Minúsculo robô fazendo uma cirurgia no estômago

Por , em 17.05.2016

Mais uma novidade da mesma equipe que desenvolveu o robô que se monta a si mesmo: temos agora um pequeno robô que é capaz de coletar uma bateria do tipo botão ou de colocar um curativo em um ferimento no seu estômago.

Ele é feito de tripa de porco seca que se abre como uma sanfona, e contém um magneto que permite que seja operado por fora do corpo do paciente.

A equipe que desenvolveu o robozinho começou com um outro protótipo, um “origami”, e resolveu se concentrar em um robô que pudesse recolher pequenos objetos, como as tais baterias, de dentro do estômago.

E por que baterias? Segundo eles, cerca de 3.500 baterias são engolidas anualmente só nos Estados Unidos. A maioria delas passa pelo sistema digestivo sem maiores problemas, mas em alguns casos ocorrem queimaduras internas no estômago e esôfago.

Se for possível retirar a bateria antes de acontecer a queimadura, melhor. Entra em cena o robozinho de origami. Para chegar ao estômago, ele é engolido dentro de uma pílula que se dissolve dentro do organismo.

minusculo-robo-fazendo-cirurgia-em-estomago

Depois de se livrar da pílula, ele se desdobra sozinho e se desloca por um processo de “stick-slip” (algo como “gruda e escorrega”) de propulsão de água e, através de movimentos de rotação de um magneto externo, ele é capaz de se mover em direção a uma bateria e capturá-la.

A tripa de porco seca usada é a mesma que envolve linguiças e é biodegradável, assim como o resto do material do robozinho, com a exceção do magneto.

Para testá-lo, a equipe criou um modelo baseado em um estômago de porco, e preencheram o mesmo com uma mistura de água e suco de limão para imitar os fluidos ácidos do estômago. O resultado pode ser visto no vídeo abaixo.

“O conceito é tanto criativo quanto prático, e aborda uma necessidade clínica de uma forma elegante”, conta Bradley Nelson, professor de robótica no Instituto Federal Suíço de Tecnologia Zurich. “É uma das aplicações mais convincentes de robôs origamis que eu vi”. [endgadget, MIT]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

Deixe seu comentário!