Mulher salva coala de incêndio com a camiseta do próprio corpo

Por , em 20.11.2019

Os coalas não andam com sorte: esses belos animais, além de figurarem na Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da União Internacional Para Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais, vêm sofrendo demais com incêndios florestais em seu habitat natural na Austrália.

Felizmente, algumas pessoas têm feito sua parte para tentar combater o problema, como uma mulher que se deparou com um coala chamuscado e tirou a camiseta do próprio corpo para salvá-lo.

Em seguida, a australiana deu água ao animal ferido, o envolveu em um cobertor e o levou ao Hospital Koala Port Macquarie, especializado em cuidar desses animais.

Final feliz

Os coalas são muito vulneráveis ​a incêndios porque escalam instintivamente as árvores, encaminhando-se para o calor.

Mesmo que sobrevivam ao fogo, acabam se queimando quando atravessam pedaços de terra em brasa.

“Esse coala macho estava muito desorientado pelas chamas e infelizmente foi queimado ainda mais quando voltou ao fogo ativo. Ele foi chamado de Ellenborough Lewis (em homenagem ao neto da mulher que o salvou). Ele foi tratado e agora está no alojamento cinco estrelas do hospital”, relataram os médicos do Koala Port Macquarie.

Problema grave

Até o momento, pelo menos 31 coalas foram tratados por queimaduras e desidratação no hospital.

De acordo com o portal The Bored Panda, estima-se que até 350 coalas tenham morrido devido a incêndios florestais na região de Nova Gales do Sul.

Nem tudo são más notícias, no entanto: o hospital e algumas outras organizações criaram uma campanha no site de financiamento coletivo GoFundMe para instalar postos de atendimento nas áreas queimadas a fim de aumentar a sobrevivência de coalas e outros animais selvagens, e levantaram muito mais dinheiro que o esperado.

Enquanto a meta era de US$ 25.000, a campanha já passou de mais de US$ 879.000 e o projeto agora está sendo expandido. [BoredPanda]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (20 votos, média: 4,95 de 5)

Deixe seu comentário!