Por que os bebês choram à noite? Clique e descubra

Por , em 24.04.2014

Quem tem ou teve crianças pequenas deve saber que a tranquilidade não chega quando você vai dormir. Sempre tem um chorinho de madrugada. Enquanto algumas mães são capazes de carinhosamente abraçar seu rebento nesta hora, muitas não deixam de se perguntar:

Por que os bebês choram sempre à noite???

A resposta pode ser uma surpresa, segundo o biólogo David Haig, da Universidade de Harvard (EUA). Ele formulou uma hipótese que diz que o choro noturno é um sinal de que os pimpolhos não querem dividir a mãe com mais um irmão ou irmã.

Existe uma lógica por trás desse comportamento. Em períodos de crise, as chances de sobrevivência de um bebê aumentam se o próximo irmão levar mais alguns anos para chegar, já que ele não terá que compartilhar recursos que já estão limitados. Claro, não é uma manobra consciente e maquiavélica – os bebês não chegam a manipular os pais desta maneira (ou será que chegam?), mas esse é um comportamento impresso nos genes, que teve sucesso no passado e por isto foi passado adiante.

E não é só a diminuição da disposição para fazer um novo irmão que diminui nos pais tresnoitados; a própria ovulação da mulher parece se atrasar se ela alimenta um bebê. Mas se alguém achar que esta é uma estratégia totalmente egoísta que só favorece o bebê, esse não parece ser o caso, já que o estresse que uma nova gravidez exerce sobre o corpo da mulher é bem maior que o estresse de alimentar uma boquinha que chora de madrugada.

Por enquanto, esta é uma teoria iinteressante, e o próprio Haig admite que não sabe como testá-la. Ela faz sentido, mas existem alguns argumentos contra, como aponta a antropóloga Holly Dunsworth, da Universidade de Rhode Island (EUA), que afirma que existem alguns benefícios da alimentação noturna, como a saciedade de uma fome real, e o reforço da ligação mãe-filho que nasce desta rotina. [ScienceAlert, npr]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

2 comentários

  • Elisandra Peterson Souza:

    Nós temos só um filho, e ele não mamou no peito.
    Então me diga: porque ele chora a noite?
    E porque as crianças “não” choram de dia?

    • Cesar Grossmann:

      Não mamou no peito? Pobrezinho…

      De qualquer forma, estes estudos são estatísticos: tem criança que chora, e tem criança que não chora. A maioria chora, e os que não choram podem simplesmente ter uma conformação genética diferente (uma mutação, por exemplo) ou podem ter algum problema. Ou sabe-se lá o que. O ideal é consultar o pediatra, pode não ser nada, mas…

Deixe seu comentário!