 7.10.2012

Quem é que nunca desejou um irmão gêmeo ou um robô para enviar em seu lugar na hora de uma aula chata? Se você não tem um irmão gêmeo, será meio difícil fazer um clone seu. Mas para faltar aula, sem perder o conteúdo, um menino escolheu a segunda opção.

Devon Carrow é um garoto de 7 anos que mora nos Estados Unidos. Ele está muito doente, mas não queria perder as aulas, e resolveu enviar um robô para a escola em seu lugar. Devon tem muitas alergias que podem ser fatais, e é perigoso que ele fique próximo de outras crianças.

Sua mãe acredita que o equipamento faz com que ele se sinta incluído e perceba a importância de ir para a escola. Sem o robô, Devon teria que passar a maior parte de seus dias em isolamento total.

O robô, que custou cerca de 9 mil reais, é equipado com câmera HD interativa que funciona como uma webcan. A partir dela, Devon é filmado de sua casa e pode participar das aulas, respondendo perguntas dos professores e assistindo a tudo o que acontece.

O robô de Devon tem sua própria mesa na sala de aula. Quando o garoto quer responder uma pergunta, uma luz pisca, ao invés dele levantar a mão. O robô se locomove pela escola e os amigos de Devon o tratam como se fosse o próprio menino.

Essa incrível história parece fazer parte de um filme. É emocionante pensar que, com a ajuda da tecnologia, está é uma realidade possível. [BBC/DailyMail]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

4 comentários

  • Karlison Hall:

    Lembra um pouco o filme “Surrogates”, de 2009, com Bruce Willys.

  • Felipe Farias:

    Sheldon aprova essa ideia.

    Falando sério, é uma solução criativa e animadora. 🙂

  • Hugo:

    Esse menino assiste muito big bang theory…

  • Felipe Aiello:

    Como se isso iria ajudar mto no desenvolvimento da criança provavelmente tera problemas em se relacionar e de se expressar sem falar qe esse garoto ja parece estar obeso ._.

Deixe seu comentário!