Mike Tyson diz que cogumelos mágicos salvaram sua vida

Por , em 29.09.2021
Mike Tyson devorando um punhado de cogumelos mágicos durante o podcast de Logan Paul

O ex-campeão dos pesos pesados Mike Tyson credita a psilocibina — o composto ativo dos cogumelos mágicos — por salvar sua vida e espera que os psicodélicos possam ser usados ​​para ajudar a mudar o mundo.

Tyson já falou abertamente sobre sua batalha contra as drogas e depressão, e também sobre o seus pensamentos suicidas. Ele disse que as coisas mudaram depois que ele comeu cogumelos com psilocibina e outras substâncias que alteram a consciência, e começou uma exploração espiritual.

“Pensar onde eu estava — quase suicida — em relação a isso agora. A vida não é uma viagem, cara? É um remédio incrível, e as pessoas não olham para ele da perspectiva pela qual precisa ser examinado”, disse Tyson à Reuters.

“Eu nem posso te dizer quais problemas mentais eu costumava ter. Eu estava doente. Todos pensaram que eu estava louco, eu mordi a orelha desse cara”, disse Tyson em referência à sua luta infame em 1997 contra Evander Holyfield. “Eu fiz tudo isso, e um dia fui apresentado aos cogumelos … minha vida mudou.”

“Comecei a lutar boxe! Olhe o que eu estou fazendo agora“, ele disse alegremente, referindo-se a sua recente exposição contra Roy Jones Jr . novembro passado.

Banner Cogumelos Mágicos

Tyson, de 54 anos, também investiu na indústria da cannabis e ganha cerca de US $ 1 milhão por mês com isso.

Rob Hickman, um empresário que fez parceria com “Iron Mike”, disse à GQ no ano passado que testemunhou uma melhora geral na ex-lenda do boxe, dizendo: “Isso mudou vida dele. Ele é uma pessoa perfeita. ”

A Forbes relatou recentemente que a Cybin, uma empresa de desenvolvimento de drogas psicodélicas, foi aprovada para lançar um ensaio clínico de fase dois com psilocibina e pacientes com Transtorno Depressivo Maior.

O CEO da Cybin, Doug Drysdale, que trabalhou na indústria farmacêutica por 30 anos, considerou a aprovação para iniciar o teste – que começará ainda este ano – um grande passo.

“Eu realmente acho que temos a oportunidade de revolucionar a forma como tratamos doenças mentais”, disse Drysdale. “Não existe nada hoje que permita remover os sintomas depressivos de uma pessoa por, potencialmente, meses por vez.”

Último vídeo do nosso canal: A Terra não orbita exatamente o sol mas um ponto virtual no espao

Deixe seu comentário!