Nosso estilo de vida existe a menos 0,001% da história humana. Veja como chegamos aqui

Por , em 28.06.2016

Você já parou para pensar no privilégio que é ficar preso no trânsito ou pegar uma fila demorada no caixa do supermercado? Essa frase pareceu absurda? Explico: nunca antes o ser humano viveu em um mundo tão sofisticado e projetado para atender nossas necessidades como hoje. Isso nos dá o luxo de esquecer das preocupações mais primitivas, como fugir de predadores, conseguir caçar o único alimento do dia, não comer plantas venenosas e encontrar um local seguro para passar a noite.

humanidade hoje e antes

Na rotina corrida, é fácil perder a perspectiva da evolução humana. “Ontem” mesmo não existia trânsito, nem fila no caixa e muito menos comida embalada e carne já cortada em bifes. Nosso estilo de vida existe há menos de 0.001% da história humana, há 200 mil anos.

Linha do tempo

especies homo
A história da humanidade começa há 6 milhões de anos, quando nossos ancestrais evoluíram dos mesmos animais que os macacos. O gene Homo surgiu há apenas 2,8 milhões de anos, separando os humanos dos outros primatas.

O que realmente diferenciou as espécies humanas dos outros animais foi a habilidade de se comunicar e passar informação adiante. Assim, cada nova geração não precisava contar apenas com os instintos e começar do zero, mas sim continuar de onde as outras gerações pararam. Essa habilidade acabou nos levando à uma explosão de inovação há 50 mil anos. Foi nessa época que as ferramentas começaram a se tornar mais avançadas e as sociedades passaram a crescer.

A nossa espécie – Homo sapiens – surgiu há 200 mil anos. Se você acha que nesse planeta enorme havia apenas uma espécie de humanos, está muito enganado. Nesta época, haviam pelo menos outras seis espécies em regiões diferentes, que tinham muitas similaridades conosco. Uma dessas espécies foi a Homo erectus, que existiu por mais de 2 milhões de anos – 10 vezes mais do que nossa espécie! Apesar de todo esse sucesso, o Homo erectus e as outras espécies humanas desapareceram há 10 mil anos.

Não sabemos muito bem o que causou esse desaparecimento, mas há duas hipóteses: ou eles não conseguiram se adaptar a novos ambientes, o que os teria matado de fome, ou conflitos entre eles causaram genocídios.

Há 12 mil anos, outra inovação mudou a vida humana: a agricultura. Assim, o ser humano pode se fixar em um local ao invés de ser nômade, criando vilarejos que depois evoluíram para cidades.

Há 500 anos, a revolução científica construiu a base para o nosso mundo moderno. Conhecemos a física moderna, astronomia e biologia, e pouco tempo depois tivemos a revolução industrial, que transformou o mundo novamente. Nos resta esperar para ver como será nosso futuro, mas já é possível imaginá-lo.

Em gerações:

evolucao homo sapiens
Outra forma de colocar essa rápida evolução em perspectiva é analisar marcos históricos em número de gerações.

  • 125 mil gerações desde a aparição das primeiras espécies humanas, há 6 milhões de anos;
  • 7,5 mil gerações desde que o ser humano fisiologicamente moderno viu a luz do dia, há 200 mil anos;
  • 500 gerações desde o início da civilização moderna, há 10 mil anos;
  • 20 gerações desde o início das ciências, há 500 anos;
  • 1 geração desde o acesso da maioria à internet, há 26 anos.

Você consegue imaginar sua vida sem internet? Sem ela, você não estaria aqui lendo esta matéria e também não poderia conferir o vídeo “O que aconteceu antes da história? Origem humana” na plataforma Youtube.

Inspirado no livro “Sapiens: uma breve história da humanidade” (Yuval Noah Harari, 2015), este divertido vídeo do canal “In a Nutshell” coloca em perspectiva que nosso estilo de vida existe há muito pouco tempo.

Confira, com opção de legenda em português: [Science Alert]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 4,50 de 5)

1 comentário

Deixe seu comentário!