Não fale na frente da TV: ela pode estar ouvindo

Por , em 24.02.2015

Nada como chegar em casa depois de um longo dia de trabalho, pegar alguma coisa para comer, ligar a TV e se enfiar num vórtice sem fim de episódios de “Friends” no Netflix, certo? Bom, parece que esse e outros momentos de tranquilidade podem estar sendo captados pela televisão aparentemente inofensiva que está na sua frente.

Uma única frase, escondida nas páginas e páginas da “política de privacidade” de Smart TVs da Samsung, aconselha os utilizadores de que o seu recurso de comando de voz, aparentemente o melhor amigo dos mais preguiçosos, pode capturar mais do que apenas o seu pedido para assistir ao último episódio de “Downton Abbey”.

“Por favor, esteja ciente de que, se as palavras que você disser incluírem informações pessoais ou confidenciais, esta informação estará entre os dados capturados e transmitidos a terceiros”, diz o manual da empresa.

Então, estejam avisados: se até mesmo o ato de pegar o controle remoto parece demais para você depois de um expediente de 8h, é bom que você mantenha seu bate-papo com a TV o mais direto e não incriminador possível. Você sabe, procure não citar evasão fiscal ou o uso de drogas.

A julgar pela política de privacidade, parece que Samsung coleta dados de comandos de voz principalmente para melhorar o desempenho da TV. “Parece que eles estão usando um serviço de terceiros para converter voz para texto, de modo que é basicamente isso que está sendo divulgado”, explica Corynne McSherry, diretora de propriedade intelectual da Electronic Frontier Foundation.

Portanto, este pode ser apenas um esforço para tornar a sua Smart TV ainda mais esperta.

Porém, McSherry alerta: “Se eu fosse o cliente, gostaria de saber quem é este terceiro, e definitivamente gostaria de saber se as minhas palavras foram transmitidas através de um formulário seguro”. Isso porque se a transmissão não é criptografada, um hacker pode conseguir transformar sua TV em um dispositivo de espionagem.

Esta não é a primeira vez que os aparelhos da Samsung deixaram especialistas em privacidade “com um pé atrás”. Em novembro de 2014, Michael Price, conselheiro do Programa Nacional de Segurança e Liberdade do Centro Brennan para a Justiça na Escola de Direito da Universidade de Nova York, disse que os detalhes da longa política de privacidade de sua nova TV inteligente o deixaram com “medo de usá-la”. Ainda que Price não tenha revelado o nome da marca, o texto, publicado no portal Salon, corresponde exatamente ao que está contido no anúncio da Samsung para seus clientes.

“Eu não tenho dúvida de que esses dados são importantes para fornecer conteúdo personalizado e conveniência, mas também são informações constitucionalmente protegidas e incrivelmente pessoais que não devem estar à venda para anunciantes e deveriam exigir uma autorização”, opina Price.

A política de privacidade da Samsung observa que, além de comandos de voz a serem transmitidos, informações sobre o dispositivo, “incluindo identificadores de dispositivo”, também podem ser transmitidos através da internet para terceiros “ou na medida do necessário para fornecer recursos de reconhecimento de voz para você”.

Este caso chamou tanta atenção na internet que a empresa se pronunciou a respeito:

“A Samsung leva a privacidade dos consumidores muito a sério. Em todas as nossas Smart TVs nós empregamos salvaguardas e práticas de segurança padrão na indústria, incluindo criptografia de dados, para proteger as informações pessoais dos consumidores e evitar a coleta ou uso não autorizados. O reconhecimento de voz, que permite ao usuário controlar a TV usando comandos de voz, é uma característica da Samsung Smart TV que pode ser ativada ou desativada pelo usuário. O proprietário da TV também pode desconectar a TV da rede Wi-Fi”.

Ou seja, se você quer se garantir, é melhor não usar todos os recursos pelos quais você pagou quando comprou uma TV caríssima. Por outro lado, se você quiser usar e abusar das funcionalidades e da nova não necessidade de levantar do sofá para pegar o controle remoto, tome cuidado com o que diz. [The Daily Beast]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

2 comentários

  • Carla Martins:

    é só desligar o microfone e a webcam (para quem tem esses apetrechos conectados na tv, quando não estiver utilizando, desativa).

  • simi silva:

    mas a tv nos ve

Deixe seu comentário!