Não tem problema deixar seu bebê chorar até dormir, diz estudo

Por , em 27.05.2016

Se você acabou de ter um filho, deve estar neste momento rezando para todos os deuses que existem por uma única noite de sono ininterrupto.

Ao ouvir o choro de seu bebê, não consegue ignorar? Pois talvez você deveria. De acordo com um novo estudo, o método de treinamento do sono em que os pais permitem que os bebês chorem sozinhos até dormir funciona e não tem efeitos negativos para a criança.

A pesquisa

Pesquisadores da Austrália trabalharam com 43 pais com bebês entre 6 e 16 meses de idade, com uma queixa comum: o filho estava tendo problemas para dormir.

Os cientistas ensinaram a cerca de um terço dos pais uma técnica chamada de “extinção graduada”, termo técnico para “deixar o bebê chorar até dormir”. Os pais foram convidados a deixar o quarto em menos de um minuto depois de colocar seu filho na cama e, se ele chorasse, deveriam esperar períodos cada vez mais longos de tempo antes de voltar para confortá-los.

Outro terço dos pais foi convidado a experimentar um novo tipo de método, chamado de “esvanecimento”. Nesta abordagem, os pais colocavam seu bebê na cama apenas no momento em que ele começava a adormecer, e ficavam no quarto até a criança dormir de vez.

O resto dos pais, o grupo de controle, não aprendeu nenhum método de treinamento de sono e apenas recebeu informações sobre sono infantil.

Resultados

Três meses após o início do estudo, os pesquisadores descobriram que bebês no primeiro grupo adormeciam quase 15 minutos mais rápido do que bebês do grupo de controle. Os bebês no grupo do “esvanecimento” dormiam cerca de 12 minutos mais rápido em comparação com o controle. Pode parecer pouco, mas os cientistas garantem que fez uma enorme diferença para os pais.

Os pesquisadores ainda descobriram que a abordagem de deixar chorar superou as outras em mais medidas durante a intervenção de três meses, incluindo o número de vezes que os bebês acordaram durante a noite e seu tempo total de sono.

O aspecto mais importante do estudo é que ambas as técnicas de treinamento do sono pareceram seguras para os bebês a curto e longo prazo. Os pesquisadores descobriram que os níveis de cortisol, um hormônio do estresse, eram menores nos bebês dos grupos de treinamento.

Além disso, um ano após as intervenções, eles não mostraram sinais de estar mais apegados a seus pais, nem os pais relataram mais problemas comportamentais em comparação com os bebês no grupo de controle. Ou seja, o método de deixar o bebê chorar se provou eficaz e não causou estresse ou efeitos duradouros para as crianças.

É rápido

Outra boa notícia é que não demorou três meses para os pais verem os efeitos dos treinamentos. Os bebês de ambos os grupos de intervenção já começaram a adormecer mais rápido uma semana após seus pais começarem o treinamento, e continuaram a melhorar ao longo do período de três meses.

Se sente culpado? Tente o outro método

Muitos pais não se sentem confortáveis em simplesmente deixar seu filho chorar. Logo, um aspecto interessante deste estudo é que ele oferece uma alternativa.

“O esvanecimento é a técnica que os pais preferem quando tem ambas as opções. É uma técnica suave que funciona rapidamente”, disse Michael Gradisar, professor de psicologia na Universidade Flinders, em Adelaide, na Austrália, e principal autor do estudo publicado na revista Pediatrics.

Gradisar e seus colegas descobriram que, um ano após as intervenções de treinamento do sono, todos os bebês, incluindo os do grupo de controle, passaram a dormir aproximadamente a mesma quantidade de tempo. Eles suspeitam que os bebês naturalmente se ajustam a uma rotina de sono à medida que envelhecem.

Comece cedo

A pediatra Dra. Tanya Altmann aconselha os pais a começarem a treinar seus bebês quase desde o nascimento. É interessante que os recém-nascidos tenham um ambiente seguro e confortável para dormir, tipicamente um berço. No momento em que chegarem aos 2 a 3 meses de idade, os pais devem colocá-los na cama só quando estiverem sonolentos, mas ainda não dormindo.

Daniel Lewin, psicólogo pediatra e especialista em sono, ainda diz que, no mundo real, os pais podem experimentar uma combinação dos dois métodos: colocar seu filho na cama mais tarde, esperá-lo adormecer, e demorar mais para confortá-lo se ele começar a chorar, por exemplo. [CNN]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

2 comentários

  • Natanael Rodrigues:

    Os bebês vão chorar menos com o tempo?

    • Cesar Grossmann:

      Depende. Se não estiverem com dor e fome, talvez eles acabem percebendo que chorar por nada não dá em nada…

Deixe seu comentário!